Arleth Rocío Terán Sotelo (Ciudad Victoria, 3 de dezembro de 1976) é uma atriz mexicana[1].

Arleth Terán
Arleth Terán
Nome completo Arleth Rocío Terán Sotelo
Nascimento 3 de dezembro de 1976 (47 anos)
Ciudad Victoria, Tamaulipas  México
Estatura 1,66m
Ocupação atriz
Período de atividade 1994 - presente
Principais trabalhos Barbara em Tú y yo
Priscila Luna Guerra em Primer amor... a mil por hora
Priscila Alvear em Mañana es para siempre

Carreira

editar

Iniciou sua carreira artística, na década de 1980, realizando comerciais de televisão em San Luis Potosí.

Em 1994 ela ingressou no Centro de Formação Artística da Televisa (CEA), durante a sua preparação como atriz recebeu muitas oportunidades para entrar no competitivo mundo da televisão.

Suas primeiras aparições foram nas telenovelas El vuelo del águila (1994), Agujetas de color de rosa (1994), Confidente de secundaria (1996) e Canción de amor (1996), e tendo papéis maiores na novelas Mi pequeña traviesa (1998), Tres mujeres (1998), Alma rebelde (1999) e Primer amor... a mil por hora (2000). Em 2002 fez parte do programa Big Brother VIP. O curioso é que a maior parte das personagens interpretadas pela atriz são vilãs

Seu grande trabalho tem sido reconhecido por muitos críticos, tanto nacional como internacionalmente, e por isso que tem inúmeros prêmios, como "Golden Eagle" na Venezuela, "ACE" prêmio de Nova York, e "El Heraldo", "Las palmas de oro" y el "Sol de oro", do México.

Em 2011, Terán, posa nua para a revista playboy, deixando os homens impressionados. Naquele ano integrou o elenco da telenovela Rafaela , interpretando Ilena.

Em 2013 integrou o elenco da telenovela Corazón indomable onde deu vida a pintora Natasha ,sendo que nessa produção compartilhou cenas com Ana Brenda Contreras ,Daniel Arenas , entre outros. Pouco tempo depois, interpreta a vilã cômica de De que te quiero, te quiero.

Em 2015 integrou o elenco de Hasta el fin del mundo , produzida por Díaz Gonzalez para a Televisa. No mesmo ano, interpretou a grande vilã Vanessa, da nova adaptação da telenovela Simplemente María[2].

Vida pessoal

editar

Em 1996, durante as gravações da telenovela Tú y yo, a atriz foi apontada como o pivô da separação de Joan Sebastian e Maribel Guardia, protagonistas da novela e casados na vida real[3]. A atriz realmente teve um caso com o cantor, porém por vários motivos, durou pouco tempo[4].

Em 1 de junho de 2017, deu à luz ao seu primeiro filho León Alexander, fruto da sua relação com o produtor de cinema Matthias Ehrenberg[5].

Filmografia

editar

Telenovelas

editar

Séries de TV

editar
  • Como dice el dicho (2014)
  • Mujer, casos de la vida real (2002)
  • Big Brother VIP 3 (2004)
  • Big Brother VIP: México (2004)
  • Televiteatros (1993)

Cinema

editar
  • Animales en Peligro (video) (2004)
  • Secretarias privadíssimas (2000)
  • Milenio, el principio del fin (2000)
  • Confidente de Secundária (1996)

Referências

  1. «Arleth Terán, ¿Qué fue de la villana de las telenovelas?» (em espanhol). Chic Magazine. 14 de abril de 2021. Consultado em 11 de fevereiro de 2023 
  2. «Arleth Terán regresa a la TV como villana» (em espanhol). La Prensa. 25 de setembro de 2015. Consultado em 11 de fevereiro de 2023 
  3. «Arleth Terán y el escándalo que todavía la persigue (y la condena) 25 años después» (em espanhol). Yahoo. 24 de agosto de 2021. Consultado em 11 de fevereiro de 2023 
  4. «Joan Sebastian: Así fue el corto e intenso romance que tuvo con Arleth Terán» (em espanhol). Unicable. 16 de junho de 2021. Consultado em 11 de fevereiro de 2023 
  5. «Ya nació el hijo de Arleth Terán» (em espanhol). Zocalo. 2 de junho de 2017. Consultado em 11 de fevereiro de 2023 

Ligações externas

editar