Abrir menu principal

5261 Eureka

asteroide

5261 Eureka é o primeiro asteroide troiano de Marte.[1] Foi descoberto por David H. Levy e Henry Holt no Observatório de Monte Palomar em 20 de junho de 1990.

Ocupa o ponto Lagrangiano L5 de Marte. A sua distância varia apenas 0,3 UA durante cada revolução (com uma tendência secular, de distância de 1,5-1,8 UA por volta de 1850 a 1,3-1,6 UA cerca de 2400). As distâncias mínimas à Terra, Vênus e Júpiter são 0,5, 0,8 e 3,5 UA, respectivamente.

A integração numérica a longo prazo efetuada por Kimmo A. Innanen e Seppo Mikkola demonstram que a órbita é estável para um tempo de vários milhões de anos.

Desde então, foram identificados outros Troianos de Marte: (121514) 1999 UJ7 no ponto L 4 e (101429) 1998 VF31, (385250) 2001 DH47, 2001 FG24, e 2001 FR127 no ponto L5. Os asteroides coorbitais 1998 QH56 e (152704) 1998 SD4 não se consideram como troianos ao não serem estáveis, e serão afastados pela gravitação de Marte nos próximos 500 mil anos.

A União Astronômica Internacional e o Minor Planet Center citam três asteroides troianos de Marte: 5261 "Eureka", 101429 e o 121514.[2]

O espectro no infravermelho para este asteroide é típico de um asteroide tipo A, e o espectro visual é consistente com uma forma evoluída de condrito chamada angrito. Um asteroide de cor vermelha, com um albedo moderado. O asteroide deve ter ficado nesta órbita estável do ponto Lagrangiano L5 de Marte durante a maior parte da história do Sistema Solar.

Ver tambémEditar

Referências

  1. «List of Martian Trojans». Minorplanetcenter.net. Consultado em 26 de fevereiro de 2011 
  2. «Lista de asteroides troianos de Marte». Cfa-www.harvard.edu