Aniconismo

Aniconismo é a ausência de representações materiais do mundo natural e sobrenatural em várias culturas, particularmente nas religiões abraâmicas monoteístas. Ela pode se estender de somente a Deus, divindades e personagens santos, a todos os seres vivos e tudo o que existe. O fenômeno é geralmente codificado pelas tradições religiosas e, como tal, torna-se um tabu. Quando imposto pela destruição física das imagens, o aniconismo se torna iconoclasmo. A palavra em si deriva do grego εικων 'imagem'.[1] [2]

Referências

  1. «Early Buddhist art and the theory of aniconism». Consultado em 24 de dezembro de 2016 
  2. "Aniconism and the Multivalence of Emblems", Vidya Dehejia, Ars Orientalis, Vol. 21 (1991), pp. 45-66 (Dehejia 1991); 2011); DeCaroli, Robert 2014: Image Problems: Art, Text, and the Development of the Buddha Image in Early South Asia.(DeCaroli 2014)
  Este artigo sobre religião é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.