Artogerassa (em armênio/arménio: Արտագերս; transl.: Artagerk) foi fortaleza histórica no cantão de Arsarúnia, província de Airarate, na Armênia. Até agora, sua localização exata não foi especificada. Alguns identificam-a com a Fortaleza Azul que estava na mesma província e é citada por historiadores posteriores armênios e estrangeiros. No século IV, o rei Ársaces II (r. 350–368) a reconstruiu e manteve ali o tesouro real. Pouco após sua morte, sua esposa Faranjem e o herdeiro Papas (r. 370–374) ali se escondem devido a invasão da Armênia por tropas do Império Sassânida, mas foram cercados. Ela é capturada e Faranjem e o tesouro real foram levados à Pérsia.[1][2]

Referências

BibliografiaEditar

  • Hakobyan, T. Kh. (1990). Հայ ժողովրդի պատմության հիշարժան վայրերը [Lugares Memoráveis da História do Povo Armênio]. Erevã: Luys 
  • Lenski, Noel Emmanuel (2003). Failure of Empire: Valens and the Roman State in the Fourth Century A.D. Berkeley e Los Angeles: Imprensa da Universidade da Califórnia. ISBN 978-0-520-23332-4