Abrir menu principal

Zona Centro-Sul de Manaus

Centro-Sul
Zona Centro-Sul - Manaus.jpg
Vista do bairro Chapada.
Área 35,5 km²
População 180 577 hab. (2017)
Densidade 5 076 hab./km²
Renda média R$ 3 417
Zonas de Manaus Bandeira de Manaus.svg

A Zona Centro-Sul de Manaus é uma região administrativa estabelecida pela prefeitura de Manaus que engloba 7 bairros. De acordo com IBGE/2017, a região tem uma população de 180 577 habitantes e renda média por habitante de R$ 3 417.[1]

É considerada a área mais nobre da cidade, além de ser a região mais verticalizada. A Zona Centro-Sul tem tido declínio nos índices populacionais nos últimos anos, apesar de possuir a maior renda per capita. Ocupa uma área pequena do município de Manaus, totalizando 35,5 km² de área. Uma grande parte dessa área é de propriedade pública, pertencendo ao Parque Municipal do Mindú, ao Corredor Ecológico do Mindú, ao Parque dos Bilhares, ao Parque Desembargador Ataliba David Antônio (Parque Linear do Passeio do Bindá) e outros.

DestaquesEditar

O bairro Parque Dez de Novembro, o maior bairro da região e um dos maiores de Manaus, engloba diversos conjuntos e loteamentos de classe média alta como: os conjuntos Castelo Branco I e II, Parque Tropical, Jardim Meridional, Pindorama, Mucuripe I, II e III, Eldorado, Vila do Rei I até IV, Arthur Reis, Barra Bela e Jardim Yolanda; os loteamentos Jardim Nova Friburgo, Jardim Amazonas, Castelinho, Novo Horizonte, Jardim Primavera I e II, Jardim Oriente I e II, Jardim Jakura I e II, Novo Mundo, Portal do Japão I e II, Jardim Sumiré, Parque Shangri-lá I a VII. No Parque Dez há um pouco mais de 70 mil habitantes.

No bairro encontra-se o Centro Social Urbano (CSU), famoso por sediar um dos maiores festivais juninos de Manaus. O bairro que lidera a lista dos mais nobres é Adrianópolis, possuindo famílias com até 40 salários mínimos, seguido do bairro Nossa Senhora das Graças. Estes bairros também abrigam locais históricos como a Praça Chile, a Praça Nossa Senhora de Nazaré, o Reservatório do Mocó, o Castelinho da Vila, o cemitério São João Batista, a Avenida Senador Álvaro Maia (antigo Boulevard Amazonas), entre outros.

O bairro da Chapada é cruzado por duas importantes avenidas: Constantino Nery e Djalma Batista. Nele se localizam vários shoppings centers, formando um comércio variado e de alto padrão.

Os bairros de Flores e São Geraldo concentram núcleos de classe média baixa a alta. Em Flores, encontramos a Arena da Amazônia Vivaldo Lima, o Ginásio Poliesportivo do Amazonas, o Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques, o Terminal Rodoviário Engenheiro Huascar Angelim, o Aeroclube do Amazonas, etc.

A Zona Centro-Sul é a região com o maior nível de urbanização em Manaus e a que apresenta os melhores indicadores sociais da cidade.

Reservatório do Mocó, Patrimônio Histórico Nacional, localizado no Adrianópolis.

Zona objetivaEditar

A Zona Centro-Sul abriga sedes de várias empresas, secretarias e ONGs, além de diversos estabelecimentos comerciais de luxo, shoppings centers e cinemas.No bairro do Parque Dez está localizada a sede da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico Local (SEMDEL). No bairro de Flores está localizada a Assembléia Legislativa do Amazonas e a Reitoria da Universidade Estado do Amazonas.

O bairro do Aleixo abriga a Secretaria de Estado da Fazenda (SEFAZ), a Rede Calderaro de Comunicação, a Rede Amazônica, a Fundação Municipal de Cultura e Turismo (Manauscult), a Secretaria Municipal de Infraestrutura (SEMINF), a Vila Militar do Aleixo, o Parque Cidade da Criança, e o Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas.

No bairro da Chapada, encontramos o Amazonas Shopping[2], o segundo maior shopping center do Amazonas, além do Manaus Plaza Shopping[3] e do Millenium Shopping[4].

Na divisa do bairro Adrianópolis com o conjunto Isaías Vieiralves (conhecido pelo seu centro comercial variado), encontramos o Manauara Shopping[5], localizado na Avenida Mário Ypiranga Monteiro (antiga rua Recife), e que atualmente ocupa a posição de shopping mais completo e luxuoso de Manaus. Ainda na Zona Centro Sul encontramos os melhores e mais caros lugares para entretenimento como boates, bares, lanchonetes, restaurantes e hotéis que intensificam a vida noturna agitada da região.

BairrosEditar

HospitaisEditar

 
Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, no Adrianópolis.

O segundo maior hospital do Amazonas, o Pronto Socorro 28 de Agosto fica localizado em Adrianópolis, próximo ao Instituto da Mulher Dona Lindu.

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Mapa da área urbana da cidade de Manaus» (PDF). Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação – SEDECTI. 2017. Consultado em 1 de novembro de 2019 
  2. Amazonas Shopping
  3. «Manaus Plaza Shopping». Consultado em 9 de fevereiro de 2013. Arquivado do original em 8 de outubro de 2013 
  4. Millenium[ligação inativa]
  5. «Manauara Shopping». Consultado em 9 de fevereiro de 2013. Arquivado do original em 26 de abril de 2013