Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde julho de 2016). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Yakult
Privada
Atividade Alimentos
Fundação 1938 (81 anos)
Fundador(es) Dr. Minoru Shirota
Website oficial http://www.yakult.co.jp
Sede Internacional da Yakult

Yakult (em japonês: ヤクルト; transl.: Yakuruto) é uma empresa multinacional japonesa. Seu principal produto é o leite fermentado, muito consumido em todo mundo. O nome "Yakult" deriva de "jahurto", que significa iogurte em esperanto.[1]

Índice

HistóriaEditar

Em 1925, o Japão apresentava alto índice de mortalidade infantil por infecções gastrointestinais. Inconformado com isso, o Dr. Minoru Shirota iniciou seus estudos sobre lactobacilos intestinais, com o objetivo de usá-los em prol da medicina preventiva. Nesta época, a medicina preocupava-se mais com o tratamento do que com a prevenção das doenças. Praticamente inexistiam pesquisas sobre microrganismos úteis ao intestino. No ano de 1930, após anos de contínuas pesquisas, Dr. Shirota selecionou uma espécie de lactobacilos, resistentes à acidez do estômago e, que se mantendo vivos no intestino, inibiam a proliferação de bactérias intestinais nocivas, promovendo o equilíbrio da flora intestinal. Estes micro-organismos revolucionaram todos os conceitos da área de saúde e foram denominados Lactobacillus casei Shirota. Cinco anos depois, foi desenvolvido o Leite Fermentado Yakult à base de leite desnatado e fermentado com os Lactobacillus casei Shirota. Para que ele estivesse facilmente disponível para o maior número de pessoas, foi adotado o sistema de entrega domiciliar. Em 1938, Yakult foi registrado como marca. No ano de 1955 foi estabelecido o instituto de pesquisa na cidade de Quioto. Em 1963, com o objetivo de dar continuidade ao trabalho iniciado pelo Dr. Minoru Shirota, a distribuição do Leite Fermentado Yakult no Japão passou a contar com as “Yakult Ladies”. No ano seguinte, iniciam-se as atividades internacionais da Yakult, em Taiwan. Em 1966 o produto passou a ser produzido no Brasil. Desde então, a empresa tem se expandido com sucesso na Ásia, América, Europa e Oceania. Atravessou fronteiras desenvolvendo atividades adequadas às necessidades de cada país e conquistou o respeito de cada consumidor. Em 1968 o produto passou a ser vendido em potes de plástico. Nas décadas seguintes, a empresa lança inúmeros produtos, sempre mantendo Yakult como carro-chefe. Assim, o Leite Fermentado Yakult tornou-se um dos alimentos mais consumidos no século XX. Na década de 90 a marca começou sua grande e rápida expansão pelo continente europeu, ingressando primeiramente no mercado holandês em 1994. Entre 1995 e 1997 o produto foi introduzido com sucesso na Bélgica, Luxemburgo, Alemanha e Inglaterra. Em 2000 foi a vez do mercado francês receber o produto.

Atualmente a marca está presente em 33 países como Alemanha, Austrália, Áustria, Bélgica, Belize, Brasil, Brunei, Canadá, China, Cingapura, Coreia do Sul, Espanha, Estados Unidos, Filipinas, França, Hong Kong, Índia, Indonésia, Itália, Japão, Luxemburgo, Malásia, Malta, México, Nova Zelândia, Países Baixos, Reino Unido, República da Irlanda, Suíça, Tailândia, Taiwan, Uruguai e Vietnã, sendo consumida por mais de 30 milhões de pessoas.

ProdutoEditar

IngredientsEditar

Yakult é vendido em frascos de 65 mL. Os ingredientes são água, leite desnatado, xarope de glicose-frutose, sacarose, aroma cítrico e bactérias vivas Lactobacillus paracaseiShirota .[2] A cepa foi originalmente classificada como Lactobacillus casei , mas em 2008 foi reclassificada como pertencente a L. paracasei.[2]

Yakult é preparado adicionando glicose e glicina a leite desnatado, e aquecendo a mistura a 90 a 95 ° C por cerca de 30 minutos. Depois de deixar arrefecer a 45 ° C, a mistura é inoculada com os lactobacilos e incubada durante 6 a 7 dias a 37 a 38 ° C. Após a fermentação, são adicionados água, açúcar, gomas e ácido láctico.[3]

Alegações de saúdeEditar

Em 2006, um painel nomeado pelo Netherlands Nutrition Centre para avaliar uma solicitação de marketing da Yakult descobriu que existem evidências suficientes para justificar alegações de que beber pelo menos uma garrafa de Yakult por dia pode ajudar a melhorar os movimentos intestinais. pessoas que tendem a ser prisão de ventre e podem ajudar a manter uma população saudável de flora intestinal.[4]

Em 2010, um painel da EFSA negou um pedido da empresa para comercializar a Yakult como mantendo as defesas do trato respiratório superior contra patógenos (em outras palavras, proteção contra doenças como o resfriado comum), por considerar a alegação não apoiada por evidências científicas.[2]

Em 2013, a Autoridade de Normas de Publicidade do Reino Unido (Advertising Standards Authority, Autoridade de Padrões de Publicidade) não permitiu a divulgação de um anúncio da Yakult em resposta a uma queixa. Descobriu que, embora houvesse evidência suficiente para a alegação de que "um número significativo de Lactobacillus sobreviveu ao trânsito para o intestino [após o consumo de Yakult]", o anúncio fez alegações de benefícios gerais de saúde sem fornecer uma alegação específica e referenciada. como requerido.[5]

Referências

  1. https://yakult.de/unternehmen/dr-shirota
  2. a b c EFSA Panel on Dietetic Products, Nutrition and Allergies (October 2010). «Scientific Opinion on the substantiation of a health claim related to Lactobacillus casei strain Shirota and maintenance of the upper respiratory tract defence against pathogens by maintaining immune defences pursuant to Article 13(5) of Regulation (EC) N». EFSA Journal. 8 (10). 1860 páginas. doi:10.2903/j.efsa.2010.1860  Verifique data em: |data= (ajuda)   Lay summary: Wallop, Harry (20 October 2010). «Probiotic drinks do not aid health, Europe says». The Telegraph  Verifique data em: |data= (ajuda)
  3. Jost, Rolf (2007), «Milk and Dairy Products», Ullmann's Encyclopedia of Industrial Chemistry, ISBN 978-3527306732 7th ed. , doi:10.1002/14356007.a16_589.pub3 
  4. «Assessment Report: Yakult». Netherlands Nutrition Centre. November 10, 2006  Verifique data em: |data= (ajuda)
  5. «ASA Adjudication on Yakult UK Ltd». Advertising Standards Authority. 15 May 2013. Consultado em 8 September 2018  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)

Ligações externasEditar