You Can Count on Me

filme de 2000 dirigido por Kenneth Lonergan
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre filme. Para a canção irlandesa, veja You Can Count on Me (canção).
You Can Count on Me
Podes Contar Comigo (PRT)
Conte Comigo (BRA)
 Estados Unidos
2000 •  cor •  109 min 
Direção Kenneth Lonergan
Roteiro Kenneth Lonergan
Elenco Laura Linney
Mark Ruffalo
Matthew Broderick
Rory Culkin
Jon Tenney
Amy Ryan
Género drama
Idioma inglês

You Can Count on Me (Brasil: Conte Comigo /Portugal: Podes Contar Comigo)[1][2] é um filme americano de 2000, do gênero drama, dirigido por Ken Lonergan e estrelado por Laura Linney, Mark Ruffalo e Matthew Broderick.

O filme e suas recebeu críticas altamente positivas entre os críticos e dezenas de indicações e prêmios em festivais de cinema e durante a temporada de premiações ,incluindo duas indicações ao Oscar.[3][4]

SinopseEditar

Dois irmãos, já adultos e órfãos desde quando eram crianças, se reúnem em uma casa deixada por seus pais para eles, em Nova York. Sammy (Laura Linney) é uma mulher organizada, que trabalha em um banco e precisa cuidar sozinha de seu filho de 8 anos. Já seu irmão, Terry (Mark Ruffalo) é exatamente o oposto: auto-destrutivo, desorganizado e temperamental. Mas quando eles voltam a morar juntos, precisam aprender a lidar com os defeitos uns dos outros para poder mais uma vez formar uma família.

ElencoEditar

RecepçãoEditar

You Can Count on Me recebeu críticas altamente positivas dos críticos. Ele tem uma classificação de aprovação de 95% no Rotten Tomatoes ,com base em 103 avaliações, com uma classificação média de 8,1 de 10. O consenso crítico do site declara: "Você pode contar comigo pode parecer que pertence à tela pequena, mas o filme surpreende com sua história simples, mas comovente. Com uma bela atuação e criação, o filme simplesmente atrai você."[3] O filme também tem uma pontuação de 85 em 100 no Metacritic ,com base em 31 críticos, indicando "aclamação universal".[5]

De acordo com Roger Ebert o filme é comovente pelo fato de ser "um filme sobre pessoas que vivem o dia a dia com seus planos, medos e desejos. É raro obter um bom filme sobre o delicado relacionamento adulto de uma irmã e um irmão. Mais raro ainda é o diretor ser mais fascinado pelo processo do que pelo resultado. Este é um dos melhores filmes do ano."[6] O Entertainmet deu nota "A" ao filme o chamando de "Bonito, compassivo e bem articulado.[7] O comentarista da Magazine o chamou de "um drama cômico e bem observado sobre os laços familiares e a luta para encontrar um senso de propósito."[8]

ElogiosEditar

Em uma pesquisa da BBC de 2016 , You Can Count On Me foi votado como um dos maiores filmes desde do ano de 2000.[9]


Oscar (2001)[4]
Globo de Ouro (2001)[10]
  • Indicado: Melhor Atriz de Drama (Laura Linney)
  • Indicado: Melhor Roteiro.
Independent Spirit (2001)[11]

Referências

  1. «Conte Comigo», Adoro Cinema, consultado em 11 de julho de 2019 
  2. «Podes Contar Comigo», SAPO, consultado em 11 de julho de 2019 
  3. a b You Can Count On Me (2000) (em inglês), consultado em 2 de junho de 2020 
  4. a b «Academy announces Oscar nominations». CNN. 13 de fevereiro de 2001. Consultado em 11 de julho de 2019 
  5. You Can Count on Me, consultado em 2 de junho de 2020 
  6. Ebert, Roger. «You Can Count on Me movie review (2000) | Roger Ebert». https://www.rogerebert.com/ (em inglês). Consultado em 2 de junho de 2020 
  7. «You Can Count on Me - Review». EW.com (em inglês). Consultado em 2 de junho de 2020 
  8. «Going Pro: Sundance 2000». Film Comment (em inglês). Consultado em 2 de junho de 2020 
  9. «The 21st Century's 100 greatest films: Who voted?». www.bbc.com (em inglês). Consultado em 2 de junho de 2020 
  10. Gray, Tim; Schneider, Michael (21 de dezembro de 2000). «Globes toss toga party». Variety (em inglês). Consultado em 11 de julho de 2019 
  11. Munoz, Lorenza (11 de janeiro de 2001). «Four Independent Films Dominate Spirit Nominations». Los Angeles Times (em inglês). ISSN 0458-3035. Consultado em 11 de julho de 2019 

Ligações externasEditar