Abrir menu principal
Zelmira
Idioma original Italiano
Compositor Gioachino Rossini
Libretista Andrea Leone Tottola
Número de atos 2
Ano de estreia 1822
Local de estreia Teatro San Carlo

Zelmira é uma ópera em dois atos com música de Gioachino Rossini e livreto em italiano de Andrea Leone Tottola. Baseada na obra francesa, Zelmire de Belloy, foi a última das obras napolitanas do compositor. Stendhal comentou sobre a música empregada, comparando-a com La clemencia de Tito, mas ressaltando: "... enquanto Mozart era completamente italiano, Rossini poderia fazer óperas mais alemãs que o próprio Beethoven se tivesse vivido por mais tempo".[1]

HistóriaEditar

A primeira apresentação de Zelmira ocorreu em Nápoles no Teatro San Carlo em 16 de fevereiro de 1822. Este conseguiu grande êxito e seguiu em Viena em 13 de abril de 1822, como parte de um Festival Rossini com duração de três meses, o qual Rossini escreveu algumas músicas adicionais. Eles seguiram com as performances em várias cidades italianas e, em seguida, em Londres, em 24 de janeiro de 1824 com Rossini dirigindo Isabella Colbran no papel principal. A ópera conseguiu sucesso até em Nova Orleães, Estados Unidos, quando foi exibida em 1835.[2]

Em 1965, a ópera foi apresentada novamente em Nápoles, entretanto não conseguiu o mesmo sucesso quanto no século XIX. Atualmente, as apresentações de Zelmira são raras e, segundo o Operabase, ocorreu apenas uma representação entre os anos de 2005 e 2010.

Óperas de Gioacchino Rossini
 

La cambiale di matrimonio (1810)
L'equivoco stravagante (1811)
L'inganno felice (1812)
Ciro in Babilonia (1812)
La scala di seta (1812)
Demetrio e Polibio (1812)
La pietra del paragone (1812)
L'occasione fa il ladro (1812)
Il signor Bruschino (1813)
Tancredi (1813)
L'italiana in Algeri (1813)
Aureliano in Palmira (1813)
Il turco in Italia (1814)
Sigismondo (1814)
Elisabetta, regina d'Inghilterra (1815)
Torvaldo e Dorliska (1815)
Il barbiere di Siviglia (1816)
La Gazzetta (1816)
Otello (1816)
La Cenerentola (1817)
La gazza ladra (1817)
Armida (1817)
Adelaide di Borgogna (1817)
Mosè in Egitto (1818)
Adina (1818)
Ricciardo e Zoraide (1818)
Ermione (1819)
Eduardo e Cristina (1819)
La donna del lago (1819)
Bianca e Falliero (1819)
Maometto secondo (1820)
Matilde di Shabran (1821)
Zelmira (1822)
Semiramide (1823)
Il Viaggio a Reims (1825)
Le siège de Corinthe (1826)
Moïse et Pharaon (1827)
Le comte Ory (1828)
Guillaume Tell (1829)

PersonagensEditar

Personagem Tessitura
Polidoro, rei de Lesbos baixo
Zelmira, sua filha soprano
Emma, seu confidente contralto
Ilo, príncipe de Troia e esposo de Zelmira tenor
Antenore, um usurpador de Mitilene tenor
Leucippo, seu confidente, um general baixo-barítono
Eacide, um seguidor do príncipe Ilo tenor
Sumo sacerdote de Júpiter baixo

Referências

  1. Stendhal, edição de 1970, p.394
  2. Osborne, C. p. 108

BibliografiaEditar

  • Osborne, Charles, The Bel Canto Operas of Rossini, Donizetti, and Bellini, Portland, Oregon: Amadeus Press, 1994 ISBN 0-931340-71-3
  • Stendhal, Life of Rossini traduzida e escrita por R. N. Coe (University of Washington Press, 1970)

Ligações externasEditar