Xambioá

Disambig grey.svg Nota: Para pelo subgrupo de indígenas brasileiros, veja Xambioás.

Xambioá é um município brasileiro do estado do Tocantins. Localiza-se a uma latitude 06º24'40" sul e a uma longitude 48º32'11" oeste, estando situada na margem direita do Rio Araguaia, a uma altitude de 141 metros. Sua população estimada em 2007 era de 10.856 habitantes. Xambioá forma uma conurbação com a cidade de São Geraldo do Araguaia (PA), que fica localizada na margem esquerda do Rio Araguaia. O nome do município é um termo indígena que significa Pássaro veloz.

Xambioá
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Xambioá
Bandeira
Brasão de armas de Xambioá
Brasão de armas
Hino
Apelido(s) "Xambioá"
Gentílico xambioaense
Localização
Localização de Xambioá no Tocantins
Localização de Xambioá no Tocantins
Mapa de Xambioá
Coordenadas 6° 24' 39" S 48° 32' 09" O
País Brasil
Unidade federativa Tocantins
Municípios limítrofes São Geraldo do Araguaia, Araguanã, Wanderlândia, Darcinópolis, Piraquê, Ananás e Riachinho
Distância até a capital 507 km
História
Fundação 26 de janeiro de 1953
Aniversário 14 de novembro de 1958
Administração
Prefeito(a) Patrícia Evelin (PMDB, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [1] 1 186,424 km²
População total (IBGE/2013[2]) 11 736 hab.
 • Posição TO: 19º
Densidade 9,9 hab./km²
Clima Tropical
Altitude 141 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2010[3]) 0,671 médio
PIB (IBGE/2013[4]) R$ 284 266 mil
PIB per capita (IBGE/2013[4]) R$ 24 221,73
Outras informações
Padroeiro(a) São Miguel Arcanjo

Ficou conhecida por ter sido palco da guerrilha do Araguaia, entre o final da década de 1960 até o final de 1974. No conflito entre o Exército Brasileiro e guerrilheiros do Partido Comunista do Brasil - PC do B, dezenas de comunistas foram mortos ou capturados. Do lado do Exército Brasileiro, aproximadamente 16 soldados pereceram. Alguns habitantes da região que integraram as fileiras guerrilheiras também morreram. Houve ainda os "bate-pau", que eram os moradores do local que optavam por ajudar o exército. Alguns guerrilheiros e militares que participaram do conflito atuam hoje politicamente dentro da normalidade pública. Destacam-se José Genoíno e o Major Curió.

HistóriaEditar

O município de Xambioá foi fundado em 1 de janeiro de 1959.[5]

Principais escolas públicasEditar

  • Escola Estadual São Judas Tadeu - escola pertencente à rede estadual, fechada em 2013.
  • Colégio Estadual José Bonifácio - anos finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio.
  • Colégio Estadual Profª Juliana Barros - Ensino Fundamental - anos iniciais e finais e Ensino Médio.
  • Escola Estadual Eurico Mota - Ensino Fundamental - anos iniciais e finais e Ensino Médio.
  • Escola Paroquial São Miguel - Conveniada à rede estadual - Ensino Fundamental anos iniciais e finais.
  • Escola Municipal Dom Cornélio Chizzini - Ensino Fundamental anos iniciais e finais.
  • Escola Municipal Francisco Oliveira - Ensino Fundamental anos iniciais e finais.

DemografiaEditar

Segundo o IBGE, em 2000 Xambioá tinha uma população de 12.137 habitantes. Em 2010, a população era de 11.484, uma diminuição de 653 (5,4%). Tem uma área de 1.186 km², resultando numa densidade de 9,68 habitantes por km². 84,7% da população é urbana e 15,2% é rural. 51,4% dos habitantes são homens e 48,6% são mulheres.[6] 74,1% dos habitantes são católicos romanos, 18,3% são evangélicos, 5,4% não tem religião, 2,2% são evangélicos de missão e 0,04% são luteranos.[7]

Ver tambémEditar

• Sítio Arqueológico

Referências

  1. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  2. «Estimativa de População 2013». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de agosto de 2013. Consultado em 11 de outubro de 2013 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 21 de setembro de 2013 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios». IBGE. Consultado em 18 de janeiro de 2016 
  5. «Historia da Cidade». xambioa.to.gov.br. 2007. Consultado em 21 de novembro de 2012. Arquivado do original em 6 de fevereiro de 2012 
  6. «IBGE: Cidades: Tocantins: Xambioá: Censo Demográfico 2010: Sinopse». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 29 de setembro de 2012 
  7. «IBGE: Cidades: Tocantins: Xambioá: Censo Demográfico 2010: Resultado da Amostra - Religião». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 29 de setembro de 2012 

BibliografiaEditar

  • Folder "Xambioá, o Berço da Guerrilha do Araguaia e do Carnaval Norte-tocantinense, Uma Breve Cronologia... " Registrado na Fundação Biblioteca Nacional (Escritório de Direitos Autorais-EDA) sob o n° 450.677, livro 846, folha 337, Rio-RJ, 2009. Cujo autor é Francisco de Assis Fortes Sobrinho.

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre municípios do Tocantins é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.