Abrir menu principal
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde dezembro de 2013). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: "Insulae" redireciona para este artigo. Para a província romana de mesmo nome, veja Ínsulas (província romana).

Ínsulas (em latim: insulae) eram um tipo de habitação existente na Antiga Roma. Distinguem-se das domus por serem destinados à população mais desfavorecida. São parecidos com os prédios de hoje em dia pois a sua disposição se verificava em andares. Eram destinadas a aluguel e eram bastante pequenas com, normalmente um quarto, que chegava a albergar famílias inteiras. Embora a cidade de Roma tivesse rede de esgotos, as ínsulas não tinham casas de banho. A sua construção era muito frágil, feita de madeira e tijolo, o que fazia das ínsulas alvos para incêndios. Devido a este fator, entre outros, foi possível o grande incêndio em Roma durante o governo de Nero. Em Roma a proporção de ínsulas para domus era de quatro para um.

Ver tambémEditar