Abrir menu principal

António Albino da Fonseca Benevides

António Albino da Fonseca Benevides
Nascimento 11 de fevereiro de 1816
Lisboa
Morte 7 de maio de 1885 (69 anos)
Ocupação médico, escritor

António Albino da Fonseca Benevides (Lisboa, 11 de Fevereiro de 1816 - Lisboa, 7 de Maio de 1885) foi um médico português, doutorado em Medicina pela Universidade de Pisa, medico honorário da Real Câmara, do hospital de S. José, das cadeias civis e da Misericórdia, bem como sócio correspondente da Academia das Ciências de Lisboa.

BiografiaEditar

Era filho de Inácio António da Fonseca Benevides, e irmão de Francisco da Fonseca Benevides, professor da Escola Naval e do Instituto Industrial de Lisboa.

Estudou na Escola Médico-Cirúrgica de Lisboa, e doutorou-se na Universidade de Pisa. Em 25 de Outubro de 1836 foi nomeado médico do hospital de S. José, ficando efectivo a 24 de Janeiro de 1845, sendo aposentado a 10 de Outubro de 1876.

Principais PublicaçõesEditar

  • Memoria sobre o uso das nossas aguas mineraes sulphurosas nas molestias cutaneas, comprovado por observações, tanto dos medicos antigos como modernos, e destinada a generalisar a sua applicação nestas enfermidades; Lisboa, 1843
  • Memoria sobre as aguas mineraes sulfurosas, no tomo I da 2.ª série das Memorias da Academia Real das Ciências; Lisboa 1844.

ReferênciasEditar

  • PORTUGAL, Diccionario Histórico, Chorographico, Biographico, Bibliographico, Heraldico, Numismatico e Artistico Vol 2- Esteves Pereira e Guilherme Rodrigues - João Romano Torres Editores - 1906. Pág 299