Abrir menu principal
Anacleto Medina
Nome completo Anacleto Medina y Biera
Dados pessoais
Nascimento 1788 Las Víboras
Morte 17 de julho de 1871 departamento de Colônia
Nacionalidade Uruguai Uruguaio
Vida militar


Anacleto Medina y Biera (Las Víboras, Colônia ) foi um militar uruguaio.

Filho de Luis Bernardo Medina e de Petrona Biera, falecida no ano de seu nascimento, foi batizado em 26 de julho de 1788. Participou da Guerra Cisplatina, tendo se destacado na batalha de Ituzaingó, em Camacuá e em Padre Filiberto, tendo sido um dos poucos chefes uruguaios que não lutou ao lado de Juan Antonio Lavalleja.

Durante a Guerra Grande, em 9 de janeiro de 1844, quando vinha reforçar a cidade de Salto, com 50 cavaleiros, foi atacado por Giuseppe Garibaldi com 186 legionários e 100 homens comandados pelo coronel Bernardino Baez[1], porém é ajudado pelo general Servando Gómez na Batalha de San Antonio, por volta das onze da manhã.[2]

Faleceu durante a Batalha de Manantiales, no departamento de Colônia, executado em 17 de julho de 1871.

Referências

  1. SCIROCCO, Alfonso. Garibaldi. Battaglie, amori, ideali di un cittadino del mondo, Editori Laterza, 2009. ISBN 978-88-420-8408-2
  2. DUMAS, Alexander. Le memorie di Garibaldi edizione Mursia ISBN 978-88-425-2996-5
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.