Zach LaVine

basquetebolista estadunidense

Zachary "Zach" LaVine (Renton, 10 de março de 1995) é um jogador norte-americano de basquete profissional que atualmente joga pelo Chicago Bulls na National Basketball Association (NBA).[1]

Zach LaVine
Zach LaVine (51914891613).jpg
LaVine em 2022.
Informações pessoais
Nome completo Zachary LaVine
Data de nasc. 10 de março de 1995 (27 anos)
Local de nasc. Renton, Washington, Estados Unidos
Altura 6 ft 5 in (1.96 m)
Peso 200 lb (91 kg)
Apelido Young Hollywood, Flight 8
Informações no clube
Clube atual Chicago Bulls
Número 8
Posição Ala-armador
Clubes de juventude
2013–2014 UCLA
Clubes profissionais
Ano Clubes Partidas (pontos)
2014–2017
2017–Presente
Minnesota Timberwolves
Chicago Bulls
206 (2.817)
252 (6.170)
Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Tokyo 2020 Basquete Masculino

Ele jogou basquete universitário no UCLA Bruins e foi selecionado pelo Minnesota Timberwolves como a 13ª escolha geral no Draft da NBA de 2014.

Primeiros anosEditar

LaVine nasceu em Renton, Washington. Seu pai, Paul, jogou futebol americano profissionalmente na United States Football League (USFL) e na National Football League (NFL), e sua mãe, CJ, jogava softball.[2][3] Por volta dos cinco anos de idade, LaVine desenvolveu um interesse no basquete depois de assistir Michael Jordan no Space Jam.[4] Mais tarde, ele se tornou fã de Kobe Bryant e modelou seu jogo pelo seu ídolo de infância.[5]

LaVine praticava no quintal da família, onde seu pai emulava a linha de três pontos da NBA. Ele frequentou a Bothell High School em Bothell, Washington jogando de armador. Em seu primeiro ano do ensino médio, ele havia atingido 1,91 m e praticava enterradas durante horas em seu quintal.

Em seu último ano, ele obteve médias de 28,5 pontos, 3,4 rebotes e 2,5 assistências e foi nomeado o Jogador do Ano da Associated Press em Washington e o Sr. Basketball de Washington.

Considerado um recruta de quatro estrelas pela Rivals.com, LaVine foi listado como o 12° melhor Ala-armador e o 44° melhor jogador do país em 2013.[6]

Carreira universitáriaEditar

Em 20 de junho de 2012, LaVine se comprometeu verbalmente com a UCLA para jogar sob o comando do treinador Ben Howland.[7] Depois que Howland foi demitido nove meses depois, LaVine considerou ir para a Universidade de Washington. No entanto, ele decidiu permanecer na UCLA devido ao carinho herdado de seu pai, que cresceu fã dos Bruins enquanto crescia em San Bernardino, Califórnia.[8]

 
LaVine arremessando contra Stanford em 2014

Depois de um forte início na temporada de 2013-14 como o sexto homem da equipe, apresentando uma impressionante exibição de arremessos e enterradas explosivos, LaVine evocou lembranças do início de Russell Westbrook. Os especialistas em draft da NBA começaram a classificar LaVine em suas projeções para o draft da NBA de 2014 se ele se declarasse elegível.

Ele teve média de 9,4 pontos durante a temporada, o quarto melhor da equipe, e seus 48 arremessos de três pontos foi a segunda maior marca por um calouro na história da universidade.[9] No entanto, LaVine não alcançou dois dígitos no placar em 14 dos 18 jogos finais, somando apenas 11 pontos nos cinco últimos jogos.

Em 16 de abril de 2014, ele se declarou o draft da NBA, renunciando aos seus últimos três anos de elegibilidade universitária.[10][11]

Carreira profissionalEditar

Minnesota Timberwolves (2014-2017)Editar

Temporada de 2014-15Editar

Em 26 de junho de 2014, LaVine foi selecionado pelo Minnesota Timberwolves como a 13ª escolha geral no draft da NBA de 2014. Os Timberwolves o selecionaram mais por seu potencial a longo prazo do que por retornos imediatos.[12] Em 8 de julho de 2014, ele assinou seu contrato de novato com a equipe.[13]

Nos cinco primeiros jogos da temporada de 2014-15, LaVine jogou um total de 12 minutos. Quando uma lesão no tornozelo afastou o titular Ricky Rubio por tempo indeterminado, ele se tornou o titular.[14] Depois de voltar ao banco de reservas, LaVine marcou 28 pontos em uma vitória por 120-119 sobre o Los Angeles Lakers em 28 de novembro. Ele se tornou o segundo jovem na NBA a ter pelo menos 25 pontos e cinco assistências como reserva. Ele voltou à equipe titular depois que espasmos nas costas afastaram Mo Williams.[15] Em 6 de dezembro, contra o San Antonio Spurs, LaVine fez seu primeiro duplo-duplo com 22 pontos e 10 assistências.[16] Ele se tornou o quarto jogador jovem a registrar um jogo de 20 pontos e 10 assistências na NBA.

Rubio voltou em fevereiro de 2015 e LaVine teve uma queda no tempo de jogo. No entanto, Mo Williams foi negociado naquele mês para abrir mais oportunidades para ele.[17] LaVine venceu o Slam Dunk Contest durante o All-Star Weekend de 2015. Ele se tornou o campeão mais jovem desde Kobe Bryant, de 18 anos, em 1997.[18] LaVine se tornou o favorito do público após sua primeira enterrada aonde usava a camisa 23 de Jordan no Space Jam.[19]

Em 11 de abril, LaVine teve o melhor jogo da temporada com 37 pontos e nove rebotes em uma derrota para o Golden State Warriors.[20] Na temporada, ele disputou 77 jogos, sendo titular em 40, e teve média de 10,1 pontos, 2,8 rebotes e 3,6 assistências. Posteriormente, ele foi nomeado para a Segunda-Equipe de Novatos da NBA.[21]

Temporada de 2015-16Editar

 
LaVine (meio) defendendo contra o Cleveland Cavaliers em 2016

Em 21 de outubro de 2015, os Timberwolves exerceram sua opção de renovação no contrato de novato de LaVine, estendendo o contrato até a temporada de 2016-17.[22] Com Ricky Rubio afastado no início de novembro, LaVine assumiu o papel de titular e aproveitou o aumento de minutos.

Em 13 de novembro, ele marcou 26 pontos em uma derrota para o Indiana Pacers. Em 13 de dezembro, ele marcou 28 pontos em uma derrota para o Phoenix Suns.

Em 25 de janeiro de 2016, durante uma derrota por 114-107 para o Cleveland Cavaliers, LaVine, Karl-Anthony Towns e Andrew Wiggins se tornaram o primeiro trio de companheiros de equipe com menos de 21 anos a marcar pelo menos 20 pontos no mesmo jogo.[23][24]

Em 27 de janeiro, ele marcou 35 pontos contra o Oklahoma City Thunder, um recorde da franquia para um jogador vindo do banco.

Durante o All-Star Weekend de 2016, LaVine marcou 30 pontos para o Team USA no Rising Stars Challenge e conquistou o prêmio de MVP.[25] Ele também se tornou o quarto jogador a vencer o Slam Dunk Contest por duas vezes. Sua batalha contra Aaron Gordon nas rodadas finais fizeram nascer comparações com o confronto entre Jordan e Dominique Wilkins em 1988.[26]

Temporada de 2016-17Editar

Em 24 de outubro de 2016, os Timberwolves exerceram sua opção renovação no contrato de novato de LaVine, estendendo o contrato até a temporada de 2017-18.[27]

Em 9 de novembro, ele fez 37 pontos em uma vitória de 123-107 sobre o Orlando Magic. Em 23 de dezembro, ele marcou 40 pontos com uma derrota de 109-105 contra o Sacramento Kings.

Em 4 de fevereiro de 2017, LaVine foi descartado pelo resto da temporada depois que uma ressonância magnética revelou que ele tinha uma lesão do ligamento cruzado no joelho esquerdo.[28] Dez dias depois, ele foi submetido a uma cirurgia bem-sucedida para reconstruir o joelho.[29]

Chicago Bulls (2017–Presente)Editar

Temporada de 2018-19Editar

Em 22 de junho de 2017, LaVine foi negociado, juntamente com Kris Dunn e os direitos de Lauri Markkanen (a 7ª escolha no draft de 2017), para o Chicago Bulls em troca de Jimmy Butler e os direitos de Justin Patton (a 16ª escolha no draft de 2017).[30]

Em 13 de janeiro de 2018, em seu primeiro jogo em 11 meses, LaVine marcou 14 pontos na vitória por 107-105 sobre o Detroit Pistons. Em 9 de fevereiro, ele marcou 35 pontos em uma vitória de 114-113 sobre o seu ex-time, o Minnesota Timberwolves.

Em 6 de julho de 2018, o agente livre restrito LaVine recebeu uma oferta de quatro anos no valor de US $ 80 milhões do Sacramento Kings.[31] Dois dias depois, os Bulls exerceram seu direito de preferência e igualou a ofertas dos Kings.[32]

LaVine marcou pelo menos 30 pontos em cada um dos três primeiros jogos dos Bulls da temporada, tornando-se o terceiro jogador de Chicago a fazer isso, juntando-se a Michael Jordan (1986) e Bob Love (1971).[33]

Em 5 de novembro, ele marcou 41 pontos, incluindo o lance livre vencedor de jogo com 0,2 segundos restantes, quando os Bulls venceram o New York Knicks por 116-115 após duas prorrogações. Em 10 de novembro, ele marcou 24 pontos em uma vitória de 99-98 sobre o Cleveland Cavaliers, marcando 20 ou mais pontos em cada um dos primeiros 13 jogos de Chicago na temporada. O último jogador dos Bulls a marcar mais de 20 pontos em 14 jogos consecutivos foi Jimmy Butler, que fez 15 vezes seguidas em 2016.[34]

Em 26 de dezembro, depois de perder cinco jogos com uma torção no tornozelo esquerdo, LaVine fez 28 pontos em 26 minutos em uma derrota por 119-94 para os Timberwolves. Em 23 de fevereiro de 2019, ele marcou 42 pontos em uma vitória de 126-16 sobre o Boston Celtics. Em 1º de março, ele marcou 47 pontos em uma vitória após 4 prorrogações sobre o Atlanta Hawks por 168-161, esse foi o terceiro jogo de maior pontuação da história da NBA. LaVine perdeu o final da temporada com lesões na perna direita.[35]

Em 23 de novembro de 2019, LaVine marcou 49 pontos, o recorde da carreira, incluindo a cesta da vitória para derrotar o Charlotte Hornets por 116-115.[36] Em 25 de janeiro de 2020, ele registrou 44 pontos, dez rebotes e oito assistências na vitória por 118–106 sobre o Cleveland Cavaliers.[37] Em 11 de fevereiro, ele registrou 41 pontos e nove rebotes em uma derrota por 126-114 para o Washington Wizards.[38] Em 25 de fevereiro, LaVine marcou 41 pontos em uma derrota por 124–122 para o Oklahoma City Thunder.

Temporada de 2019-20Editar

No segundo jogo da temporada de 2019-20, ele marcou 37 pontos na vitória por 110-102 contra o Memphis Grizzlies. Em 23 de novembro, LaVine marcou 49 pontos, com 13 arremessos de três pontos, incluindo a cesta de três pontos da vitória para derrotar o Charlotte Hornets por 116-115.[39] Em 25 de janeiro de 2020, ele registrou 44 pontos, dez rebotes e oito assistências na vitória por 118-106 sobre o Cleveland Cavaliers.[40]

Na temporada de 2019-20, ele teve médias de 25.5 pontos, 4.8 rebotes, 4.2 assistências e 1.5 roubos de bola e foi o artilheiro em 42 dos 65 jogos disputados na temporada encurtada.[41]

Temporada de 2020-21Editar

Em 10 de fevereiro, LaVine marcou 46 pontos na vitória por 129-116 sobre o New Orleans Pelicans.[42] Com as melhores médias da carreira em pontuação e eficiência de arremessos, ele foi nomeado como reserva para o All-Star Game da NBA de 2021. Foi sua primeira seleção All-Star e o primeiro jogador do Bulls selecionado desde Jimmy Butler em 2017.[43]

No 34º jogo da temporada, LaVine teve seu 17º jogo marcando 30 pontos ou mais.[44] Em 7 de março, ele jogou 28 minutos e marcou 13 pontos durante o All-Star Game.[45] Em 9 de abril, ele marcou 39 de seus 50 pontos no primeiro tempo em uma derrota por 120-108 para o Atlanta Hawks.[46] Na temporada, ele teve média de 27,4 pontos, a sétima melhor média na NBA. Ele também alcançou as melhores médias da carreira em rebotes (5,0), assistências (4,9), arremessos de 3 pontos (41,9%), porcentagem geral de arremessos certos (50,7%) e porcentagem de lances livres certos (84,9%).[47]

Temporada de 2021-22Editar

Na pausa para o All-Star Game, Lavine jogou em 47 dos 59 jogos dos Bulls e estava com médias de 24,6 pontos, 4,9 rebotes e 4,5 assistências.

Carreira na seleçãoEditar

Lavine foi selecionado como um dos jogadores da Seleção Americana que foi para os Jogos Olímpicos de Verão de 2020 em Tóquio. Ele foi um valioso sexto homem e teve média de 10,6 pontos. Antes do jogo da medalha de ouro, ele era o segundo em assistências e estava sendo um defensor sólido.

EstatísticasEditar

LEGENDA
 PJ  Partidas jogadas  PT  Partidas como titular  MPJ  Minutos por jogo  AP  Arremessos de quadra (%)
 3P  Arremessos de 3 pontos (%)  LL  Lances-livre (%)  RT  Rebotes por jogo  AS  Assistências por jogo
 BR  Roubos de bola por jogo  TO  Tocos por jogo  PPJ  Pontos por jogo  Negrito  Melhor da carreira

NBAEditar

Temporada regularEditar

Ano Equipe PJ PT MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2014–15 Minnesota 77 40 24.7 .422 .341 .842 2.8 3.6 .7 .1 10.1
2015–16 Minnesota 82 33 28.0 .452 .389 .793 2.8 3.1 .8 .2 14.0
2016–17 Minnesota 47 47 37.2 .459 .387 .836 3.4 3.0 .9 .2 18.9
2017–18 Chicago 24 24 27.3 .383 .341 .813 3.9 3.0 1.0 .2 16.7
2018–19 Chicago 63 62 34.5 .467 .374 .832 4.7 4.5 1.0 .4 23.7
2019–20 Chicago 60 60 34.8 .450 .380 .802 4.8 4.2 1.5 .5 25.5
2020–21 Chicago 58 58 35.1 .507 .419 .849 5.0 4.9 .8 .5 27.4
Carreira 411 324 31.6 .448 .375 .823 3.9 3.7 .9 .3 19.4

UniversitárioEditar

Ano Equipe PJ PT MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2013–14 UCLA 37 1 24.4 .441 .375 .691 2.5 1.8 .9 .2 9.4

Fonte:[48][49]

Referências

  1. «Official NBA bio of Zach LaVine». NBA.com (em inglês). Consultado em 24 de setembro de 2019 
  2. «Zach LaVine - Men's Basketball». UCLA (em inglês). Consultado em 24 de setembro de 2019 
  3. Kelley, Mason. «Bothell's Zach LaVine shoots for the top | Boys Basketball». The Seattle Times. Consultado em 24 de setembro de 2019 
  4. Mays, Robert (27 de fevereiro de 2014). «Swinging on the NBA Draft Yo-Yo». Grantland (em inglês). Consultado em 24 de setembro de 2019 
  5. «Three Questions With Zach LaVine». Minnesota Timberwolves (em inglês). Consultado em 24 de setembro de 2019 
  6. «Zach LaVine, 2013 Shooting guard - Rivals.com». n.rivals.com. Consultado em 24 de setembro de 2019 
  7. Patroclus (21 de junho de 2012). «Zach LaVine - UCLA Basketball's First 2013 Commitment». Bruins Nation (em inglês). Consultado em 24 de setembro de 2019 
  8. «UCLA basketball notes: Zach LaVine shaking off slump in time for Washington homecoming». Daily News (em inglês). 5 de março de 2014. Consultado em 24 de setembro de 2019 
  9. «UCLA Basketball Announces Year-End Honors at Team Banquet». UCLA (em inglês). Consultado em 24 de setembro de 2019 
  10. «UCLA's Zach LaVine Declares for NBA Draft». UCLA (em inglês). Consultado em 24 de setembro de 2019 
  11. «UCLA freshman Zach LaVine to declare for NBA draft». Daily News (em inglês). 28 de março de 2014. Consultado em 24 de setembro de 2019 
  12. «Tracking UCLA's first-round NBA picks in 2014». Los Angeles Times (em inglês). 20 de dezembro de 2014. Consultado em 24 de setembro de 2019 
  13. «Timberwolves Sign First-Round Pick Zach LaVine». Minnesota Timberwolves (em inglês). Consultado em 24 de setembro de 2019 
  14. «Wolves place trust in LaVine». Star Tribune. Consultado em 24 de setembro de 2019 
  15. «Williams out, Muhammad intends to play vs. Warriors». Star Tribune. Consultado em 24 de setembro de 2019 
  16. «Spurs handle Wolves smoothly». Star Tribune. Consultado em 24 de setembro de 2019 
  17. Andy Greder | agreder@pioneerpress. com | Pioneer Press (27 de fevereiro de 2015). «Timberwolves' Zach LaVine recognizes ins, outs of playing time». Twin Cities (em inglês). Consultado em 24 de setembro de 2019 
  18. «Zach LaVine explodes on national stage, wins 2015 Sprite Slam Dunk». sports.yahoo.com (em inglês). Consultado em 24 de setembro de 2019 
  19. Zach LaVine Throws Down the Space Jam Dunk: 2015 Sprite Slam-Dunk Contest, consultado em 24 de setembro de 2019 
  20. Zach LaVine Shines Scoring Career-High 37-Points, consultado em 24 de setembro de 2019 
  21. «Wiggins, LaVine win NBA rookie team honors». Star Tribune. Consultado em 24 de setembro de 2019 
  22. «Timberwolves Exercise Team Options on Five Players». Minnesota Timberwolves (em inglês). Consultado em 24 de setembro de 2019 
  23. «LaVine's emergence with Wolves will benefit Wiggins, Towns». Star Tribune. Consultado em 24 de setembro de 2019 
  24. «Timberwolves vs. Cavaliers - Game Recap - January 25, 2016 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 24 de setembro de 2019 
  25. «LaVine anchors U.S. in Rising Stars Challenge». ESPN.com (em inglês). 13 de fevereiro de 2016. Consultado em 24 de setembro de 2019 
  26. «LaVine slams Gordon, repeats as dunk champion». ESPN.com (em inglês). 14 de fevereiro de 2016. Consultado em 24 de setembro de 2019 
  27. «Timberwolves Exercise Team Options on Four Players». Minnesota Timberwolves (em inglês). Consultado em 24 de setembro de 2019 
  28. «Wolves Zach LaVine out for season with ACL tear in left knee». Star Tribune. Consultado em 24 de setembro de 2019 
  29. «Zach LaVine Surgery Update». Minnesota Timberwolves (em inglês). Consultado em 24 de setembro de 2019 
  30. «Bulls acquire Dunn, LaVine and Markkanen from Minnesota». Chicago Bulls (em inglês). Consultado em 24 de setembro de 2019 
  31. reports, From NBA Twitter and media. «Reports: Bulls to match Kings' offer sheet for Zach LaVine». NBA.com (em inglês). Consultado em 24 de setembro de 2019 
  32. «Bulls retain LaVine». Chicago Bulls (em inglês). Consultado em 24 de setembro de 2019 
  33. «Bulls vs. Mavericks - Game Recap - October 22, 2018 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 24 de setembro de 2019 
  34. «Cavaliers vs. Bulls - Game Recap - November 10, 2018 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 24 de setembro de 2019 
  35. «76ers vs. Bulls - Game Recap - April 6, 2019 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 24 de setembro de 2019 
  36. «LaVine scores 49, hits winner day after benching». ESPN.com (em inglês). 24 de novembro de 2019. Consultado em 13 de fevereiro de 2021 
  37. Collier, Jamal. «3 takeaways from the Bulls' 118-106 win over the Cavaliers, including Zach LaVine scoring 44 points and just missing his 1st career triple-double». chicagotribune.com. Consultado em 13 de fevereiro de 2021 
  38. «Zach LaVine dazzles with fifth 40-point game this season as Bulls fall to Wizards». www.nba.com. Consultado em 13 de fevereiro de 2021 
  39. «LaVine scores 49, hits winner day after benching». ESPN.com (em inglês). 24 de novembro de 2019. Consultado em 24 de fevereiro de 2022 
  40. Collier, Jamal. «3 takeaways from the Bulls' 118-106 win over the Cavaliers, including Zach LaVine scoring 44 points and just missing his 1st career triple-double». chicagotribune.com. Consultado em 24 de fevereiro de 2022 
  41. «Zach LaVine 2019-20 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 24 de fevereiro de 2022 
  42. «New Orleans Pelicans vs Chicago Bulls Feb 10, 2021 Game Summary | NBA.com». www.nba.com. Consultado em 24 de fevereiro de 2022 
  43. Prince, Jamal Collier, DeAntae. «Zach LaVine selected as an NBA All-Star reserve: 'It's very fulfilling.' He's the 1st Chicago Bulls player picked since Jimmy Butler.». chicagotribune.com. Consultado em 24 de fevereiro de 2022 
  44. «Chicago Bulls vs New Orleans Pelicans Mar 3, 2021 Game Summary | NBA.com». www.nba.com. Consultado em 24 de fevereiro de 2022 
  45. «Team LeBron vs Team Durant Mar 7, 2021 Box Scores | NBA.com». www.nba.com. Consultado em 24 de fevereiro de 2022 
  46. «Chicago Bulls vs Atlanta Hawks Apr 9, 2021 Game Summary | NBA.com». www.nba.com. Consultado em 24 de fevereiro de 2022 
  47. «Zach LaVine sees brighter days ahead: "I love it here in Chicago... I'm very excited for the future."». Chicago Bulls (em inglês). Consultado em 24 de fevereiro de 2022 
  48. «Zach LaVine Stats». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 24 de setembro de 2019 
  49. «Zach LaVine College Stats». College Basketball at Sports-Reference.com (em inglês). Consultado em 13 de fevereiro de 2021 
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Zach LaVine