AkzoNobel

Akzo Nobel N.V. (Euronext: AKZA, OTCQXAKZO) é uma empresa fabricante de tintas e revestimentos holandêsa e uma das principais fabricantes de especialidades químicas.

AkzoNobel
Razão social Akzo Nobel N.V.
Empresa de capital aberto
Atividade Química
Fundação 1994
Sede Amsterdã,  Holanda
Área(s) servida(s) Mundo
Presidente Thierry Vanlancker
Pessoas-chave Nils Smedegaard Andersen (Presidente do conselho fiscal)
Empregados 35 700 (fim de 2017)[1]
Produtos Produtos químicos básicos e industriais, tintas decorativas, produtos de (re)acabamento industriais, revestimentos
Lucro 832 milhões (2017)[1]
Faturamento €9.61 billhões (2017)[1]
Website oficial www.akzonobel.com

Cronologia e EvoluçãoEditar

A AkzoEditar

1929 - A Vereinigte Glanzstoff Fabriken e a Enka se unem para formar a Algemene Kunstzijke Unie (AKU).

1967 - A Associação da Koninklijke Zout-Ketjen com a Koninklijke Zwanenberg Organon deu origem à Koninklijke Zout Organon.

1968 - Com a fusão da Koninklijke Zout Organon com a AKU, surge a Akzo.

A Nobel IndustriesEditar

  • 1984 - A Nobel Industries foi fundada depois da fusão da KemaNobel (1871) com a Bofors (1646). Depois dessa associação, outras empresas bem conhecidas como Berol, Crown Berger, Eka e Sadolin & Holmblad foram adquiridas.
  • 1991 - Houve uma grande reestruturação financeira, e a estatal Securum tornou-se a principal acionista da Companhia.

Fusão das duas empresasEditar

  • 1994 - Akzo Nobel é formada através da aquisição das ações da Nobel pertencentes à Securum, e de uma bem sucedida oferta pelas ações remanescentes.
  • 1998 - Akzo Nobel adquire a Courtaulds, multinacional do ramo químico, líder no mercado de revestimentos industriais de alta tecnologia e fibras sintéticas. Fundada em 1816 como uma companhia de tecelagem de seda, a Courtaulds foi a pioneira na indústria mundial de fibras sintéticas, no início do século XX. Suas marcas mais conhecidas são as tintas International, as fibras acrílicas Courtelle e a fibra de celulose Tencel.
  • 1999 - Akzo Nobel vende o Grupo Fibras, agora conhecido como Acordis para a CVC Capital Partners e, em novembro, adquire a HRVet, a divisão de produtos veterinários da Hoechst AG. Com essa transação, a Intervet tornou-se uma das líderes internacionais no mercado farmacêutico veterinário.
  • 2018 - A divisão química foi alienada sob um novo nome Nouryon

LogotiposEditar

Propostas de compra pela PPGEditar

Em março de 2017 a AkzoNobel rejeitou uma oferta de compra de aproximadamente 22 bilhões de dólares da empresa PPG Industries. [2] A proposta foi repetida mais duas vezes, novamente, sem sucesso.[3]

ReferenciasEditar

  1. a b c «AkzoNobel Report 2017». AkzoNobel. Consultado em 17 de março de 2018. Cópia arquivada em 17 de março de 2018 
  2. «AkzoNobel, dona da Coral, rejeita oferta de US$ 22 bilhões da PPG». Valor Econômico. Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  3. «Akzo rejeita terceira oferta da PPG para criar gigante das tintas». www.jornaldenegocios.pt. Consultado em 2 de janeiro de 2021 

Ligações externasEditar