Abrir menu principal
Ama Dablam
Ama Dablam visto de sudoeste
Coordenadas 27° 51′ 40″ N, 86° 51′ 40″ L
Altitude 6.812 m (22.849 pés)
Proeminência 1.041 m
Localização Nepal
Cordilheira Himalaia
Primeira ascensão 1961 por Mike Gill, Barry Bishop, Mike Ward e Wally Romanes

Ama Dablam é uma montanha no leste do Nepal. O seu nome significa "Mãe e Colar de Pérolas", em que o colar de pérolas é o glaciar que circunda o cume. Por vários dias, Ama Dablam domina o céu ao leste para qualquer trekking para o Monte Everest basecamp.

Ama Dablam é o terceiro mais popular pico do Himalaia para expedições. Tal como acontece com Mt. Everest, os melhores meses de escalada são abril-maio ​​(antes da monção ) e setembro-outubro.

Ama Dablam foi escalado pela primeira vez em 13 de março de 1961 por Mike Gill (NZ), Dom Barry (EUA), Mike Ward (Reino Unido) e Wally Romanes (NZ), através da Aresta Sudoeste, como parte da Expedição Científica da Silver Hut de 1960-1961, liderada por Sir Edmund Hillary.

Na noite de 13 para 14 de novembro de 2006, um grande serac colapsou do glaciar no topo, e matou seis montanhistas[1].

Ligações externasEditar

ReferênciasEditar

 
Ama Dablam (dir.), Nuptse (cent.) e Monte Everest (esq.)
  1. «Ama Dablam - avalanche». Consultado em 30 de maio de 2008. Arquivado do original em 26 de setembro de 2007 
  Este artigo sobre Geografia do Nepal, integrado ao Projeto Ásia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.