Na mitologia grega Asopo é o nome de vários personagens, alguns deles sendo deus-rios da Grécia.

Pai de EginaEditar

Quando Egina foi raptada por Zeus, Asopo, a procurando, chegou a Corinto, e descobriu de Sísifo que o raptor era Zeus.[1] Asopo tentou seguir Zeus, mas este usou seus raios e forçou Asopo a retornar às suas correntes normais[1]. Sísifo, por ter informado Asopo, foi parar no submundo , onde sofre o castigo conhecido como o trabalho de Sísifo[carece de fontes?]. Égina, por sua vez, foi levada à ilha de Oenone, que passou a se chamar Égina.[1][2]

Ele é um filho de Oceano e Tétis.[1][3][4]

Outras versõesEditar

Existem outras versões sobre Asopo, possivelmente se referem a outros rios de mesmo nome:

A personagens de nome Asopo são atribuídos várias filhas e alguns filhos:[4]

Referências

  Este artigo sobre mitologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.