Aída Mar

actriz brasileira

Aída Mar, nome artístico de Aída de Camilis Rutiglioni (São Paulo, 12 de janeiro de 1907 - São Paulo,Junho de 1975) foi uma atriz brasileira.

Aída Mar
Nome completo Aída de Camilis Rutiglioni
Outros nomes Aida Mar
Nascimento 12 de janeiro de 1907
São Paulo, SP, Brasil
Nacionalidade Brasileira
Morte junho de 1975 (68 anos)
São Paulo, SP, Brasil
Ocupação atriz
Atividade 1951-1975

Atriz pioneira da Rede Tupi, participou do TV de Vanguarda e do TV de Comédia sob a direção de Geraldo Vietri. Sua primeira novela foi Alma Cigana em 1964 e depois fez O Direito de Nascer ; O Cara Suja ; Fatalidade ; Sangue Rebelde e Ídolo de Pano, em 1964, todas na TV Tupi.[1]

No cinema esteve em “A Carrocinha” e “O Gato de Madame”, ambos ao lado de Mazzaropi.[1]

Morte editar

A atriz morreu em 1975.

Filmografia editar

Televisão editar

Ano Título Personagem Notas
1974 Ídolo de Pano Benta
1966 Sangue Rebelde [2]
1965 Fatalidade
O Cara Suja
1964 O Direito de Nascer Madre
Alma Cigana Madre
1962 TV de Vanguarda Episódio: "História de Um Herói"
1960 Episódio: "Festival Brasileiro"
Episódio: "A Jaula"
1959 Sra. Minchale Episódio: "Casa de Estranhos"
1958 Episódio: "Marty"
Os Miseráveis Madame Venturinier
Quando os Caminhos se Encontram
Contador de Histórias Episódio: "Eles falaram a mesma Língua"
1957 Seu Genaro
Pequeno Mundo de D. Camilo Sra. Bilo
1954 Scugniza
1952 Grande Teatro Tupi Episódio: "Priminho do Coração"
A Princesa das Czardas
Sonho de Valsa
O Conde de Luxemburgo
A viúva alegre [1] Sra. Kromon

Cinema editar

Ano Título Personagem
1955 A Carrocinha Dona Clotilde
1956 O Gato de Madame Funcionária do Museu

Referências

  1. a b c «Pró-TV» 
  2. «Sangue Rebelde». teledramaturgia.com.br. Consultado em 17 de dezembro de 2021 

Ligações Externas editar