Abrir menu principal

Agente literário é o profissional ou empresa que intermedeia os textos dos escritores junto às editoras[1]. Sua função é representar os interesses do autor da obra, negociando direitos autorais e demais cláusulas contratuais diante das editoras[2].

Não há exigência de diploma específico para atuar na profissão, no entanto é importante que o agente tenha conhecimento profundo do mercado editorial, das lei autorais [nota 1], além de ter habilidade em negociação.[3][4]

Os valores percebidos pelo autor da obra normalmente em é torno de 10% sob o preço da capa[5]. A remuneração do agente literário é uma porcentagem desses valores destinados ao autor que o contratou.[4]

Notas

  1. No Brasil, a lei que regula os Direitos Autorais é a Lei nº 9610/98.

Referências

  1. «4 Motivos para entender a importância do Agente Literário no mercado editorial | Publicado por Dino». EXAME. Consultado em 15 de outubro de 2019 
  2. Albatroz, Editora (27 de setembro de 2015). «O que faz um agente literário?». Editora Albatroz. Consultado em 15 de outubro de 2019 
  3. «Devotas dos livros - Emais». Estadão. Consultado em 15 de outubro de 2019 
  4. a b «O que faz o agente literário». O Agente. 2 de janeiro de 2017. Consultado em 15 de outubro de 2019 
  5. PublishNews. «Preço fixo, agenciamento e direitos autorais. E as livrarias no meio.». PublishNews. Consultado em 15 de outubro de 2019 

Ligações externasEditar

um site de vigilância que denuncia golpes contra escritores
site de procura de agentes literários por escritores
site que permite a escritores procurar e acompanhar o trabalho de agentes
  Este artigo sobre literatura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.