Abrir menu principal

O alfabeto galego, segundo a representação gráfica atual oficial, tem 23 letras e 6 dígrafos, além das letras (ç, j, k, w e y) usadas em estrangeirismos, abreviaturas e símbolos internacionais.

Letra Nome Fonema(s) que representa
A a /a/
B be /b/
C ce /θ/ (+ e e i; /s/ em zonas com seseo);
/k/ (+ a, o e u)
D de /d/
E e /e/, /ɛ/
F efe /f/
G gue /g/ (/x/ em zonas com "gheada")
H hache
I i /i/, /j/
L ele /l/
M eme /m/
N ene /n/
Ñ eñe /ɲ/
O o /o/, /ɔ/
P pe /p/
Q que /k/
R erre /r/, /ɾ/
S ese /s/
T te /t/
U u /u/, /w/
V uve /b/
X xe /ʃ/, /ks/
Z zeta /θ/ (/s/ nas zonas com seseo)
Dígrafo Nome Fonema(s) que representa
ch ce hache /tʃ/
gu gue u /g/
ll ele dobre /ʎ/
nh ene hache /ŋ/
qu que u /k/
rr erre dobre /r/

No galego-português existiam também as letras j (/ʃ/) g (/ʃ/ con e e i), ç (/θ/; /s/ nas zonas com seseo), e os dígrafos lh (/ʎ/), nh (/ɲ/) e -ss-. Algumas destas formas aparecem em forma minoritária em textos literários dos séculos XIX e XX, as usando com coerência e sistematicidade nas correntes reintegracionistas atuais.

Ver tambémEditar