Abdelmalek Sellal

Abdelmalek Sellal (em árabe: عبد الملك سلال, Constantina, 1 de agosto de 1948) é um político argelino, que serviu como primeiro-ministro entre setembro de 2012 e março de 2014 e entre abril de 2014 e maio de 2017.[1]

Abdelmalek Sellal
15.º Primeiro-ministro da Argélia
Período 29 de abril de 2014
a 25 de maio de 2017
Antecessor(a) Youcef Yousfi
Sucessor(a) Abdelmadjid Tebboune
Período 3 de setembro de 2012
a 13 de março de 2014
Presidente Abdelaziz Bouteflika
Antecessor(a) Ahmed Ouyahia
Sucessor(a) Youcef Yousfi
Dados pessoais
Nascimento 1 de agosto de 1948 (73 anos)
Constantina
Cônjuge Farida Sellal
Partido FLN

Vida e carreiraEditar

Sellal foi nomeado primeiro-ministro pelo presidente Abdelaziz Bouteflika em 3 de setembro de 2012.[2]  Sellal é considerado um tecnocrata e esteve envolvido nas campanhas eleitorais presidenciais de Bouteflika em 2004 e 2009.[3] Ele substituiu Ahmed Ouyahia como primeiro-ministro.[4]

Sellal deixou o cargo em março de 2014 para liderar a campanha de reeleição do enfermo presidente Bouteflika. Após a vitória de Bouteflika, ele reconduziu Sellal como Primeiro-Ministro em 28 de abril de 2014.

Em junho de 2019, Sellal foi detido sob custódia pela suprema corte do país como parte de uma investigação anticorrupção.[5]

Em dezembro de 2019, ele foi condenado a 15 anos de prisão.[6]

Em março de 2020, um tribunal de apelações manteve sua sentença.[7]

Referências

  1. AFP (5 de setembro de 2012). «Algeria's new PM takes office» (em inglês). Gulf News. Consultado em 2 de março de 2015 
  2. «Le nouveau Premier ministre algérien s'engage à poursuivre les réformes». Libération (em French). 4 de setembro de 2012. Consultado em 5 de setembro de 2012 
  3. AFP: "Water minister Abdelmalek Sellal named new Algeria PM", Ahramonline, 4 September 2012.
  4. «Algeria's new PM takes office». Gulf News. Algiers. AFP. 5 de setembro de 2012. Consultado em 27 de janeiro de 2013 
  5. «Abdelmalek Sellal remanded in custody». APS. 13 Jun 2019. Consultado em 14 Jun 2019 
  6. Ahmed, Hamid Ould (10 de dezembro de 2019). «Two days before election, Algeria jails two ex-prime ministers». Reuters 
  7. Ahmed, Hamid Ould (25 de março de 2020). «Algeria confirms jail sentences for two former PMs». Reuters [ligação inativa]
  Este artigo sobre um(a) político(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.