Abrir menu principal
Como ler uma infocaixa de taxonomiaZootrophion
Zootrophion atropurpureum
Zootrophion atropurpureum
Classificação científica
Domínio: Eukaryota
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Liliopsida
Ordem: Asparagales
Família: Orchidaceae
Subfamília: Epidendroideae
Tribo: Epidendreae
Subtribo: Pleurothallidinae
Género: Zootrophion
Espécies
ver texto

Zootrophion é um género botânico pertencente à família das orquídeas (Orchidaceae).

O gênero Zootrophion foi proposto por Luer em Selbyana 7(1): 80, em 1982, considerando a espécie anteriormente descrita por Lindley como Specklinia atropurpurea.

Espécie tipo: Zootrophion atropurpureum (Lindl.) Luer (1982).

EtimologiaEditar

O nome vem do grego e significa zoológico, uma referência a formato das flores desse gênero que lembram cabeças de diversos animais diferentes.

SinônimosEditar

Masdevallia sect. Fenestratae Rchb.f. Gard. Chron. 2: 98, 1895

HabitatEditar

Habitam florestas quentes úmidas e sombrias, a grande maioria do noroeste da América do Sul, apenas uma presente no sudeste do Brasil, o Zootrophion atropurpureum.

DescriçãoEditar

O gênero Zootrophion é formado por cerca de vinte espécies epífitas de crescimento cespitoso, algumas muito parecidas entre si e de difícil identificação.

Seu caule têm de secção redonda ou levemente achatada, com bainhas glabras. As folhas são mais ou menos carnosas. A inflorescência nasce do topo do ramicaule, é curta, com uma ou poucas muitas vezes flores em sua maioria belamente coloridas e vistosas, que podem ser consideradas grandes dentre as desta subtribo.

As flores apresentam sépalas, que podem possuir leves carenas, são obovadas ou espatuladas e encontram-se unidas na base e também mais ou menos coladas ou aderidas no ápice formando duas janelas laterais. O labelo, em regra trilobado, com lobos laterais eretos, é articulado com a coluna.

TaxonomiaEditar

As primeiras espécies, hoje atribuídas a Zootrophion, foram inicialmente subordinadas a Pleurothallis ou Masdevallia. Mais tarde Barbosa Rodrigues propôs o gênero Cryptophoranthus e aos poucos todas as espécies foram sendo transferidas para este.

Em 1982, Luer separou de Cryptophoranthus as espécies que apresentam longo ramicaule recoberto de bainhas, geralmente com flores grandes, subordinando-as a Zootrophion.

Em 2004, Luer separou de Zootrophion três espécies ausentes do Brasil, principalmente caracterizadas por seu crescimento reptante, subordinando-as a um novo gênero, Epibator.

FilogeniaEditar

Em 2001, M.W.Chase et al., publicaram no American Journal of Botany um estudo preliminar sobre a filogenia de Pleurothallidinae. Segundo os resultados encontrados, Zootrophion, pertence ao quarto grande clado de gêneros da subtribo. Entre o terceiro grande clado, representado dentre outros por Acianthera , e o quinto clado, do qual os mais conhecidos representantes são Stelis e Pleurothallis.

A partir desse estudo aprendemos que as relações internas deste grupo, apesar de ainda não completamente esclarecidas pois há algumas espécies divergentes que aqui desconsideramos, vem na seguinte ordem: Em primeiro lugar Zootrophion, seguido por Lepanthopsis e Lepanthes, os dois formando um subgrupo, depois o gênero Frondaria, isolada, então Anathallis e o então Panmorphia, formando outro subgrupo, e finalmente Trichosalpinx.

Segundo os autores, a despeito de grande diversidade morfológica, algumas características fisiológicas na formação das folhas são compartilhadas pela maiorida desses gêneros.

EspéciesEditar

  1. Zootrophion alvaroi (Garay) Luer, Monogr. Syst. Bot. Missouri Bot. Gard. 95: 215 (2004).
  2. Zootrophion argus (Kraenzl.) Luer, Monogr. Syst. Bot. Missouri Bot. Gard. 95: 215 (2004).
  3. Zootrophion atropurpureum (Lindl.) Luer, Selbyana 7: 80 (1982).
  4. Zootrophion beloglottis (Schltr.) Luer, Monogr. Syst. Bot. Missouri Bot. Gard. 95: 217 (2004).
  5. Zootrophion dayanum (Rchb.f.) Luer, Selbyana 7: 82 (1982).
  6. Zootrophion dodsonii (Luer) Luer, Selbyana 7: 82 (1982).
  7. Zootrophion endresianum (Kraenzl.) Luer, Selbyana 7: 82 (1982).
  8. Zootrophion erlangense Roeth & Rysy, Orchidee (Hamburg) 58: 249 (2007).
  9. Zootrophion gracilentum (Rchb.f.) Luer, Selbyana 7: 82 (1982).
  10. Zootrophion griffin Luer, Selbyana 7: 82 (1982).
  11. Zootrophion hypodiscus (Rchb.f.) Luer, Selbyana 7: 84 (1982).
  12. Zootrophion lappaceum Luer & R.Escobar, Monogr. Syst. Bot. Missouri Bot. Gard. 95: 223 (2004).
  13. Zootrophion leonii D.E.Benn. & Christenson, Icon. Orchid. Peruv.: t. 800 (2001).
  14. Zootrophion niveum Luer & Hirtz, Monogr. Syst. Bot. Missouri Bot. Gard. 95: 224 (2004).
  15. Zootrophion oblongifolium (Rolfe) Luer, Selbyana 7: 84 (1982).
  16. Zootrophion trivalve (Luer & R.Escobar) Luer, Selbyana 7: 84 (1982).
  17. Zootrophion vasquezii Luer, Monogr. Syst. Bot. Missouri Bot. Gard. 95: 226 (2004).
  18. Zootrophion vulturiceps (Luer) Luer, Selbyana 7: 84 (1982).
  19. Zootrophion williamsii Luer, Selbyana 23: 41 (2002).

ReferênciasEditar

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar