Aleluia da Missa de Pentecostes

O Aleluia da Missa de Pentecostes, Gradual da Missa de Pentecostes ou Gradual do Espírito Santo é uma das unidades funcionais da Missa católica da festa de Pentecostes, que utiliza o texto Alleluia, Emitte Spiritum tuum. Embora ocupe o lugar convencionalmente destinado ao Gradual, na estrutura da Missa católica, a Missa de Pentecostes emprega um Aleluia, unidade funcional que principia por essa palavra[1][2][3][4][5][6] e, por essa razão, na tradição luso-brasileira anterior ao século XX, o Aleluia da Missa de Pentecostes foi muitas vezes denominado Gradual do Espírito Santo.

Composições musicaisEditar

Na Idade Média, o Aleluia da Missa de Pentecostes era cantado em canto gregoriano, mas a partir do século XVI passou a ser musicado também em polifonia, por autores como William Byrd, Johann Evangelist Habert, Paul Leo Söhner e Samuel Webbe. No Brasil existem composições para essa cerimônia por autores como José Maurício Nunes Garcia, João de Araújo Silva e Miguel Teodoro Ferreira, além de outros autores não identificados, a partir de fins do século XVIII, especialmente no Museu da Música de Mariana.[7][8]

Texto latinoEditar

Aleluia da Missa de Pentecostes (Salmo 103, 30)
Alleluia, alleluia. Aleluia, aleluia.
V. Emitte Spiritum tuum, et creabuntur:

et renovabis faciem terræ. Alleluia.

V. Enviai o vosso Espírito, que produza nova criação: ficará assim renovada a face da terra. Aleluia.
Alleluia, alleluia. Aleluia, aleluia.
V. Veni, Sancte Spiritus, reple tuorum corda fidelium: et tui amoris in eis ignem accende. V. Vinde, Espírito Santo, enchei o curacao dos vossos fieis e acendei neles o fogo do vosso amor.

Composições internacionais para o Aleluia da Missa de PentecostesEditar

Composições no Brasil para o Aleluia da Missa de PentecostesEditar

Ver também (Wikipédia)Editar

Referências

  1. COELHO, Antônio. Curso de liturgia romana. 3. ed. Negrelos: Edições “Ora et Labora” / Mosteiro de Singeverga, 1950. 2 v.
  2. BREVIARIUM Romanum ex Decreto Sacrosancti Concilii Tridentini Restitutum Summorum Pontificium Cura Recognitum cum nova psalteri versione Pii Papæ XII jussu edita juxta editionem novam typicam. Romæ, Tornaci, Parisiis: Typis Societatis S. Joannis Evangelistæ Desclée & Cie, [1954]. 4 v.
  3. LIBER Usualis Missæ pro Dominicis et Festis Duplicibus cum cantu gregoriano ad exemplar editionis typicæ concinnatus et Rhythymicis signis a solesmensibus monachis: diligenter ornatus. Editio Altera. Romæ, Tornæi:Typis Societatis S. Joannis Evang. / Desclée & Socii, 1910. 992, [60] p.
  4. OFFICIUM Hebdomadæ Sanctæ secundum Missale et Breviarium Romanum Pii V. Pont. Max. jussu editum Clementis VIII. et Urbani VIII. auctoritate recognitum. Editio secunda cantu chorali aucta per F. J. Vilsecker, Cantorem Ecclesiæ Cathedrali Passaviensis. auctoritate Reverendissimi Domini Domini Henrici, Episcopi Passaviensis. Landishuti: J. G. Wölfle / Libraria Universitatis Krüliana, 1856 [1ª ed.: Passaviæ: Librariæ Pustetianæ, 1842]. 482 p.
  5. OFFICIUM Majoris Hebdomadæ a Dominica in Palmis usque ad Sabbatum in Albis juxta ordinem Breviarii, Missalis et Pontificalis Romani cum cantu emendato editum sub auspiciis Sanctissimi Domini Nostri Pii PP. IX. Curante Sacr. Rituum Congregatione. Cum Privilegio. Editio altera, Ratisbonæ, Neo Eboiraci et Cincinatti: Friderici Pustet, 1882. 540, 8* p.
  6. SARMENTO, Francisco de Jesus Maria. MANUAL / DA / SEMANA SANTA / PARA OS OFFICIOS ECCLESIASTICOS, / que se celebrão nas Horas Matutinas / dos veneraveis Dias / DE / DOMINGO DE RAMOS, / QUINTA FEIRA SANTA, / E SESTA FEIRA DA PAIXÃO. / Traduzidos no idioma Portuguez / Para espiritual consolação, e proveitosa / intelligencia dos que ignorão a Lingua / Latina. / Ajuntão se algumas Orações para antes, e / depois dos Santos Sacramentos da Peni-/tencia, e Eucaristia, e para visitar de-/votamente as Igrejas: E varias Illustrações Históricas, e Reflexões Moraes sobre / os Mysterios, que se recordão em toda esta / Semana até Domingo de Pascoa. / Por Fr. FRANCISCO / DE JESUS MARIA SARMENTO, / Comissionario da Veneravel Ordem Terceira / do Convento de Nossa Senhora de Jesus / de Lisboa. / LISBOA / NA REGIA OFFICINA TYPOGRAFICA / ANNO MDCCLXXV. / Com Licença da Real Meza Censoria. 261p.
  7. SILVA, João de Araújo. Gradual do Espírito Santo (quatro vozes, violinos I e II, baixo); edição: Marcelo Campos Hazan e Paulo Castagna. In: CASTAGNA, Paulo (coord.). Pentecostes; coordenação musicológica Paulo Castagna; coordenação editorial Carlos Alberto Figueiredo; pesquisa, edição e texto Marcelo Campos Hazan, Vítor Gabriel de Araújo, André Guerra Cotta, Paulo Castagna. Belo Horizonte: Fundação Cultural e Educacional da Arquidiocese de Mariana, 2002. AMB-03, v.1, n.3, p.127-138. (Acervo da Música Brasileira / Restauração e Difusão de Partituras, v.1)
  8. FERREIRA, Miguel Teodoro. Gradual e Ofertório do Espírito Santo (quatro vozes, violinos I e II, baixo, trompas I e II); edição Marcelo Campos Hazan e Paulo Castagna. In: CASTAGNA, Paulo (coord.). Pentecostes; coordenação musicológica Paulo Castagna; coordenação editorial Carlos Alberto Figueiredo; pesquisa, edição e texto Marcelo Campos Hazan, Vítor Gabriel de Araújo, André Guerra Cotta, Paulo Castagna. Belo Horizonte: Fundação Cultural e Educacional da Arquidiocese de Mariana, 2002. AMB-04, v.1, n.4, p.139-155. (Acervo da Música Brasileira / Restauração e Difusão de Partituras, v.1)