Yevgeniya Kanayeva

Yevgeniya Olegovna Kanayeva, em russo: Евгения Олеговна Канаева, conhecida mundialmente como Evgenia Kanaeva, (2 de abril de 1990, Omsk, União Soviética) é uma ex-ginasta russa, que competiu em provas da ginástica rítmica, bicampeã olímpica em Pequim 2008 e Londres 2012, tricampeã mundial e pentacampeã europeia do concurso geral. Considerada a ginasta mais bem sucedida na história da modalidade, pela quantidade de medalhas de ouro conquistadas em competições oficiais da Federação Internacional de Ginástica, Kanaeva detém um total de dezoito medalhas em Campeonatos Mundiais de Ginástica Rítmica, sendo dezessete de ouro e uma de prata.[1]

Yevgeniya Kanayeva
Евгения Канаева
Evgenia Kanaeva Grand Prix 2012 in Austria
Informações pessoais
Nome completo Yevgeniya Olegovna Kanayeva
Apelido Zhenya
Modalidade Ginástica rítmica
Representante Rússia
Nascimento 2 de abril de 1990 (31 anos)
Omsk, Oblast de Omsk,RSFS Russa,
 União Soviética
Nacionalidade Rússia russa
Compleição Peso: 43 kg Altura: 1,68 m
Nível sênior
Treinador Irina Viner
Coreógrafo Veronika Shatkova
Clube Gasprom
Período em atividade 1996 - 2012

Kanaeva foi a primeira atleta da modalidade a conquistar todos os ouros possíveis em uma única edição de um Campeonato Mundial de Ginástica Rítmica em 2011 e a primeira a ganhar os três ouros da disputa individual geral de um ciclo olímpico.[2] Ao longo da carreira, conquistou um total de 78 medalhas de ouro, somente em competições internacionais.[2]

Em sua primeira participação olímpica, na edição de 2008, realizada em Pequim, Kanaeva conquistou a medalha de ouro no Individual Geral, sendo a terceira russa a conquistar tal título.[3] Na edição de Londres dos jogos, em 2012, Kanaeva mais uma vez conquistou o título olímpico do individual geral, tornando-se a primeira ginasta rítmica a realizar tal feito.[4]

BiografiaEditar

Filha de Svetlana Kanaeva, uma ex-ginasta rítmica, e de Oleg Kanayev, um treinador de luta greco-romana, Yevgeniya Olegovna Kanayeva iniciou na ginástica aos seis anos em 1996[5]. O seu primeiro evento internacional foi em 1996.[5]

Em 2002, aos 12 anos de idade Yevgenia mudou-se da sua cidade-natal de Omsk, na Sibéria, para se juntar ao centro de treino de ginástica rítmica de Novogorsk, sede da equipe russa, Gasprom, onde as suas treinadoras foram Elena Arajs, Vera Shtelbauns e Irina Viner.

Logo após ganhar duas olimpíadas seguidas (em: Pequim 2008 e Londres 2012) e após anunciar que iria retirar-se da modalidade, no dia 04 de dezembro de 2012, Evgenia Kanaeva ganhou o cargo de vice-presidente da Federação Russa de Ginástica Rítmica.

Carreira como ginastaEditar

Em 2006, a ginasta disputou a sua primeira Copa do Mundo de Ginástica Rítmica, em Portimão no Portugal,[5] na qual conquistou a sua primeira medalha de ouro nas maças,[5] além de uma medalha de prata na fita e a sexta posição na corda.[5] Na etapa de Corbeil-Essonnes, na França, conquistou mais uma medalha de ouro, agora na bola, com a nota 16,350.[5] Também atingiu sua segunda medalha de prata na fita e dois quartos lugares nas maças e na corda.[5] Na "Final da VII Copa do Mundo de 2006" realizada em Mie no Japão, sem atingir notas para medalhas, ficou com dois quintos lugares nas maças e na fita.[5]

 
Kanaeva se apresentando com a bola em 2009.

Em 2007, no ano seguinte, na etapa de Liubliana na Eslovênia, conquistou a medalha de prata nas maças[5] e a medalha de bronze na corda.[5] Em março de 2007, na etapa de Kiev na Ucrânia, conquistou a medalha de prata na fita após atingir a nota 17,550.[5] Nas finais da corda e do aro encerrou nas quartas posições.[5] No individual geral, ficou com a terceira posição ao totalizar 68350 pontos.[5] Dois meses mais tarde, disputou a etapa de Corbeil-Essonnes na França, na qual conquistou três medalhas de ouro:[5] na fita, no aro e na corda. Nas maças terminou na quinta posição.[5]

Em março de 2008, disputou a etapa de Kiev, na qual conquistou a medalha de prata nas maças e duas medalhas de bronze na corda e no aro.[5] No mês de abril de 2008, disputou a etapa de Maribor na, Eslovênia e conquistou medalhas nas quatro provas disputadas, três ouros: nas maças, com a nota 18,375,[5] na corda com a nota 18,775,[5] e na fita com a nota 18,700,[5] e também uma medalha de prata no aro.[5] No mesmo mês, na etapa de Portimão em Portugal, conquistou quatro medalhas de ouro, todas nas provas individuais por aparelhos: nas maças totalizou 18,900,[5] na fita, 18,600,[5] no aro, 18,750,[5] e na corda, 18,750.[5] Em maio, na etapa em Corbeil-Essonnes na França, continuou a prevalecer nas provas individuais, nas quais conquistou três medalhas de ouro, nas maças com a nota 18,950,[5] no aro com a nota 18,825,[5] e na corda com a nota 18,800[5] e também uma de prata na fita após somar 18,250[6], perdendo apenas para a ucraniana Anna Bessonova, que encerrou com a nota 18,800.[6] Mais adiante, em julho, na cidade de Astana, no Cazaquistão, conquistou mais duas medalhas de ouro, novamente nas maças, com a nota 18,900,[5] e no aro, com a nota 18,575,[5], e duas medalhas de prata na fita com a nota 18,475,[5] e na corda, com a nota 18,550,[5], ficando atrás de sua compatriota Vera Sessina em ambas as provas. Ainda no mês de julho, disputando em Irkutsk, na Rússia, conquistou quatro medalhas de ouro, todas individuais, uma por aparelho.[5]

Em campeonatos europeus, a estreia da atleta foi em 2007. No final do mês de junho de 2007, disputou o Campeonato Europeu de Ginástica Rítmica em Baku no Azerbaijão. Na fase de classificação ficou com a primeira posição com a nota 18,000 na fita.[5] Na final conseguiu manter a liderança, e com a nota 18,275, ficou com a medalha de ouro no aparato, que foi a sua primeira medalha europeia como uma atleta sênior (maior).[5]

Em 2008, pouco antes de disputar os Jogos Olímpicos em Pequim, foi disputar a grande final do Campeonato Europeu de Ginástica Rítmica na cidade de Turim na Itália. Lá, conquistou a medalha de ouro no individual geral, com a nota 75,725.[5]

Saída da ginásticaEditar

Em 04 de dezembro de 2012, anunciou a sua saída oficial da ginástica rítmica; pois afirmava que para ser campeã tem que se dedicar todo o dia integralmente, e ela optou por parar no topo como uma bicampeã olímpica.

TreinadoraEditar

Desde fevereiro de 2020, Kanaeva tem trabalhado como treinador para novas ginastas russas.

Campeonato Mundial de Ginástica RítmicaEditar

Patras 2007Editar

O seu primeiro campeonato mundial foi na cidade de Patras na Grécia. Ao contrário da maioria das competições onde priorizou as provas individuais, acabou não disputando muitos eventos, porém ajudou junto com Alina Kabaeva, Vera Sessina e Olga Kapranova, a Rússia a ficar com a medalha de ouro na competição por equipes com nota 183,050[7], contra 168,775 da Bielorrússia.[7] ficou com a quarta posição na fita, mas como as suas compatriotas Vera Sessina e Olga Kapranova ficaram na sua frente, ela não poderia disputar a final, já que apenas duas representantes de cada país podem disputar a final em cada aparelho.

Mie 2009Editar

Em sua segunda participação em mundiais, Kanayeva entrou para história como a primeira ginasta a conquistar seis medalhas de ouro em mundiais de ginástica rítmica. Venceu as provas individuais de corda, arco, bola e fita, o individual geral e a competição por equipes, ao lado de Daria Kondakova, Daria Dmitrieva e Olga Kapranova.[8]

Jogos OlímpicosEditar

Pequim 2008Editar

Kanayeva chegou a Pequim como uma das favoritas a conquista da medalha de ouro no individual geral de Pequim. Na fase classificatória já demonstrou o seu favoritismo, ficando com a maior nota em três dos quatro aparelhos.[3]

Na final ficou com a melhor nota em todos os aparelhos, 18,850 na corda, 18,850 no aro, 18,950 nas maças, e 18,850 na fita, somando 75,500 pontos,[3] e encerrando com a medalha de ouro[9], já que a bielorrussa Inna Zhukova ficou com 71,925 pontos, mais de três pontos e meio atrás.

Londres 2012Editar

No evento das olimpíadas de Londres 2012, Kanayeva ganhou medalhe de ouro no individual geral de Londres, se tornando oficialmente uma bicampeã olímpica na modalidade.

InteressesEditar

Enquanto ainda competia, Kanaeva expressou interesse em aprender a desenhar e tocar piano após a sua carreira esportiva. Ela também está interessada em estudar línguas estrangeiras e assuntos relacionados à informática. De acordo com sua mãe, Kanaeva economizava os seus prêmios em dinheiro para uma educação.

Casamento e maternidadeEditar

Em 08 de junho de 2013, Kanaeva se casou com o jogador de hóquei no gelo Igor Musatov, que joga pelo HC Slovan Bratislava da Kontinental Hockey League (KHL).[10][11]

Em agosto de 2013, pouco mais de três meses após o casamento, a sua ex-técnica Irina Viner anunciou oficialmente que Kanayeva estava grávida pela primeira vez.

Em 19 de março de 2014, Kanaeva deu à luz o primeiro filho do casal, um menino chamado: Vladimir Musatov.

Principais resultadosEditar

Ano Evento AA G3+2 G5 GG
2007 Campeonato Europeu 67º  
Campeonato Mundial 123º 4º (Q)  
2008 Campeonato Europeu  
Jogos Olímpicos de Pequim  
2009 Jogos Mundiais        
Campeonato Mundial            
2010 Campeonato Mundial  
(Q)
       
2011 Campeonato Mundial            
2012 Jogos Olímpicos de Londres Ouro
  • Legenda: G3+2 - 3 arcos + 2 maças; G5 - 5 cordas; GG - Grupo Geral; Q - Classificação; — - Não houve a prova.

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Evgenia Kanaeva - FIG Profile». Sport Reference. Consultado em 30 de julho de 2010 
  2. a b «Gymnastics - Evgeniya KANAEVA (Russia)» (em inglês). The Sports. Consultado em 07 de julho de 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  3. a b c «Yevgeniya Kanayeva Biography and Olympic Results». Sports Reference. Consultado em 30 de julho de 2010 
  4. «Kanaeva becomes 1st with 2 Olympic rhythmic titles» (em inglês). NBC Olympics. Consultado em 30 de agosto de 2012 
  5. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab ac ad ae af ag ah ai FIG. «Perfil no site da FIG» 🔗. Consultado em 5 de Dezembro de 2008. Arquivado do original em 21 de outubro de 2013 
  6. a b FIG. «Results List». Consultado em 5 de Dezembro de 2008 [ligação inativa]
  7. a b FIG. «Results List». Consultado em 5 de Dezembro de 2008 [ligação inativa]
  8. UOL. «Kanaeva vence individual geral, leva 6º ouro e faz história no Mundial de GRD». Consultado em 11 de setembro de 2009 
  9. Globo esporte (23 de Agosto de 2008). «Russa dá show na decisão e conquista a medalha de ouro no individual geral». Consultado em 5 de Dezembro de 2008 
  10. «Wedding of Yevgeniya Kanaeva and Igor Musatov». Russian Personalities (em russo). Consultado em 28 de dezembro de 2020 
  11. «Yevgeniya Kanayeva rhythmic gymnastics star». Beauty will save (em russo). 15 de agosto de 2012. Consultado em 28 de dezembro de 2020 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Yevgeniya Kanayeva