Abrir menu principal

Yakushi-ji (薬師寺?) é um dos mais famosos e antigos templos budistas no Japão, que foi um dos Sete Grandes Templos, localizados em Nara. O templo é a sede da escola Hossō do budismo japonês. O Yakushi-ji é um dos locais que são coletivamente inscritos como patrimônio mundial da UNESCO, sob o nome de "Monumentos Históricos da Antiga Nara".[1]

O principal objeto de veneração, Yakushi Nyorai, também chamado de "Buda da Medicina", foi uma das primeiras deidades budistas a chegar ao Japão da China em 680, dando o nome ao templo.

HistóriaEditar

 
Pagode leste. Sua beleza é geralmente chamada de "música congelada".

O yakushi-ji original foi construído em Fujiwara-kyō, a capital japonesa no período Asuka, encomendada pelo Imperador Temmu em 680 para orar pela recuperação de uma doença da sua esposa, que o sucedeu como Imperatriz Jito. Este ato de construir templos em devoção a figuras budistas era uma prática comum entre a nobreza japonesa quando o budismo foi importado pela primeira vez da China e Coreia. O Imperador Temmu morreu na época em que a Imperatriz Jito concluiu o complexo por volta de 698, sendo que ele foi desmontado e movido para Nara oito anos após a Corte Imperial se estabelecer no que era a nova capital.[2]

Acreditou-se por muito tempo que o templo foi movido para o seu local atual em 718, após a mudança da capital para Heijō Kyō, conhecida hoje como Nara. No entanto, escavações do sítio de Fujiwara-kyō Yakushi-ji na década de 1990 sugerem que pode ter havido dois Yakushi-ji ao mesmo tempo. O Fujiwara-kyō Yakushi-ji é também chamado de Moto Yakushi-ji (元 moto, original).

Incêndios destruíram a maioria das construções do complexo em 973, e o salão principal em 1528. Muito esforço foi colocado na restauração: o salão principal foi reconstruído na década de 1970 e o templo inteiro hoje está completamente restaurado.

Pagode LesteEditar

O pagoda Leste (東塔 Tō-tō?), concluído em 730, é a única estrutura original do século VIII do Yakushi-ji.[1] A estrutura possui 34 m e é considerada como um dos pagodes mais finos do Japão, representando a arquitetura do período Hakuhō ao Tenpyō. O Pagode Leste possui apenas três andares e parece ter seis devido à presença de telhados inter-andares (mokoshi). A estrutura tem uma ponta com um florão em forma de globo. O Pagode Leste foi desmontado para obras de reformas de 1898-1900 e desmontado novamente em 2012. O pilar central do pagode (心柱 shinbashira?) tinha se corroído e as bordas dos beirais do pagode cedido. Um andaime de sete andares cobriu completamente a Torre Leste e as obras de reforma continuarão até 2018.[3][4]

ArquiteturaEditar

DisposiçãoEditar

A disposição do Yakushi-ji é simétrica, com dois salões principais e dois [[pagode (templo)|pagodes] de três andares. A disposição única também é chamadas às vezes de “estilo yakushiji”.

ImagensEditar

Referências

  1. a b «Yakushiji». Encyclopedia of Japan. Tokyo: Shogakukan. 2012. OCLC 56431036. Consultado em 6 de junho de 2012 
  2. Matsuzawa, Midori. "Yakushi-ji' a unique chance on a grand scale," Daily Yomiuri Online. 4 de abril de 2008.
  3. «薬師寺東塔修理 1世紀ぶり解体» [Repair to Yakushi-ji East Pagoda, disassembled again 100 years later]. Tōkyō Shinbun (em Japanese). Tokyo: Chūnichi Shinbunsha. 5 de junho de 2012. Consultado em 6 de junho de 2012 
  4. «薬師寺東塔の解体修理始まる 無事祈り現地で法要» [Repair work begins on Yakushi-ji East Tower, memorial service held to pray for safety on work site]. Nihon keizai shinbun (em Japanese). Tokyo: Nikkei. 4 de junho de 2012. Consultado em 6 de junho de 2012 

NotasEditar

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Yakushi-ji