Abrir menu principal
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde dezembro de 2010). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
La sete, 1934. Foto de Paolo Monti (Fondo Paolo Monti, BEIC)

Arturo Martini (1889-1947) foi um importante escultor italiano entre a Primeira Guerra Mundial e a Segunda Guerra Mundial. Ele trabalhou com o Classicismo romano antigo e o modernismo. Em 1939, abandonou a escultura totalmente e escreveu um livro chamado "A Escultura está morta" - talvez em resposta ao regime fascista que oprimia todos os escultores italianos.

Ícone de esboço Este artigo sobre um escultor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.