Abrir menu principal
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde novembro de 2018)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.

Alberto André Feijó Delpino (Juiz de Fora, 10 de Agosto de 1864Belo Horizonte, 15 de Março de 1942) foi um reputado pintor, desenhista, caricaturista, escultor, arquiteto e professor brasileiro.

Depois do estudo de humanidades realizado no Mosteiro de São Bento do Rio de Janeiro, Delpino ingressou na Academia Imperial de Belas Artes de onde saiu formado em pintura, desenho, escultura e arquitetura. Teve por professores os artistas mais conceituados de sua época: Pedro Américo, Vitor Meireles, José Maria de Medeiros, Augusto Rodrigues Duarte, João Zeferino da Costa, os alemães Georg Grimm e Benno Treidler, Almeida Reis, Rodolfo Bernardelli, Francisco Joaquim Béthencourt da Silva e Giovanni Battista Pagani.

Retrato oficial de Tiradentes, pintura de Alberto Delpino

Artista plástico mineiro condecorado pelo Imperador D. Pedro II, cunhava as moedas do Império e foi o criador da célebre imagem do Tiradentes enforcado.

Mestre em artes, fundou a Escola de Arte de Ouro Preto.

Pai do homônimo, Alberto Delpino Junior, articulista do Movimento Modernista Mineiro e Organizador do Salão do Bar Brasil de 1936,e tio Avô de Pedro Henrique Colombini Delpino.

Ligações externasEditar