Abrir menu principal
Antonio Maura y Montaner
Antonio Maura y Montaner
Presidente do governo da Espanha Espanha
Período 5 de dezembro de 1903 - 16 de dezembro de 1904
Antecessor Raimundo Fernández Villaverde
Sucessor Marcelo de Azcárraga y Palmero
Período 25 de janeiro de 1907 - 21 de outubro de 1909
Antecessor Segismundo Moret y Prendergast
Sucessor Antonio Aguilar y Correa
Período 22 de março - 9 de novembro de 1918
Antecessor Manuel García Prieto
Sucessor Manuel García Prieto
Período 15 de abril - 22 de julho de 1919
Antecessor Álvaro Figueroa y Torres Mendieta
Sucessor Joaquín Sánchez de Toca Calvo
Período 4 de agosto de 1921 - 8 de março de 1922
Antecessor Manuel Allendesalazar Muñoz
Sucessor José Sánchez Guerra y Martínez
Dados pessoais
Nascimento 2 de maio de 1853
Palma de Maiorca, Espanha
Morte 13 de dezembro de 1925 (72 anos)
Torrelodones, Espanha
Primeira-dama Constancia Gamazo
Partido Partido Conservador
Profissão advogado, escritor e político
linkWP:PPO#Espanha

Antonio Maura y Montaner, em catalão Antoni Maura i Montaner GCTE (Palma de Maiorca, 2 de maio de 1853Torrelodones, 13 de dezembro de 1925), foi um político e escritor espanhol.

Ocupou o lugar de presidente do governo de Espanha.

Sendo Súbdito de Sua Majestade Católica e Presidente do Conselho de Ministros, foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito a 7 de Janeiro de 1904 (Diário do Governo, N.° 8, 12 de Janeiro de 1904).[1]

Foi sepultado no Cemitério de San Isidro.[2]

Referências

  1. Jorge Eduardo de Abreu Pamplona Forjaz (2012). Mercês Honoríficas do Século XX (1900-1910). [S.l.]: Guarda-Mor, Lisboa. 97 
  2. Rico de Estasen, José (3 de novembro de 1935). «En el día de los muertos. El cementerio de San Isidro». Madrid. Blanco y Negro: 116-117 

Ver tambémEditar