Almutaqui

Abu Ixaque Ibraim ibne Jafar Almoctadir (em árabe: أبو إسحاق إبراهيم بن جعفر المقتدر; romaniz.: Abu Ishaq Ibrahim ibn Jaʿfar al-Muqtadir; 908 - julho de 968) mais conhecido por seu título de reinado Almutaqui (em árabe: المتقي; romaniz.: Al-Muttaqi), foi o califa do Califado Abássida em Baguedade de 940 a 944. Seu reinado marcou o início do Período Abássida Tardio (940–1258).

Almutaqui
Miralmuminim
Dirrã de Almutaqui com o nome do califa e de Bajecã
21.º califa do Califado Abássida
Reinado Setembro de 944 – 29 de janeiro (ou 9 de março) de 946
Antecessor(a) Arradi
Sucessor(a) Almostacfi
 
Nascimento ca. 908
  Baguedade
Morte julho de 968
Descendência Ixaque
Dinastia abássida
Pai Almoctadir
Mãe Calube Zará
Religião Islão sunita

ReinadoEditar

Almutaqui era, respectivamente, filho e irmão de seus antecessores Almoctadir e Arradi (r. 934–940).[1] Com a morte de seu irmão em 940, o emir de emires Bajecã, que estava em Uacite, enviou seu secretário a Baguedade para convocar concílio dos aristocratas abássidas, que selecionaram Almutaqui como sucessor.[2] Em 21 de abril de 941, Bajecã foi morto e o califa nomeou um novo vizir, mas foi logo compelido a instalar o líder albárida Abu Abedalá Albaridi no posto, que manteve-o até a amotinação do exército resultar na nomeação do líder dailamita Curanquije como emir de emires (1 de julho).[3] Nos anos que se seguiram, Almutaqui ressentiu a dominação dos vários senhores da guerra e tentou recuperar a independência e autoridade de seu ofício e contatou o poderoso e virtualmente independente governante do Egito, Maomé ibne Tugueje Iquíxida. Em resposta, o iquíxida lançou uma campanha através da Síria e em agosto de 944 encontrou o califa em Raca, onde tentou persuadi-lo a mover-se para o Egito. Almutaqui recusou-se, e em vez disso retornou para Baguedade, confiante do apoio de Tuzum. Com a aproximação do califa, contudo, Tuzum encontrou-se com ele, cegando-o e depondo-o em favor de Almostacfi.[4][5]

Referências

  1. Canard 1986, p. 866–867.
  2. Muir 1924, p. 572.
  3. Amedroz 1921, p. 9–18.
  4. Kennedy 2004, p. 196, 312.
  5. Bacharach 2006, p. 55–56.

BibliografiaEditar

  • Amedroz, Henry F.; Margoliouth, David S. (1921). The Eclipse of the ‘Abbasid Caliphate. Original Chronicles of the Fourth Islamic Century, Vol. V: The concluding portion of The Experiences of Nations by Miskawaihi, Vol. II: Reigns of Muttaqi, Mustakfi, Muzi and Ta'i. Oxford: Basil Blackwell 
  • Bacharach, Jere L. (2006). Islamic History Through Coins: An Analysis and Catalogue of Tenth-century Ikhshidid Coinage. Cairo: American University in Cairo. ISBN 9774249305 
  • Canard, Marius (1986). «Badjkam». The Encyclopedia of Islam, New Edition, Volume I: A–B. Leida e Nova Iorque: BRILL. ISBN 90-04-08114-3 
  • Kennedy, Hugh N. (2004). The Prophet and the Age of the Caliphates: The Islamic Near East from the 6th to the 11th Century (Second ed. Harlow, RU: Pearson Education Ltd. ISBN 0-582-40525-4 
  • Muir, William (1924). The Caliphate: Its Rise, Decline, and Fall. Edimburgo: John Grant