Algoso

localidade e antiga freguesia do Vimioso, Portugal

Algoso foi uma freguesia portuguesa do município do Vimioso com uma área de 37,11 km² [1] e 281 habitantes (2011),[2] tendo assim uma densidade demográfica de 7,6 hab/km².

Portugal Algoso 
  Freguesia portuguesa extinta  
Localização
Algoso está localizado em: Portugal Continental
Algoso
Localização de Algoso em Portugal Continental
Mapa de Algoso
Coordenadas 41° 28' 14" N 6° 34' 32" O
município primitivo Vimioso
município (s) atual (is) Vimioso
Freguesia (s) atual (is) Algoso, Campo de Víboras e Uva
História
Extinção 28 de janeiro de 2013
Características geográficas
Área total 37,11 km²
População total (2011) 281 hab.
Densidade 7,6 hab./km²
Outras informações
Orago São Sebastião

A freguesia foi extinta (agregada) pela reorganização administrativa de 2013,[3] tendo sido integrada na freguesia de Algoso, Campo de Víboras e Uva.

Constituiu, com seu Castelo, uma importante possessão da Ordem do Hospital de São João de Jerusalém, de Rodes e de Malta, ou, simplesmente, Ordem de Malta, como é hoje mais conhecida esta antiquíssima Ordem Religiosa e Militar. Razão pela qual o brasão da freguesia ostenta a cruz da referida Ordem em chefe[4].

Foi vila e sede de concelho até ao início do século XIX. Era constituído pelas freguesias de Atenor, Silva, Saldanha, Travanca, Urrós, Algoso, Matela, Uva, Avinhó, Figueira de Algoso, Fonte Ladrão, Granja de São Pedro da Silva, Gregos, Junqueira, Mora, São Cristóvão de Malta, Teixeira, Vale Certo, Vale de Algoso e Vila Chã da Ribeira. Tinha, em 1801, 3 339 habitantes.


PopulaçãoEditar

População da freguesia de Algoso [5]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
628 624 609 686 667 538 624 721 742 739 594 520 337 279 281

LocalidadesEditar

A Freguesia era composta por 2 aldeias:

  • Algoso
  • Vale de Algoso

PatrimónioEditar


Referências

  1. IGP (2012). «Áreas das freguesias, municípios e distritos/ilhas da CAOP 2012.1» (XLS-ZIP). Carta Administrativa Oficial de Portugal (CAOP), versão 2012.1. Instituto Geográfico Português. Consultado em 30 de julho de 2013. Cópia arquivada em 9 de novembro de 2013 
  2. INE (2012). «Quadros de apuramento por freguesia» (XLSX-ZIP). Censos 2011 (resultados definitivos). Tabelas anexas à publicação oficial; informação no separador "Q101_NORTE". Instituto Nacional de Estatística. Consultado em 27 de julho de 2013. Cópia arquivada em 8 de outubro de 2014 
  3. Lei n.º 11-A/2013, de 28 de janeiro: Reorganização administrativa do território das freguesias. Anexo I. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Suplemento, de 28/01/2013.
  4. PINHO, António Brandão de (2017). A Cruz da Ordem de Malta nos Brasões Autárquicos Portugueses. Lisboa: Chiado Editora. 426 páginas. Consultado em 28 de agosto de 2017 
  5. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes


  Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.