Zoran Žižić

político montenegrino

Zoran Žižić (cirílico: Зоран Жижић; Podgorica, 4 de março de 1951 - Podgorica, 4 de janeiro de 2013) foi um político montenegrino.

Zoran Žižić
Nascimento 4 de março de 1951
Podgoritza
Morte 4 de janeiro de 2013 (61 anos)
Podgoritza
Cidadania Montenegro
Ocupação político,

VidaEditar

Žižić nasceu em Titogrado, Montenegro, República Socialista Federativa da Iugoslávia. Membro do Partido Popular Socialista de Montenegro, tornou-se primeiro-ministro da República Federal da Iugoslávia em 4 de novembro de 2000, logo após a queda de Slobodan Milošević, quando o gabinete de seu colega Momir Bulatović entrou em colapso. Žižić renunciou em 29 de junho de 2001, após 8 meses no cargo, em protesto contra a extradição de Milosevic para o Tribunal Penal Internacional para a antiga Jugoslávia[1] e deixou o cargo em 24 de julho de 2001, quando um novo gabinete foi formado após a eleição parlamentar montenegrina de 2001 liderada por outro de seus colegas, Dragiša Pešić. Em protesto contra as mudanças políticas, Žižić deixou o Partido Popular Socialista de Montenegro.

Referências

  1. «Yugoslav Prime Minister Resigns Over Milosevic's Extradition». People's Daily Online. 30 de junho de 2001 

Links externosEditar

Cargos políticos
Precedido por
Momir Bulatović
Primeiro-ministro da República Federal da Iugoslávia
4 de Novembro de 2000 – 24 de Julho de 2001
Sucedido por
Dragiša Pešić