Abrir menu principal

Wikipédia β

Afonso Soares

Afonso Soares (1925 - Rio de Janeiro[1], 27 de maio de 2007) foi um radialista e jornalista brasileiro.[2]

Iniciou sua carreira na década de 40 na cidade do Rio de Janeiro. Seu primeiro grande destaque foi a cobertura da Copa do Mundo de 1950, sediada no Brasil.[2]

Cronista esportivo, trabalhou nas rádios Globo e Tupi, entre muitas outras, onde participava do seu quadro "Não Perca a Esportiva".[3]

Criou, em 3 de janeiro de 1960, a "Patrulha da Cidade", programa policial transmitido até hoje pela Super Rádio Tupi, que mistura jornalismo com rádio-teatro, relatando casos policiais com uma dose de humor. [4] Criou também o mesmo estilo de programa policial na Rádio Globo do Rio, na década de 80, com o nome de "A Cidade contra o Crime". [5]

Aposentou-se nos anos 90. Faleceu na madrugada do dia 27 de maio de 2007, aos 83 anos, vitimado por um infarto, enquano dormia.[2]

Referências

  1. «Afonso Soares». Terceiro Tempo IG. Consultado em 27 de abril de 2011 
  2. a b c «Morre o radialista Afonso Soares, aos 83 anos». O Globo. 27 de maio de 2005. Consultado em 27 de abril de 2011 
  3. «Celebração ao Rádio». SRZD. Consultado em 27 de abril de 2011 
  4. «O Programa». Super Rádio Tupi. Consultado em 27 de abril de 2011 
  5. Show do Rádio com Paulo Francisco. «89 -"A Cidade Contra o Crime" programa apresentado no final dos anos 70 por Samuel Corrêa e o rádio teatro da Globo Rio 1220». Consultado em 16 de janeiro de 2012 
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.