Abrir menu principal
Zhang Dejiang
Zhang Dejiang
Dados pessoais
Nascimento 01 de novembro de 1946 (72 anos)
Tai'an, Liaoning, China
Partido Partido Comunista da China

Zhang Dejiang (nascido em novembro de 1946) é um alto funcionário chinês. Foi Vice-Primeiro Ministro encarregado das telecomunicações, energia e transporte. Ele também é um membro do Comitê Permanente do Politburo do Partido Comunista da China, o grupo de atualmente sete pessoas que concentra na prática o poder no partido e em toda República Popular da China.[1][2][3]

Zhang ganhou destaque como o chefe do partido das províncias costeiras de Zhejiang e Guangdong, onde presidiu o rápido crescimento econômico. Em março de 2012, Zhang foi nomeado para substituir Bo Xilai como o chefe do partido de Chongqing.

Início da vidaEditar

Zhang, natural de Tai'an em Liaoning, frequentou a Universidade Yanbian, onde estudou a língua coreana. Zhang matriculou-se na Universidade Kim Il-sung, na Coreia do Norte, em agosto de 1978, e formou-se em economia em 1980.[4] Suas conexões com a Coréia do Norte e sua experiência como um funcionário local em Jilin com a imigração ilegal proveniente daquele país presume-se que sejam fatores-chave na sua ascensão ao poder.[5]

ZhejiangEditar

Em 1998, Zhang se tornou secretário do partido em Zhejiang.[4][6] Zhang era popular entre os líderes de negócios na província de Zhejiang, devido à sua atitude de relativo laissez-faire para a iniciativa privada. Zhang era conhecido por permitir que empresas privadas operassem livremente, dentro dos limites da lei.[7]

Em 2001, Zhang escreveu um artigo atacando a ideia de permitir que donos de empresas aderissem ao Partido Comunista, alegando que isso iria arruinar o partido.[5]

Referências

  1. «China: Comitê Permanente do Politburo é renovado». Estadão. 15 de novembro de 2012. Consultado em 7 de fevereiro de 2013 
  2. «Saiba como a China é governada». BBC Brasil. 9 de novembro de 2012. Consultado em 7 de fevereiro de 2013 
  3. «Partido Comunista chinês renova 60% de seu Politburo e inclui duas mulheres». Gazeta do Povo. 15 de novembro de 2012. Consultado em 7 de fevereiro de 2013 
  4. a b Mimi Lau (16 de março de 2012). «Zhang on the ascent as he takes Chongqing post; Conservative vice-premier appears tipped to join top ruling body after party bosses' vote of confidence». South China Morning Post 
  5. a b Chow Chung-yan (23 de outubro de 2007). «Zhang Dejiang: Bumpy ride in the fast lane». South China Morning Post 
  6. Mimi Lau, (16 de março de 2012). "Chongqing post". South China Morning Post.
  7. Choi Chi-yuk (21 de março de 2012). «Waiting game for business after Bo; Chongqing entrepreneurs are keeping a close watch for any signs of policy change under new party boss before they invest any more in the municipality». South China Morning Post