Xatalárabe

O Xatalárabe[1] ou Chate Alárabe[2] (em árabe: شط العرب; romaniz.: xaTT al'arablit. "Costa dos Árabes"; em persa: اروندرود; romaniz.: Arvand Rūd), por vezes conhecida pelas grafias francesa Chatt al-Arab e inglesa Shatt al-Arab, é um rio do Oriente Médio formado pela confluência dos rios Tigre e Eufrates, que deságua no golfo Pérsico após um percurso de cerca de 200 km.

Xatalárabe
Arvand Rūd
Mapa da região do Xatalárabe
Comprimento c. 200 km
Nascente confluência entre o Tigre e o Eufrates
Foz Golfo Pérsico
Países Iraque e Irão
Coordenadas 30° 24' 26" N 48° 9' 6" E

O Tigre e o Eufrates confluem na cidade iraquiana de al-Curná, na província de Baçorá. O talvegue da porção meridional do rio, até o encontro com o golfo, constitui a fronteira entre o Irão e o Iraque. Sua largura varia de 232 m (em Baçorá) até 800 m (na sua foz). Nas margens do Xatalárabe estão portos acessíveis a navios de alto-mar, como Baçorá e Fao, no Iraque e Khorramshahr e Abadã, conhecida pela gigantesca refinaria, no lado iraniano.

O Xatalárabe foi local de confrontos durante a Guerra Irã-Iraque entre 1980 e 1988.

Referências

  1. «Dicionários de Arabismos da Língua Portuguesa». www.incm.pt/portal/index.jsp. Consultado em 8 de dezembro de 2013 
  2. Fernandes, Ivo Xavier (1941). Topónimos e Gentílicos. I. Porto: Editora Educação Nacional, Lda. 
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre o Xatalárabe
  Este artigo sobre Geografia do Irão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  Este artigo sobre Geografia do Iraque é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  Este artigo sobre hidrografia em geral é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.