Abderrahmane Farès

político francês

Abderrahmane Farès (Akbou, 30 de janeiro de 1911 - Boumerdès, 13 de maio de 1991) foi Presidente da Comissão Executiva Provisória da Argélia de 3 de julho de 1962 a 20 de setembro de 1962.

Abderrahmane Farès
Presidente do Conselho Executivo Provisório
Período 13 de abril a 20 de setembro de 1962
Primeiro-ministro Benyoucef Benkhedda
Sucessor(a) Ferhat Abbas
Dados pessoais
Nascimento 30 de janeiro de 1911
Amalou, Bugia, Argélia francesa
Morte 13 de maio de 1991 (80 anos)
Zemmouri, Argélia
Partido FLN

Farès, que nasceu em Amalou, província de Béjaïa, foi advogado de profissão. Após a Segunda Guerra Mundial, Farès foi eleito para o conselho municipal e o conselho geral de Argel. Membro da primeira Assembleia Nacional Constituinte Francesa (em Argel), em 1946, o então presidente da Assembleia da Argélia, em 1953, tornou-se, entre julho e setembro de 1962, por ocasião da independência do seu país, presidente do executivo provisório, responsável pela gestão do território antes de se formar uma Assembleia Nacional eleita.[1]

Referências

Cargos políticos
Precedido por
Benyoucef Ben Khedda
(Como chefe do GPRA)
Chefe do Executivo
1962
Sucedido por
Ferhat Abbas
(Como presidente provisório da Argélia)
  Este artigo sobre um(a) político(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.