Xambrê
  Município do Brasil  
Hino
Gentílico xambrense[1]
Localização
Localização de Xambrê no Paraná
Localização de Xambrê no Paraná
Mapa de Xambrê
Coordenadas 23° 44' 09" S 53° 29' 24" O
País Brasil
Unidade federativa Paraná
Região metropolitana Umuarama
Municípios limítrofes Umuarama, Pérola, Cafezal do Sul e Alto Paraíso
Distância até a capital 600 km
História
Fundação 28 de julho de 1960 (59 anos)
Aniversário 26 de julho
Administração
Prefeito(a) Waldemar dos Santos Ribeiro Filho (PPS, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [2] 359,713 km²
População total (estimativa IBGE/2018[3]) 5 728 hab.
Densidade 15,9 hab./km²
Clima Não disponível
Altitude 418 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2000 [4]) 0,751 alto
PIB (IBGE/2008[5]) R$ 42 973,393 mil
PIB per capita (IBGE/2008[5]) R$ 7 288,57

Xambrê é um município brasileiro do estado do Paraná, localizando-se na Mesorregião do Noroeste Paranaense. Sua população, conforme estimativas do IBGE de 2018, era de 5 728[3] habitantes, estando numa altitude de 418 metros e numa área territorial de 363,25 km².

HistóriaEditar

No início da década de 1950, a Rede de Viação Paraná-Santa Catarina contratou a empresa Byington e Companhia para ampliar a ferrovia entre Apucarana e Umuarama (em uma fase posterior seguiria até Guaíra, passando por Xambrê[6]). Por falta de recursos, o estado cedeu 75 mil alqueires de terras devolutas para a empresa comercializar através de bônus emitidos pelo estado. As obras da ferrovia foram supervisionadas pelo genro de Byigton, Paulo Egydio Martins. Um dos acampamentos de obras formou um pequeno núcleo urbano. Com seu plano urbanístico primitivo traçado por Martins, deu origem ao município de Xambrê. Apesar do projeto, a ferrovia alcançou Maringá em 1954 e terminou em Cianorte em 1972, nunca alcançando Umuarama e Xambrê.[7][8]

Referências

  1. «Gentílico - xambrense». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de agosto de 2018. Consultado em 29 de agosto de 2018 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. a b «Estimativa populacional 2018 IBGE». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de agosto de 2018. Consultado em 31 de outubro de 2018 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008. Arquivado do original em 3 de outubro de 2009 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. Ralph Mennucci Giesbrecht. «Cianorte». Estações ferroviárias do Brasil. Consultado em 10 de dezembro de 2019 
  7. Paulo Egydio Martins, Verena Alberti, Dora Rocha, Ignez Cordeiro de Farias (2007). «Aventura no Paraná» (PDF). Paulo Egydio Conta:depoimento ao CPDOC/FGV- Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil-Fundação Getúlio Vargas, páginas 113-118. Consultado em 10 de dezembro de 2019 
  8. Ralph Mennucci Giesbrecht. «Linha Ourinhos-Cianorte». Estações ferroviárias do Brasil. Consultado em 10 de dezembro de 2019 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre municípios do estado do Paraná é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.