Zazá

telenovela brasileira
Disambig grey.svg Nota: Para o cantor sertanejo, veja Zazá (cantor). Para o filme com Gloria Swanson, veja Zaza (filme de 1923).

Zazá é uma telenovela brasileira produzida e exibida no horário das 19 horas pela Rede Globo, entre 5 de maio de 1997 e 9 de janeiro de 1998, em 215 capítulos,[3] substituindo Salsa e Merengue e sendo substituída por Corpo Dourado.[4] Foi a 55ª "novela das sete" exibida pela emissora.

Zazá
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero Comédia romântica
Duração 50 minutos
Criador(es) Lauro César Muniz[1]
País de origem Brasil
Idioma original português
Produção
Diretor(es) Jorge Fernando
Elenco Fernanda Montenegro[2]
Ney Latorraca[2]
Letícia Spiller[2]
Marcello Novaes[2]
Deborah Secco[2]
Cecil Thiré[2]
Fafy Siqueira[2]
Elenco[2]
Tema de abertura Dona Doida (Rita Lee)[1]
Exibição
Emissora original Rede Globo
Formato de exibição 480i (SDTV)
Transmissão original 5 de maio de 1997[1]9 de janeiro de 1998[1]
Episódios 215[1]
Cronologia
Salsa e Merengue
Corpo Dourado

Foi escrita por Lauro César Muniz, Aimar Labaki e Rosane Lima, tendo a direção de Jorge Fernando, Marcelo Travesso e Alexandre Boury. A direção geral foi também de Jorge Fernando.

Contou com Fernanda Montenegro, Paulo Goulart, Ney Latorraca, Nathália Timberg, Marcello Novaes, Letícia Spiller, Cecil Thiré, Fafy Siqueira, Antônio Calloni, Julia Lemmertz, Alexandre Borges, Vanessa Lóes e Jorge Dória nos papéis principais.

SinopseEditar

A trama conta a história da septuagenária Marisa Dumont, a Zazá, uma socialite milionária com espirito arrojado, que cresceu ouvindo da mãe que é filha do inventor Alberto Santos Dumont, o velho amigo e confidente, o Brigadeiro confirma o parentesco, a mãe de Zazá conheceu o jovem Alberto no carnaval de Petrópolis em 1924, nem todos acreditam, a história não registra que Santos Dumont teve filhos, o fato é que Zazá tem o mesmo caráter visionário e o sonho de revolucionar a aviação. No primeiro capitulo em Paris, 1994 a protagonista de bigode e vestida de Santos Dumont, voa em torno da torre Eiffel, numa réplica do 14 BIS, a intenção é provocar um impacto publicitário maior, chamando a atenção para o projeto que tem em mãos de um avião atômico, convocando a imprensa para a coletiva de lançamento do projeto num evento na Ilha Fiscal no Rio de Janeiro e com isso, atrair investidores do mundo inteiro para a realização de seu sonho.

O projeto revolucionário para construção de um avião que tem o nome sugestivo “Decola Brasil”, foi entregue a Zazá por um rapaz em Paris e depois teve o parecer de um cientista Russo, confirmando a veracidade. O projeto que foi inspirado em um projeto de Santos Dumont nasceu na União Soviética por um grupo de cientistas do mundo todo, com o fim da União Soviética o projeto se perdeu, sendo dividido em duas partes um grupo de cientista ficou na Europa com uma parte e o outro grupo ficou nos Estados Unidos com a outra metade.

Casada com Ângelo (seu segundo marido) que sempre tolheu o espírito empreendedor da mulher, o empresário viveu à sombra do dinheiro dela (herança do primeiro marido, um piloto acrobático morto num acidente aéreo) os devaneios da aviadora se contrapõe ao racionalismo da família.

Ela separa de Ângelo quando descobre que ele mantinha um relacionamento extraconjugal com Tereza há 50 anos, e que tem um filho “genial”, comparado aos filhos de Zazá, que o Ângelo chama de imbecis durante uma discussão, então ela jura para o marido que irá torna-los competentes e independentes. Zazá decide ajudar os sete filhos a encontrar um rumo na vida, mesmo consciente da mediocridade da prole e da incompetência na profissão em que cada um escolheu.

São eles: Do, Re, Mi, Fá, Sol, La, Si.

Dorival- O Doc é o mais velho, sai do emprego no banco para cuidar da parte financeira do empreendimento aeronáutico da mãe, acomodado não vê futuro no que a mãe planeja fazer, torrar o dinheiro da família com um avião movido a energia nuclear. É casado com Dorothy, uma mulher gananciosa e amante da secretária, Mercedes.

Renata é casada com Marcos e mãe de Júnior, personifica o pecado da gula, sendo um desastre na cozinha, o pai monta para ela o restaurante “Petit Santos”, e depois vai apresentar um programa de culinária na televisão.

Milton é cineasta, mas só escreve roteiros medíocres, empregado numa produtora de comerciais, sonha realizar o primeiro filme, separado, a filha adolescente acaba indo morar com ele, apaixona-se por Beatriz.

Fabiana formou-se engenheira aeronáutica para agradar a família, depois foi trabalhar com avião para satisfazer a mãe. É apresentada na coletiva de imprensa como responsável pelo projeto Decola Brasil, porém quer largar tudo depois que casar com o noivo Hugo, já tem o Álvaro como seu protetor, é ele que realiza os projetos por ela no emprego, pois não aprendeu nada na faculdade.

Solano é o que mais preocupa a mãe, a dez anos está na faculdade, preguiçoso passa dias sem levantar da cama.

Lavínia adora designer, fez cursos e mais cursos sem resultado, escultora, manipula músculos masculinos brincando com os modelos vivos para as suas obras.

Sílvia -A Sissi é a mais nova, sonha ser jogadora de futebol, como não tem talento ganha um time de futebol para ser técnica, o “Asas futebol clube”, é patrocinado pelo Decola Brasil, impulsiva personifica o pecado da ira.

Em um voo de asa delta, Zazá enxerga nuvens formarem a figura de 7 anjos e tem uma ideia, encontrar 7 anjos da guarda para encaminhar profissionalmente cada um de seus filhos, em torno do projeto do avião.

O Silas é advogado de Ângelo, mesmo sendo aliados, o ambicioso arma para que o patrão seja afastado dos negócios da família e passa a ajudar Zazá, fingindo-se de bom moço, fazendo ela acreditar que está do seu lado e tendo a confiança plena dos sete filhos, sua intenção é lucrar encima do projeto do avião e impedir que saia do papel.

Convencida pelos filhos Zazá recorre ao Silas para encontrar e organizar o esquema dos sete zelosos protetores para os sete herdeiros. O advogado passa a querer também lucrar com o esquema dos anjos, encontra sete pessoas talentosas, mas com alguma dificuldade e erros cometidos no passado, com o “rabo preso dos anjos”, tendo-os sob o seu controle Silas passa a manipula-los e ameaça-los, obrigando-os a fazer tudo que ele quer, a ideia é que sejam sete sombras responsável pelo trabalho, sem terem os nomes divulgados publicamente, enquanto que os sete pupilos ficam com os louros, recebem todos os méritos.

Zazá só vem descobrir o esquema sujo no meio da história.

Os sete anjos são:

Maria Isabel – com excelente currículo, aceitou a proposta de auxiliar Doc, sendo o cérebro financeiro e administrativo do avião, Isabel fica surpresa ao saber que realizará todas as funções de assessora e receberá um bom salário, mas terá que fingir ser uma simples secretária, assim quem ganha a fama é o Dorival. Silas chantageia Isabel lembrando que ela foi acusada de fazer um grande desfalque na antiga empresa que trabalhou, fazendo ela desviar dinheiro do projeto Decola Brasil para a sua conta na Suíça.

Beatriz- A chef se torna anjo da Renata e acaba sendo chantageada por Silas, quando este coloca as mãos no livro de receitas que o pai da moça deixou, encontrando uma carta na qual a cozinheira revela ter cometido crime de perjúrio, mentiu no tribunal, foi cúmplice do pai sendo álibi falso para salvá-lo da prisão. Aos poucos a pupila Renata se aproveita do talento de Beatriz e das receitas do livro para ganhar projeção como chef.

Roberto Lima- Diretor de longa metragens premiado, com mais de dez filmes no currículo, padecia com a crise do setor, quando foi recrutado para ser anjo, acha que vai apenas auxiliar, mas se vê chantageado por Silas, que detém os negativos dos filmes dele e ameaça queimá-los. A ideia é que ele roteirize e produza o filme e o Milton assina como dono.

Álvaro- Engenheiro de projetos, por já realizar trabalhos de Fabiana no emprego, convence Zazá a contratá-lo para ficar por trás auxiliando a Fa na construção do avião, preferindo ficar sem aparecer para não precisar declarar imposto de renda, além de já trabalhar em outra fábrica, Zazá aceita por achar que a filha tem capacidade em aprender e ficar por dentro de tudo sobre o projeto. Álvaro tem interesses no projeto e é apaixonado por Fabiana.

Maria Olímpia- Luta por justiça no interior do país com uma ONG que denuncia a exploração do trabalho infantil na cidade de Palmas, com o apoio de Zazá busca proteção e influência o Solano a entrar na política, se tornando assessora e cérebro da campanha. Ao se envolver com Vitor cai numa cilada, Silas doa duzentos mil reais para a ONG, e José diretor da ONG, fica com parte desse dinheiro, o vilão que armou tudo ameaça denunciá-los por desvio de dinheiro, sujando o nome da ONG, a ideia é que ela se afaste do Vitor.

Vítor Bulcão- Artista plástico, foi professor da Lavínia, por quem ela tem obsessão, aceita a proposta de auxilia-la do projeto visual do avião, passa por dificuldades financeiras, a três anos atrás se envolveu no assassinato do sócio, a polícia encerrou o caso como acidente, mas Lavínia sabe que não foi, teme que ela o denuncie, por se envolver com Olímpia, a aluna o chantageia e se vinga preparando uma grande exposição usando os quadros dele como se fossem seus.

Pedro Campos- Técnico de futebol desconhecido, apesar de talentoso, a esposa morreu durante o parto e ficou com o filho doente para cuidar, em dificuldades financeira aceita ser o anjo da Sissi, sendo técnico do time, mas ficando na moita sem aparecer, enquanto a garota brilha. Tem um temperamento explosivo, tal qual a sua protegida.

O avião une Zazá ao futuro genro, Hugo que acredita no sucesso do projeto. Há um ano atrás acompanhando Zazá em uma viagem em Paris, ele conheceu Beatriz uma brasileira, filha do cozinheiro de um bistrô, tiveram um único dia de amor, sem falarem nada um sobre o outro, depois nunca mais se viram, e ele não tirou a antiga paixão da cabeça.

Beatriz engravidou, o pai morreu e ela voltou para o Brasil em busca de trabalho como chefe de cozinha francesa. No Rio de Janeiro decide procurar o aviador, tentar reconquistá-lo e apresentar ao filho Daniel, mas a noiva de Hugo, Fabiana descobre o passado do noivo com a cozinheira e o filho, e tenta a qualquer custo impedir do Hugo saber.

Contratada para ser um dos anjos, Beatriz cai nas garras do vilão Silas, que une forças com Fabiana para deixa-la longe do Hugo.

Zazá conhece o misterioso Ulisses, um aviador que a deixa mexida, por lembrar muito o seu primeiro marido. Ulisses é um homem refinado e romântico, que a faz reviver lembranças do antigo amor.

Nos momentos finais, Ângelo revela que Silas é seu filho com a Tereza, cada vez mais desequilibrado, ela tem domínio sobre ele, sendo a mãe, a única pessoa capaz de deter as ameaças do vilão, Tereza volta a trama e se torna a principal antagonista de Zazá, tomando o lugar na fábrica e travando um intenso duelo. Predefinição:Https://memoriaglobo.globo.com/entretenimento/novelas/zaza/

ProduçãoEditar

  • O avião utilizado pela personagem Zazá era de verdade e foi construído especialmente para a novela, numa parceria entre a Globo e a Embraer. Segundo o autor, a principal pretensão da novela era discutir se o Brasil decola ou não[5]. A novela teve cenas gravadas em São José dos Campos na Embraer, dentro da fábrica.
  • A personagem Zazá nasceu em 1924, bem antes da atriz Fernanda Montenegro. A produção da novela pensou em colocar uma peruca na atriz, para que ela ficasse mais velha. Porém recuaram da ideia e deixaram a Fernanda assumir sua própria identidade[6].
  • A princípio, a trama teria 161 capítulos. Porém, como a direção da Globo escolheu Corpo Dourado como substituta tardiamente, não daria tempo de ela estrear naquele mesmo ano. Por esse motivo, o autor Lauro César Muniz teve que acrescentar 54 capítulos a sua história, enquanto a substituta não ficava pronta.[7] A novela teve problemas em termo de audiência, o que o autor considera que foi bem até o capitulo 70, quando ficou cansado e teve que dividir a novela com mais três mãos, não soube coordenar o trabalho dos colaboradores e a novela virou uma colcha de retalhos, tola. a trama que era voltada para o gênero farsa (cômica) passou a ter um tom mais policial.
  • A personagem da Deborah Secco começa a novela gordinha e ao se apaixonar por um homem mais velho, emagrece e fica mais sensual, a atriz tentou engordar mas não conseguiu, então optou por um enchimento e roupas folgadas.
  • O amor na terceira idade retratada na novela é um dos aspectos mais interessantes, os atores sessentões protagonizam triangulo amoroso, caso de amor e brigas. [9]
  • Fernanda Rodrigues foi convidada por Antonio Calmon, para viver uma das protagonistas de Corpo Dourado [10], sucessora de Zazá, e teve que deixar a trama antes do fim, quando a personagem descobre que a irmã Lúcia, com quem disputava o amor de Douglas, está grávida, Valéria decide deixar o caminho livre para os dois, tendo um desfecho antecipado, indo morar no Canadá com a mãe.
  • Leticia Spiller conta que teve uma assessoria culinária por três meses, para ajudar na composição de seu personagem, a chef Beatriz. As aulas com a chef Ana Castilho de culinária francesa aconteceram na casa da atriz, além de livros e aulas de francês complementaram os estudos.[11]
  • A telenovela abordou o tema da luta dos portadores da AIDS por meio da personagem Jacqueline que foi feita pela estreante (Adriana Londoño)[12] se contamina com o HIV, em uma transfusão de sangue. A personagem era par romântico de Solano. No ultimo capitulo (Janeiro de 1998) a atriz Sandra Bréa, aparece no lançamento do livro "Eu e o Vírus" escrito por Jacqueline, e deu um depoimento real, já que também era soropositivo, ela morreria dois anos depois em 2000.
  • O vilão Silas (Ney Latorraca) teria seu castigo apenas no final da novela, porém teve seu desfecho antecipado no capítulo de 21 de outubro de 1997. Segundo o autor, o objetivo era dar novos rumos à trama, além de mostrar acontecimentos fortes antes do final[13]. foragido o vilão Silas volta para o Brasil, se fantasia de Anabela Freire para entrar na empresa da protagonista e matá-la, (Anabela Freire foi uma personagem que marcou o ator Ney Latorraca em outra novela de Lauro Cesar Muniz, Um sonho a mais) Fabiana percebe o disfarce, avisa Hugo e quando Silas está prestes a matar Zazá, a policia aparece e mata o vilão, além de se disfarçar de mulher, Silas também se disfarça de papai Noel para tentar matar a Beatriz.
  • A trama tem inicio no ano de 1994 e no final dá um salto para o réveillon do ano 2000 para 2001, anunciando perspectivas ufanistas para o país/: o Rio de janeiro escolhido sede das olimpíadas em 2008, a cura da AIDS era descoberta e o avião atômico de Zazá Dumont decolava.

ElencoEditar

Ator Personagem
Fernanda Montenegro Mariza Dumont (Zazá)
Ney Latorraca Silas Vasconcelos (Silas Vadan)
Nathalia Timberg Teresa Vasconcelos
Paulo Goulart Ulisses
Cecil Thiré Doc (Dorival Dumont)
Fafy Siqueira Renata Dumont
Antônio Calloni Milton Dumont
Julia Lemmertz Fabiana Dumont
Alexandre Borges Solano Dumont
Vanessa Lóes Lavínia Dumont
Rachel Ripani Sissi (Sílvia Dumont)
Fernando Torres Brigadeiro
Letícia Spiller Beatriz Soffer
Marcello Novaes Hugo Guerreiro
Jorge Dória Angelo Dumont
Reginaldo Faria Roberto
Louise Cardoso Mercedes Hidalgo
Cláudia Ohana Maria Olímpia
Mário Gomes Álvaro
Xuxa Lopes Marina
Paulo Gorgulho Victor
Roberto Bataglin Pedro
Giselle Policarpo Clarinha Dumont
Deborah Secco Dora Meira Dumont
Fernanda Rodrigues Valéria
Juliana Martins Lúcia
Marcos Breda Ro-Ro Pedalada (Ronaldo Hidalgo)
André Valli Marcos
Sylvia Bandeira Dorothy Meira Dumont
Roberto Bontempo José Fernandes
Betty Erthal Jéssica
Luciano Vianna Samuel
Ana Maria Nascimento e Silva Hilda
Eduardo Caldas Jonas
Aracy Cardoso Neusa
Élcio Romar Lua
Leina Krespi Nilda
Fernanda Muniz Marília
Marcelo Barros Júnior
Bernadeth Lyzio Tânia
Daniel Marinho Luís
Paulo Ascenção Paulinho
David Cardoso Jr. Douglas
Adriana Londoño Jacqueline Dumont
Sueli Oliveira Isabel

Elenco de apoio[2]Editar

Ator Personagem
Jorge Fernando Gastão
Hilda Rebello Castorina
Sandra Bréa Ela mesma

AudiênciaEditar

Teve média geral de 31 pontos.

Trilha sonoraEditar

Trilha sonora nacionalEditar

Capa: logotipo da novela

  1. "Jovens Tardes de Domingo" - Gal Costa
  2. "É Uma Partida de Futebol" - Skank
  3. "A Seta e o Alvo" - Paulinho Moska
  4. "Rouxinol" - Milton Nascimento
  5. "Fullgás (Memê's Radio Mix 97)" - Marina Lima
  6. "Busca Vida" - Os Paralamas do Sucesso
  7. "Vou Levando a Vida" - Peninha
  8. "Sonho de Uma Noite de Verão" - Milton Guedes
  9. "Simples Viagem (Sitting And Watching)" - Cidade Negra
  10. "50 Anos" - Emílio Santiago
  11. "Assim Falou Zaratustra (Also Sprach Zarathustra)" - Sérgio Dias
  12. "Você Chegou" - Zé Ricardo
  13. "Escândalo" - Adriana Capparelli
  14. "Dona Doida" - Rita Lee (tema de abertura)

Trilha sonora internacionalEditar

Capa: Letícia Spiller e Marcello Novaes

  1. "I Don't Want To" - Toni Braxton
  2. "Enamorado Por Primera Vez" - Enrique Iglesias
  3. "The Real Thing" - Lisa Stansfield
  4. "Uh La La La" - Alexia
  5. "Con Te Partiró (Time To Say Goodbye)" - Mafalda Minnozzi & Jerry Adriani
  6. "Chanson D'Amour" - Manhattan Transfer
  7. "Love Won't Wait" - Gary Barlow
  8. "Falling Into You" - Celine Dion
  9. "Loving Every Minute (Cutfather & Joe Remix)" - Lighthouse Family
  10. "Vattene Amore" - Luciano Bruno
  11. "I Will Survive" - Cake
  12. "When I Fall In Love" - Natalie Cole & Nat King Cole
  13. "Sé Que Ya No Volverás" - Diego Torres
  14. "Hole In My Soul" - Aerosmith

PrêmioEditar

Exibiçao internacionalEditar

Em Portugal, Zazá foi transmitida pela SIC e estreou no dia 26 de abril de 1999 às 12h.[15] Em América Latina, Zazá foi transmitida pela sinal satelital da Rede Globo chamado TV Globo Network Américas (hoje TV Globo Internacional) transmitiu a novela igualmente no Argentina, Bolívia, Centro América, Chile, Colômbia, Equador, México, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela em mais de 805 sistemas de televisão por assinatura cada um.

Referências

  1. a b c d e Memória Globo. «Zazá». Consultado em 3 de novembro de 2009. Arquivado do original em 20 de janeiro de 2009 
  2. a b c d e f g h i Memória Globo. «Ficha técnica». Consultado em 3 de novembro de 2009 [ligação inativa]
  3. http://memoriaglobo.globo.com/programas/entretenimento/novelas/zaza/ficha-tecnica.htm
  4. «'Zazá' estréia hoje na Rede Globo». Folha de S.Paulo. 5 de maio de 1997. Consultado em 26 de julho de 2015 
  5. «Novela da Globo usa aeronave para discutir se o Brasil decola ou não». Folha de S.Paulo. 4 de maio de 1997. Consultado em 5 de dezembro de 2017 
  6. «Voadoras». Folha de S.Paulo. 4 de maio de 1997. Consultado em 5 de dezembro de 2017 
  7. «Novela da Globo 'Zazá' vai ter de ser esticada». Brasil Online. 20 de agosto de 1997. Consultado em 31 de março de 2015 
  8. «Gaúcho vai participar». Folha de S.Paulo. 8 de maio de 1997. Consultado em 20 de março de 2016 
  9. https://www.folhadelondrina.com.br/folha-2/veteranos-do-amor-29952.html
  10. Elaine Guerini (25 de janeiro de 1998). «Ninguém me tira do ar!». Folha de S.Paulo. Consultado em 25 de julho de 2017 
  11. https://www1.folha.uol.com.br/fsp/1997/6/22/tv_folha/7.html
  12. «Aids chega a 'Zazá' nos 10 próximos capítulos». Folha de S.Paulo. 17 de setembro de 1997. Consultado em 5 de dezembro de 2017 
  13. «Vilão morre para salvar "Zazá"». Folha de S.Paulo. 19 de outubro de 1997. Consultado em 5 de dezembro de 2017 
  14. Contigo!. «3º Prêmio de TV Contigo!». Consultado em 3 de novembro de 2009. Arquivado do original em 11 de abril de 2009 
  15. «Cronologia 1995-1999» (PDF). Arquivado do original (PDF) em 14 de abril de 2017 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre telenovelas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.