Abrir menu principal
Quartiere Alessandrino

Alessandrino é o vigésimo-terceiro quartiere de Roma e normalmente indicado como Q. XXIII. Seu nome é uma referência ao Aqueduto Alexandrino, obra do imperador romano Alexandre Severo (r. 222-235).

GeografiaEditar

O quartiere Alessandrino fica na região leste da cidade. Suas fronteiras são:

  • ao norte está a zona Z. VIII Tor Sapienza, separada pela Via Prenestina, da Viale Palmiro Togliatti até a Via di Tor Tre Teste.
  • a leste está a zona Z. XII Torre Spaccata, separada pela Via di Tor Tre Teste inteira, da Via Prenestina até a Via Casilina.
  • ao sul está o quartiere Q. XXIV Don Bosco, separado pela Via Casilina, da Via di Tor Tre Teste até a Viale Palmiro Togliatti.
  • a oeste está o quartiere Q. XIX Prenestino-Centocelle, separado pela Viale Palmiro Togliatti, da Via Casilina até a Via Prenestina.

Além disto, os bairros históricos de Quarticciolo e Tor di Tre Teste são parte deste quartiere.

HistóriaEditar

Alessandrino foi criado em 1961 a partir da transformação do antigo subúrbio S. IV Prenestino-Labicano. Ainda hoje existem placas com a numeração "S. IV" no quartiere. Durante a ocupação alemã de Roma, esta região foi importante para a resistência romana graças ao bando Gobbo del Quarticciolo, de Giuseppe Albano, que o controlava. Por conta disto, os alemães consideravam a região um "ninho de vespas", juntamente com as zonas Centocelle, Torpignattara, Quadraro e o borgo Gordiani. Em março de 2013[1], na esquina entre a Via Prenestina e a Via di Tor Tre Teste, durante as obras de construção de um novo edifício, foi encontrada uma necrópole do período entre o século I a.C. e II d.C. no trajeto da antiga Via Prenestina. A parte descoberta da estrada tem 50 metros de comprimento por 4 de largura e com duas calçadas com 2 metros de largura que separam 22 mausoléus: no lado norte, onze de planta quadrada e do lado sul, outros dez planta quadrada e um de planta circular. Foram descobertos também 105 túmulos e diversos urnas funerárias.

Vias e monumentosEditar

EdifíciosEditar

Referências

  1. «Nuove scoperte archeologiche lungo la via Prenestina» (em italiano). SaicheaRoma 
  2. Ballini, Valeriano (26 de maio de 2009). «CITTA' ALESSANDRINA - Centro Culturale Integrato» (em italiano). archilovers 

BibliografiaEditar

  • Carpaneto, Giorgio (1997). I quartieri di Roma (em italiano). [S.l.]: Newton Compton Editori. ISBN 978-88-8183-639-0 
  • Cerchiai, Claudia (1991). I Rioni e i Quartieri di Roma. QUARTIERE XXIII. ALESSANDRINO (em italiano). 8. [S.l.]: Newton Compton Editori 
  • Rendina, Claudio; Paradisi, Donatella (2004). Le strade di Roma (em italiano). 1. [S.l.]: Newton Compton Editori. ISBN 88-541-0208-3 
  • Rendina, Claudio (2006). I quartieri di Roma (em italiano). 2. [S.l.]: Newton Compton Editori. ISBN 978-88-541-0595-9 

Ligações externasEditar