Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Wuhan (desambiguação).

Wuhan ou Uane[1] (chinês tradicional: 武漢chinês simplificado: 武汉) é a capital e maior cidade da província de Hubei na China. É a cidade mais populosa da China Central,[2] com uma população de mais de 10 milhões, a sétima cidade mais populosa do país.[3] Encontra-se na planície oriental de Jianghan, no meio do cruzamento do rio Yangtze com o rio Han. Surgindo de um conglomerado de três cidades, Wuhan e possui atualmente estatuto administrativo sub-provincial.

Wuhan
Localização
Wuhan está localizado em: China
Wuhan
Mapa da entidade
Coordenadas 30° 35' 14" N 114° 17' 17" E
País  China
Província Hubei
Administração
Prefeito Zhou Xianwang
Características geográficas
Área total 8.494,41 km²
 • População urbana 8,896,900
 • População metropolitana 19,000,000
Código Postal 430000-430421
Código de área +86 27
Sítio www.beijing.gov.cn

Atualmente, Wuhan é considerada o centro político, econômico, financeiro, comercial, cultural e educacional da China Central.[2] É um importante centro logístico, com dezenas de ferrovias, estradas e vias expressas conectando-a a outras grandes cidades.[4] Devido ao seu papel fundamental no transporte doméstico, Wuhan é às vezes chamado de "Chicago da China" por fontes estrangeiras.[5] A "via navegável dourada" do rio Yangtze e seu maior afluente, o rio Han, atravessam a área urbana e dividem Wuhan nos três distritos de Wuchang, Hankou e Hanyang. A Barragem das Três Gargantas, a maior usina de energia do mundo em termos de capacidade instalada, fica nas proximidades. A cidade também é o lar de vários institutos notáveis ​​de ensino superior, incluindo a Universidade de Wuhan, classificada em terceiro lugar em todo o país em 2017,[6] e a Universidade de Ciência e Tecnologia de Huazhong.

Historicamente, a cidade sofre com riscos de inundações,[7] o que levou o governo a aliviar a situação, com a introdução de mecanismos de absorção ecologicamente amigáveis.[8] O Estádio de Wuhan sediou o FIBA Campeonato Asiático de ​​2011 e o Campeonato Mundial de Basquetebol Masculino de 2019,[9] assim como os Jogos Mundiais Militares de 2019.[10][11] Em 2017, Wuhan foi designada como uma cidade criativa pela UNESCO, no campo do design.[12] Também é classificada como uma cidade global beta pela Globalization and World Cities Research Network.

HistóriaEditar

A história de Wuhan data de 3500 anos.[13] Foi onde ocorreu a Revolta de Wuchang, que levou à queda da dinastia Qing e ao estabelecimento da República da China.[14] Wuhan foi brevemente a capital da China em 1927, sob a ala esquerdista do governo do Kuomintang (KMT), liderada por Wang Jingwei.[15] A cidade serviu mais tarde como a capital chinesa em tempo de guerra em 1937, durante dez meses durante a Segunda Guerra Sino-Japonesa.[16][17] Durante a Revolução Cultural Chinesa, um conflito armado entre dois grupos hostis que lutavam pelo controle da cidade ficou conhecido como o incidente de Wuhan.

Pandemia de COVID-19Editar

Em dezembro de 2019, uma doença provocada por uma nova cepa de coronavírus, depois chamado de Sars-CoV-2, foi detectada na cidade, espalhando-se rapidamente, inicialmente na China, e depois no mundo todo, tendo a Organização Mundial da Saúde (OMS) decretado a doença uma pandemia no dia 11 de março de 2020.[18][19]

Devido à situação, Wuhan, então o epicentro da pandemia de COVID-19, decretou confinamento obrigatório (lockdown) em 23 de janeiro para tentar conter a transmissão do vírus e as atividades só começaram a voltar ao normal quase ao final de abril.[20] [21]

A doença, até o dia 12 de maio, tinha infectado 82 919 e matado 4 633 pessoas na China, e levado à morte mais de 80 mil pessoas no mundo todo, segundo o China Daily.[22]

Apenas em Wuhan, quase quatro mil pessoas haviam morrido entre dezembro de 2019 e maio de 2020.[23]

GeografiaEditar

O relevo de Wuhan é baixo e plano no centro e montanhoso no sul, com os rios Yangtze e Han serpenteando pela cidade. O rio She entra no Yangtze no distrito de Huangpi. Wuhan ocupa uma área de 8 494,41 quilômetros quadrados, sendo composta em sua maior parte por uma planície aluvial com colinas e um grande número de lagos e lagoas. O lago Liangzi, o maior lago por área de superfície da província de Hubei, está localizado no sudeste do distrito de Jiangxia. A 709 m acima do nível do mar, o ponto mais alto de Wuhan é o pico principal da montanha Yunwu (云雾山) no noroeste do distrito de Huangpi.[24] Também existem várias montanhas dentro dos limites da cidade de Wuhan, incluindo o Monte Luojia (山 山) no distrito de Wuchang,[25] bem como os montes Hong (洪山), Hong (洪山) e Yujia (家山 家山 / 瑜珈 山) no distrito de Hongshan.[26]

ClimaEditar

 
Uma rara ocorrência de neve em Wuhan

O clima de Wuhan é subtropical úmido (Köppen Cfa), com chuvas abundantes e quatro estações distintas. Wuhan é conhecida por seus verões úmidos, quando as temperaturas costumam atingir 26°C ou mais.[27] Historicamente, juntamente com Chongqing e Nanjing, Wuhan é referida como uma das "três cidades fornalhas" ao longo do rio Yangtze, devido às altas temperaturas no verão.[28] No entanto, os dados climáticos dos últimos anos sugerem que Wuhan não está mais entre os principais da lista de "cidades mais quentes do verão", que são Chongqing, Fuzhou, Hangzhou e Nanchang.[29][30] A primavera e o outono são geralmente amenos, enquanto o inverno é fresco com neve ocasional. A temperatura média varia de 4,0°C em janeiro a 29,1°C em julho.[31] A precipitação anual totaliza 1.320 mm,[31] cuja maioria cai de abril a julho; a temperatura média anual é de 17,13°C[31] e o período sem geadas dura de 211 a 272 dias.[32] Com a porcentagem mensal possível de sol variando de 31% em março a 59% em agosto, a cidade recebe 1 865 horas de sol por ano.[31] As temperaturas extremamente baixas e altas registradas são de -18,1°C em 31 de janeiro de 1977 e 39,7°C em 27 de julho de 2017, respectivamente.[33][34]

DemografiaEditar

 
Vista da região central da cidade

Wuhan é a cidade mais populosa da China Central e uma das mais populosas do país. No sexto censo da China em 2010, a área construída de Wuhan composta por 8 dos 10 distritos urbanos (todos, exceto Xinzhou e Hannan ainda não estavam conurbados), abrigava 8 821 658 habitantes.[35] Em 2015, a cidade de Wuhan tinha uma população estimada em 10 607 700 pessoas.[36]

A área metropolitana abrangente foi estimada pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) como tendo, em 2010, uma população de 19 milhões.[37]

ReligiãoEditar

De acordo com uma pesquisa publicada em 2017, 79,2% da população de Wuhan é ou não religiosa ou pratica o culto a deuses e antepassados; desses 0,9% são taoístas. Entre outras doutrinas religiosas, 14,7% da população adere ao budismo, 2,9% ao protestantismo, 0,3% ao catolicismo e 1,6% ao islamismo e 1,6% da população adere a outras religiões não especificadas.[38]

Panorama da cidade.

Governo e políticaEditar

SubdivisõesEditar

Mapa Distrito Chinês (S) Pinyin População
(censo de 2010)[39]
Área (km2) Densidade
(/km2)
Distritos centrais 6 434 373 888,42 7 242
Jiang'an 江岸 Jiāng'àn Qū 895 635 64,24 13 942
Jianghan 江汉 Jiānghàn Qū 683 492 33,43 20 445
Qiaokou 硚口 Qiáokǒu Qū 828 644 46,39 17 863
Hanyang 汉阳 Hànyáng Qū 792 183[40] 108,34 7 312
Wuchang 武昌 Wǔchāng Qū 1 199 127 87,42 13 717
Qingshan 青山 Qīngshān Qū 485 375 68,40 7 096
Hongshan 洪山 Hóngshān Qū 1 549 917[41] 480,20 3 228
Distritos suburbanos e rurais 3 346 271 7 605,99 440
Dongxihu 东西湖 Dōngxīhú Qū 451 880 439,19 1.029
Hannan 汉南 Hànnán Qū 114 970 287,70 400
Caidian 蔡甸 Càidiàn Qū 410 888 1 108,10 371
Jiangxia 江夏 Jiāngxià Qū 644 835 2 010,00 321
Huangpi 黄陂 Huángpí Qū 874 938 2 261,00 387
Xinzhou 新洲 Xīnzhōu Qū 848 760 1 500,00 566
Água (水上地区) 4 748 - -
Total 9 785 392 8 494,41 1 152

Cidades-irmãsEditar

País Cidade Desde
  Japão   Ōita 7 de setembro de 1979
  United States   Pittsburgh 8 de setembro de 1982
  Alemanha   Duisburg 8 de outubro de 1982
  Reino Unido   Manchester 16 de setembro de 1986[42]
  Romênia   Galați 12 de agosto de 1987
  Ucrânia   Kiev 19 de outubro de 1990
  Sudão   Khartoum 27 de setembro de 1995
  Hungria   Győr 19 de outubro de 1995
  França   Bordeaux[43] 18 de junho de 1998
  Países Baixos   Arnhem 6 de setembro de 1999
  South Korea   Cheongju 29 de outubro de 2000
  Áustria   Sankt Pölten 20 de dezembro de 2005
  Nova Zelândia   Christchurch[44] 4 de abril de 2006
  Canadá Markham 12 de setembro de 2006
  Suécia   Borlänge 28 de setembro de 2007
  Islândia   Kópavogur 25 de abril de 2008
  Israel   Ashdod[45] 8 de novembro de 2011
  França   Essonne[46] 21 de dezembro de 2012
  Turquia İzmir 6 de junho de 2013
  México   Tijuana[47] 12 de julho de 2013[48]
  Rússia   Saratov[49] 7 de agosto de 2015
  Chile   Concepción[50] 7 de abril de 2016
  Quirguistão   Bishkek 15 de novembro de 2016
  Grécia   Chalcis 11 de maio de 2017
  Rússia   Izhevsk 16 de junho de 2017
  Reino Unido Swansea[51] 31 de janeiro de 2018
  Uganda Entebbe 13 de abril de 2018
  Tailândia   Bangkok[52] 16 de novembro de 2018

EconomiaEditar

Wuhan é um importante centro de economia, comércio, finanças, transporte, tecnologia da informação e educação na China. Suas principais indústrias incluem ótica-eletrônica, fabricação de automóveis, fabricação de ferro e aço, setor farmacêutico, indústria de novos materiais e proteção ambiental. Neste último segmento, a cidade se destaca por pesquisa e desenvolvimento em tecnologias de eficiência energética e energia renovável.[53]

Embora Wuhan seja um centro fabril tradicional há décadas, também é uma das áreas que promove mudanças industriais modernas na China. A cidade consiste em três zonas nacionais de desenvolvimento, quatro parques de desenvolvimento científico e tecnológico, mais de 350 institutos de pesquisa, 1 656 empresas de alta tecnologia, inúmeras incubadoras de empresas e investimentos de 230 empresas da Fortune Global 500.[54] Produziu um PIB de 224 bilhões de dólares em 2018. A Dongfeng Motor Corporation, uma fabricante de automóveis chinesa, está sediada em Wuhan.

InfraestruturaEditar

EducaçãoEditar

 
Universidade de Wuhan

Existem 35 instituições de ensino superior em Wuhan, o que a torna um importante centro educacional para a China. Instituições de destaque incluem a Universidade de Ciência e Tecnologia Huazhong e a Universidade de Wuhan. Três zonas de desenvolvimento no nível estadual e muitas incubadoras corporativas também são significativas na educação e no desenvolvimento de negócios de Wuhan. A cidade ocupa o terceiro lugar na China em força geral de ciência e tecnologia.[55]

No final de 2013, em Wuhan, havia 1 024 jardins de infância com 224 300 crianças, 590 escolas primárias com 424 000 estudantes, 369 escolas secundárias com 314 000 estudantes, 105 escolas técnicas e profissionais com 98 600 alunos e 80 faculdades e universidads com 966 400 alunos de graduação e estudantes universitários juniores e 107 400 estudantes de pós-graduação.[56]

A Universidade de Ciência e Tecnologia de Huazhong (UCTH), localizada no "Vale da Ótica da China", é parte do Projeto 985.[57] A HUST gerencia os Laboratórios Nacionais de Wuhan para Optoeletrônica (WNLO), que é um dos cinco laboratórios nacionais na China. A UCTH também é uma das quatro universidades chinesas qualificadas para administrar o laboratório nacional e a principal infraestrutura nacional de ciência e tecnologia. Fundada em 1953 como Instituto de Tecnologia Huazhong, a UCTH combinou-se com outras três universidades (incluindo a antiga Universidade Médica de Tongji, fundada em 1907) em 2000 e possui 42 escolas e departamentos que cobrem 12 disciplinas abrangentes.[58][59] A UCTH possui 12 bolsistas da Academia Chinesa de Ciências e 17 bolsistas da Academia Chinesa de Engenharia.[60] O U.S. News & World Report classificou a UCTH como a 260º no mundo e a 9º na China.[61] Mais de 2.000 estudantes internacionais de 120 países cursam a UCTH.[62]

A Universidade de Wuhan é outra universidade do Projeto 985; a Universidade Wuhan original combinou-se com outras três universidades em 2000 para formar uma única universidade com 36 escolas em 6 faculdades. Desde a década de 1950, recebe estudantes internacionais de mais de 109 países.[63]

TransportesEditar

O Grupo China Railway Wuhan gerencia o Hub Ferroviário Wuhan. O Centro Ferroviário de Wuhan é considerado um dos quatro principais centros ferroviários da China.[64] A cidade de Wuhan é servida por três estações ferroviárias principais: a Estação Ferroviária Hankou em Hankou, a Estação Ferroviária Wuchang e a Estação Ferroviária Wuhan. Com a abertura da ferrovia de alta velocidade entre Hefei e Wuhan em 1º de abril de 2009, a cidade passou a ser servido por trens de alta velocidade que a ligam com Hefei, Nanquim e Xangai.[65]

Quando o metrô de Wuhan foi inaugurado em setembro de 2010, a cidade se tornou a quinta no país a contar com um sistema de metrô (depois de Pequim, Tianjin, Xangai e Guangzhou).[66] A primeira linha tem 10,2 quilômetros de comprimento e 10 estações. A Linha 2 do metrô foi inaugurada em 28 de dezembro de 2012, estendendo o comprimento total do sistema para 56,85 km e foi a primeira linha de metrô a cruzar o rio Yangtze. A linha 4 foi aberta em 28 de dezembro de 2013, conectando a Estação Ferroviária Wuhan e a Estação Ferroviária Wuchang. Desde essa data, todas as três principais estações ferroviárias da cidade estão conectadas pelas linhas de metrô. Em dezembro de 2016, a extensão da Linha 2 do Metro, que se estende até o Aeroporto Wuhan Tianhe, também foi aberta. Até o final de 2018, o metrô de Wuhan contava com a Linha 1, a Linha 2, a Linha 3, a Linha 4, a Linha 6, a Linha 7, a Linha 8, a Linha 11 e a Linha 21.[67]

Aberto em abril de 1995 para substituir o antigo aeroporto Hankou Wangjiadun e o aeroporto de Nanhu como o principal aeroporto da cidade,[68] o Aeroporto Internacional de Wuhan Tianhe é um dos aeroportos mais movimentados da China Central. Ele está localizado no distrito suburbano de Huangpi, em Wuhan, a 26 quilômetros ao norte da cidade de Wuhan. A extensão da linha 2 do metrô de Wuhan ao aeroporto de Tianhe foi aberta em 28 de dezembro de 2016.[69] Também foi selecionado como o quarto aeroporto internacional da China, depois do Aeroporto Internacional de Pequim, Shanghai-Pudong e Guangzhou-Baiyun. O Aeroporto Municipal de Hannan é um aeroporto municipal que serve o distrito de Hannan. É o maior aeroporto da China que lida apenas com a aviação geral.[70] A cidade teve uma empresa aérea chamada Wuhan Airlines, que foi incorporada à China Eastern Airlines em 2003.[71]

Ver tambémEditar

Referências

  1. Correia, Paulo (Primavera de 2020). «Coronavírus — não confundir o vírus com a doença» (PDF). Sítio web da Direcção-Geral da Tradução da Comissão Europeia no portal da União Europeia. A Folha — Boletim da língua portuguesa nas instituições europeias (n.º 62). 1 páginas. ISSN 1830-7809. Consultado em 29 de junho de 2020 
  2. a b «Focus on Wuhan, China». The Canadian Trade Commissioner Service. Consultado em 10 de fevereiro de 2013. Cópia arquivada em 12 de dezembro de 2013 
  3. Zhao Manfeng (赵满丰). «Archived copy» 国家中心城市 [National central cities]. usa.chinadaily.com.cn. Consultado em 20 de maio de 2018. Cópia arquivada em 20 de maio de 2018 
  4. «武汉获批全国首个交通枢纽研究试点城市». Ministry of Commerce of the People's Republic of China. 25 de junho de 2009 
  5. «Foreign News: On To Chicago». Time. 13 de junho de 1938. Consultado em 20 de novembro de 2011. Cópia arquivada em 5 de janeiro de 2012 
  6. «校友会2017中国大学排行榜700强揭晓,北京大学十连冠--艾瑞深校友会网2019中国大学排行榜,中国大学研究生院排行榜,中国一流大学,中国大学创业富豪榜,中国独立学院排行榜,中国民办大学排行榜». www.cuaa.net (em inglês). Consultado em 13 de junho de 2019 
  7. Jing, Li (23 de janeiro de 2019). «Inside China's leading 'sponge city': Wuhan's war with water». The Guardian (em inglês). ISSN 0261-3077. Consultado em 13 de junho de 2019 
  8. Hartley, Asit K. Biswas, Kris. «China's 'sponge cities' aim to re-use 70% of rainwater». CNN. Consultado em 13 de junho de 2019 
  9. The Official website of the 2019 FIBA Basketball World Cup Arquivado em 27 de maio de 2017 no Wayback Machine.
  10. «7th Military World Games to be held in Wuhan in 2019 - Xinhua | English.news.cn». www.xinhuanet.com. Consultado em 20 de maio de 2018. Cópia arquivada em 20 de maio de 2018 
  11. http://www.wuhan2019mwg.com official site
  12. «Wuhan | Creative Cities Network». en.unesco.org. Consultado em 13 de junho de 2019 
  13. «Wuhan | China». Encyclopædia Britannica (em inglês). Consultado em 13 de junho de 2019 
  14. «The Wuchang Uprising on Double Ten (10/10/1911) | Britannica Blog». blogs.britannica.com. Consultado em 13 de junho de 2019 
  15. Stephen R. MacKinnon (2002). Remaking the Chinese City: Modernity and National Identity, 1900-1950. [S.l.]: University of Hawaii Press. 161 páginas. ISBN 978-0824825188 
  16. «AN AMERICAN IN CHINA: 1936-39 A Memoir». Consultado em 10 de fevereiro de 2013. Arquivado do original em 12 de maio de 2013 
  17. Stephen R. MacKinnon (21 de maio de 2008). Wuhan, 1938: War, Refugees, and the Making of Modern China. [S.l.]: University of California Press. 12 páginas. ISBN 978-0520254459 
  18. «OMS declara pandemia de coronavírus» 
  19. «Coronavírus na China: perguntas e respostas sobre doença pulmonar que matou 100 pessoas e chegou a nove países». BBC News Brasil. 22 de janeiro de 2020 
  20. «Contexto: China tentou abafar alarme sobre coronavírus no início, mas depois retardou sua disseminação global». 19 de março de 2020 
  21. «Direto da China: Wuhan ficou mais vigilante um mês e meio após lockdown». 23 de abril de 2020 
  22. 代艳. «Latest on the novel coronavirus outbreak - Chinadaily.com.cn» 
  23. «Wuhan faz revisão e informa 50% de mortes a mais por coronavírus». Uol 
  24. «Archived copy» 在武汉——武汉最高峰云雾山. Baidu Baijiahao. Consultado em 30 de novembro de 2018. Cópia arquivada em 9 de abril de 2018e. 云雾山地处黄陂区西北部,{...},主峰海拔709米,属武汉市最高峰。 
  25. «Archived copy». Consultado em 2 de março de 2018. Cópia arquivada em 3 de março de 2018 
  26. «Archived copy». Consultado em 2 de março de 2018. Cópia arquivada em 8 de novembro de 2018 
  27. Wunderground Archives (9 de janeiro de 2008). «Temperatures in Wuhan». Wunderground. Consultado em 9 de janeiro de 2008. Cópia arquivada em 21 de agosto de 2007 
  28. 为什么重庆、武汉、南京有"三大火炉"之称? (em chinês). Guangzhou Popular Science News Net (广州科普资讯网). 12 de setembro de 2007. Consultado em 12 de novembro de 2014. Cópia arquivada em 12 de novembro de 2014 
  29. 中国夏季"火炉"城市重新洗牌 武汉南京退出前四-新华网. www.xinhuanet.com (em chinês). Consultado em 20 de maio de 2018. Cópia arquivada em 20 de maio de 2018 
  30. 武汉退出全国三大"火炉"行列 "新四大火炉"出炉. hb.sina.com.cn (em chinês). Consultado em 20 de maio de 2018. Cópia arquivada em 5 de julho de 2018 
  31. a b c d 中国气象局 国家气象信息中心(1981-2010年) (em chinês). China Meteorological Administration. Consultado em 28 de dezembro de 2017. Cópia arquivada em 10 de julho de 2014 
  32. 武汉城市介绍以及气候背景分析. Weather China (em chinês). Consultado em 20 de maio de 2018. Cópia arquivada em 16 de novembro de 2018 
  33. «Archived copy». Consultado em 20 de novembro de 2010. Cópia arquivada em 10 de julho de 2014 
  34. «Extreme Temperatures Around the World». Consultado em 22 de maio de 2013. Cópia arquivada em 4 de agosto de 2014 
  35. «China: Administrative Division of Húbĕi / 湖北省». Consultado em 25 de maio de 2015. Cópia arquivada em 3 de julho de 2015 
  36. Ding, Yanfei (丁燕飞). 武汉市去年净流入人口突破230万人_荆楚网. news.cnhubei.com. Consultado em 6 de março de 2016. Cópia arquivada em 27 de fevereiro de 2016 
  37. CNBC.com, Justina Crabtree; special to (20 de setembro de 2016). «A tale of megacities: China's largest metropolises». CNBC. Consultado em 8 de dezebro de 2017. Cópia arquivada em 9 de dezembro de 2017. slide 6  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  38. Han, Junqiang; Meng, Yingying; Xu, Chengcheng; Qin, Siqi (2017). «Urban Residents' Religious Beliefs and Influencing Factors on Christianity in Wuhan, China». Religions. 8 (244). 244 páginas. doi:10.3390/rel8110244  p. 4.
  39. 武汉市2010年第六次全国人口普查主要数据公报. Wuhan Statistics Bureau. 10 de maio de 2011. Consultado em 21 de julho de 2011. Cópia arquivada em 25 de outubro de 2011 
  40. includes 208,106 in Wuhan Economic Development Zone (武汉经济技术开发区)
  41. includes 396,597 in Donghu New Technology Development Zone (东湖新技术开发区), 67,641 in Donghu Scenic Travel Zone (东湖生态旅游风景区), and 36,245 in Wuhan Chemical Industry Zone (武汉化学工业区)
  42. http://www.visitoruk.com/Manchester/20th-century-T1235.html 1986 Manchester was twinned with Wuhan in China.
  43. «Bordeaux, ouverte sur l'Europe et sur le monde». Consultado em 1 de setembro de 2015. Cópia arquivada em 16 de março de 2015 
  44. «Wuhan, China : Christchurch City Council». Christchurch City Council. Consultado em 1 de setembro de 2015. Cópia arquivada em 19 de setembro de 2015. A Friendship City Agreement was signed between the Mayors of Wuhan and Christchurch on Tuesday 4 April 2006. 
  45. «Archived copy». Consultado em 24 de fevereiro de 2018. Cópia arquivada em 25 de outubro de 2017 
  46. «Archived copy». Consultado em 24 de fevereiro de 2018. Cópia arquivada em 7 de setembro de 2018 
  47. «Tijuana, Mexico becomes Wuhan's 20th sister city». Consultado em 1 de março de 2015. Arquivado do original em 2 de abril de 2015 
  48. «Archived copy». Consultado em 24 de fevereiro de 2018. Cópia arquivada em 7 de setembro de 2018 
  49. «Wuhan - Saratov, Russia». Consultado em 18 de fevereiro de 2016. Cópia arquivada em 26 de janeiro de 2016 
  50. «Archived copy». Consultado em 24 de fevereiro de 2018. Cópia arquivada em 9 de abril de 2018 
  51. «Archived copy» 图文:武汉与英国斯旺西结为友好城市. Consultado em 16 de fevereiro de 2018. Arquivado do original em 17 de fevereiro de 2018 
  52. «Archived copy» 刚刚!武汉和曼谷正式缔结为友好城市!. Consultado em 19 de novembro de 2018. Cópia arquivada em 19 de novembro de 2018 
  53. http://www.china-briefing.com/news/china-regional-spotlight-wuhan-hubei-province/
  54. Government of Canada, Foreign Affairs Trade and Development Canada (8 de setembro de 2009). «Focus on Wuhan, China». www.tradecommissioner.gc.ca. Consultado em 13 de junho de 2019 
  55. 大汉网络 (3 de setembro de 2004). «The Thoroughfare to Nine Provinces-Wuhan City». Cnhubei.com. Consultado em 4 de fevereiro de 2010. Cópia arquivada em 3 de março de 2009 
  56. Wuhan Bureau of Statistics; National Bureau of Statistics, Wuhan investigative team (国家统计局武汉调查队). 2013年武汉市国民经济和社会发展统计公报 [2013 Statistic Report of National Economy and Social Development in Wuhan]. 武汉组工网. Consultado em 25 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 27 de julho de 2014 
  57. 教育部 财政部 国家发展改革委 关于公布世界一流大学和一流学科建设高校及建设 学科名单的通知 [Notice from the Ministry of Education and other national governmental departments announcing the list of double first class universities and disciplines]. Ministério da Educação da China. Consultado em 7 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 27 de março de 2019 
  58. «Wuhan: Huazhong University of Science and Technology». Study Abroad in China. Consultado em 26 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 26 de agosto de 2014 
  59. «History». HUST. Consultado em 26 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 14 de março de 2015 
  60. 华中科技大学两院院士. Consultado em 1 de fevereiro de 2019. Cópia arquivada em 30 de setembro de 2018 
  61. «2019 US News and World Report Best Global Universities, Huazhong University of Science and Technology». Consultado em 7 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 5 de dezembro de 2018 
  62. «Why HUST». Consultado em 7 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 9 de dezembro de 2018 
  63. «Wuhan University». Chinadaily. Consultado em 26 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 26 de agosto de 2014 
  64. 铁道部规划建设北京上海广州武汉四大铁路枢纽. Sina News. 18 de março de 2005. Consultado em 20 de fevereiro de 2018. Cópia arquivada em 16 de novembro de 2011 
  65. «Two high-speed rail links start April 1». www2.chinadaily.com.cn. Consultado em 15 de março de 2010. Cópia arquivada em 27 de março de 2009 
  66. «> Asia > China > Wuhan Metro». UrbanRail.Net. Consultado em 21 de abril de 2010. Cópia arquivada em 9 de abril de 2010 
  67. «Archived copy». Consultado em 19 de fevereiro de 2018. Cópia arquivada em 19 de fevereiro de 2018 
  68. 1995年4月15日武汉天河机场投入营运. 荆楚网. 17 de abril de 2008. Consultado em 30 de junho de 2011. Cópia arquivada em 7 de novembro de 2017 
  69. 武汉地铁机场线开通 乘地铁赶飞机还需留意这两点. Consultado em 23 de fevereiro de 2018. Cópia arquivada em 4 de março de 2018 
  70. 武汉首个通用航空机场建成启用. www.wuhan.gov.cn. Consultado em 4 de novembro de 2017. Cópia arquivada em 1 de dezembro de 2017 
  71. «Informações sobre Wuhan Airlines». Aviation Safety Network (em inglês) 

Ligações externasEditar

O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Wuhan