Abraham de Fabert

Marechal da França

Abraham de Fabert, marquês d'Esternay (Metz, 11 de outubro de 1599 — Sedan, 17 de maio de 1662) foi um Marechal da França.

Abraham Fabert d’Esternay
Marechal Abraham de Fabert, gravura de Gérard Edelinck
Nascimento 11 de outubro de 1599
Metz
Morte 17 de maio de 1662 (62 anos)
Sedan
Cidadania França
Progenitores
  • Abraham Fabert
  • Anne des Bernards
Filho(s) Angélique Fabert, Marquise d'Esternay, Claude Fabert
Ocupação político, engenheiro de combate
Prêmios

BiografiaEditar

Era filho de Abraham Fabert, senhorio de Moulins (morto em 1638), um impressor famoso que prestou grandes serviços, civis e militares, para Henrique IV.[1]

 
Estátua de Abraham de Fabert em Metz, França.

Quando tinha quatorze anos de idade, Abraham de Fabert entrou para a Gardes Françaises, e em 1618 recebeu uma comissão no regimento do Piemonte, tornando-se major em 1627. Distinguiu-se repetidamente em constantes guerras da época, nomeadamente no Cerco de La Rochelle e no cerco de Exilles em 1630. Sua bravura e conhecimento de engenharia foram novamente demonstrados nos cercos de Avesnes e Maubeuge em 1637, e em 1642 Luís XIII o fez governador da recém-adquirida fortaleza de Sedan. Em 1651 tornou-se tenente-general, e em 1654 no cerco de Stenay introduziu novos métodos de sítio, que anteciparam, em grande medida, as melhorias de Vauban.[1]

Em 1658 Fabert foi nomeado Marechal da França, sendo o primeiro plebeu a atingir esse posto. Morreu de pneumonia em Sedan, em 1662, onde era governador.[1]

Notas

  1. a b c Encyclopædia Britannica (1911) entrada para «Fabert, Abraham de» (em inglês). , volume 10, páginas 112-113 

Referências

Ligações externasEditar