Abrir menu principal

Wikipédia β

Disambig grey.svg Nota: Se procura o filme sobre este pintor, veja Andrey Rublev.

Andrei Rublev, em russo Андре́й Рублёв, (1360 ou 13701427 ou 29 de Janeiro de 1430) é considerado o maior pintor russo de ícones, afrescos e miniaturas para iluminuras. Há pouca informação sobre sua vida. A primeira menção de Rublev é em 1405, quando decorou os ícones e afrescos da Catedral da Anunciação no Kremlin em Moscou.

Andrei Rublev
Nascimento Moscóvia
Morte 17 de outubro de 1428
Andronikov Monastery
Cidadania Moscóvia
Ocupação pintor, iconographer, iluminador
Magnum opus Christ the Redeemer, Archangel Michael, Trinity
Causa da morte peste
Página oficial
http://andrey-rublev.ru

Na arte de Rublev duas tradições se combinam: a mais alto ascetismo e a harmonia clássica das maneiras Bizantinas. As personagens em suas pinturas são sempre calmas e pacíficas. Mais tarde, sua arte se tornou o ideal quando se fala em pintura de igrejas e arte icônica.

Rublev foi canonizado em 1988 pela Igreja Ortodoxa Russa.

Índice

Representação na mídiaEditar

Em 1966, na União Soviética, o diretor Andrei Tarkovsky dirigiu um filme sobre a vida do iconografista Andrei Rublev. A película Andrei Rublev conta com o ator russo Anatoliy Solonitsyn no papel principal, a película em preto-e-branco traz representações da Rússia durante a Idade Média, bem como os conflitos existentes na época. Tem duração de 206 minutos.

O filme participou do Festival de Cannes de 1969 e é tido como uma das melhores películas de arte pelo jornal britânico The Guardian.[1]

  Este artigo sobre um(a) pintor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Obras selecionadasEditar

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Andrei Rublev

Ver tambémEditar

  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. «Andrei Rublev: the best arthouse film of all time». Consultado em 24 de setembro de 2017