Associação Mundial de Psiquiatria

A Associação Mundial de Psiquiatria ou Associação Psiquiátrica Mundial (AMP/APM; em inglês, World Psychiatric Association, WPA) é uma organização internacional das sociedades psiquiátricas.

World Psychiatric Association
World Psychiatric Association logo.png
O logotipo da WPA consiste na letra grega Psi sobreposta a um globo abstrato, de modo que o hemisfério sul do globo esteja definido na parte curva da letra.
Fundação 1961
Propósito Promover o avanço da psiquiatria e da saúde mental de todos os povos do mundo.
Profissão Psiquiatria
Sede Secretariado da WPA. Hospital Psiquiátrico, 2, ch. du Petit-Bel-Air, Chêne-Bourg, Genebra, Suíça
46° 12′ 19″ N, 6° 12′ 27″ L
Presidente Helen Herrman
Secretário Geral Roy Abraham Kallivayalil
Sítio oficial wpanet.org
Congresso regional da AMP 2014

Objetivos e metasEditar

Originalmente criada para produzir congressos psiquiátricos mundiais, evoluiu para realizar reuniões regionais, promover a educação profissional e estabelecer padrões éticos, científicos e de tratamento para a psiquiatria.

HistóriaEditar

Jean Delay foi o primeiro presidente da Associação para a Organização dos Congressos Mundiais de Psiquiatria quando ela começou em 1950.[1] Donald Ewen Cameron tornou-se presidente da Associação Psiquiátrica Mundial em sua fundação formal em 1961.[2]

Em fevereiro de 1983, a Sociedade de Toda União Soviética de Neurologistas e Psiquiatras renunciou da Associação Psiquiátrica Mundial. Essa renúncia ocorreu como uma ação preventiva em meio a um movimento para expulsar o corpo soviético da organização global devido ao abuso político da psiquiatria na União Soviética.[3][4] O corpo soviético foi readmitido condicionalmente na Associação Psiquiátrica Mundial em 1989, após algumas melhorias nas condições de direitos humanos[5] e um intenso debate entre os delegados da associação, em que o secretário interino da delegação soviética emitiu uma declaração concordando que "anteriormente condições políticas na URSS criaram um ambiente no qual ocorreram abusos psiquiátricos, inclusive por razões não médicas".[6]

Conforme 2017, Helen Herrman é presidente, e Afzal Javed é presidente-eleito.[7]

Locais do Congresso Mundial e liderança da WPA[2]
Ano Congresso Mundial Presidente secretário geral
Nome País Nome País
1950 Paris, França Jean Delay França Henry Ey França
1957 Zurique, Suíça
1961 Montreal no Canadá D. Ewen Cameron Canadá
1966 Madri, Espanha Juan J. López-Ibor Espanha Denis Leigh Reino Unido
1972 Cidade do México, México Howard Rome EUA
1977 Havaí, EUA Pierre Pichot França Peter Berner Áustria
1983 Viena, Áustria Costas Stefanis Grécia Fini Schulsinger Dinamarca
1989 Atenas, Grécia Jorge A. Costa e Silva Brasil Juan J. López-Ibor, Jr. Espanha
1993 Rio de Janeiro, Brasil Felice Lieh-Mak Hong Kong
1996 Madri, Espanha Norman Sartorius Suíça Juan Mezzich EUA
1999 Hamburgo, Alemanha Juan J. López-Ibor, Jr. Espanha
2002 Yokohama, Japão Ahmed Okasha Egito John Cox Reino Unido
2005 Cairo, Egito Juan Mezzich EUA
2008 Praga, República Tcheca Mario Maj Itália Levent Kuey Peru
2011 Buenos Aires, Argentina Pedro Ruiz[8] EUA
2014 Madri, Espanha[9] Dinesh Bhugra[7] Reino Unido Roy Abraham Kallivayalil[7] Índia
2017 Berlim, Alemanha [10] Helen Herrman[7] Austrália Roy Abraham Kallivayalil Índia
2018 Cidade do México, México Helen Herrman Austrália Roy Abraham Kallivayalil Índia
2019 Lisboa, Portugal Helen Herrman Austrália Roy Abraham Kallivayalil Índia

EstruturaEditar

Conforme 2016, os membros institucionais da Associação Psiquiátrica Mundial são 138 sociedades psiquiátricas nacionais em 118 países, representando mais de 200.000 psiquiatras em todo o mundo.[11] As sociedades estão agrupadas em 18 zonas e quatro regiões: Américas, Europa, África e Oriente Médio e Ásia e Australásia.[12] Os representantes das sociedades constituem a Assembleia Geral da Associação Psiquiátrica Mundial, o órgão de governança da organização.[12][13] A associação também possui membros individuais e existem disposições para a afiliação de outras associações (por exemplo, aquelas que lidam com um tópico específico em psiquiatria).[12][13] Há 72 seções científicas.[11]

PublicaçõesEditar

A publicação oficial da associação é World Psychiatry.[14] World Psychiatry e os livros oficiais da associação são publicados pela Wiley-Blackwell.[15] A WPA também autopublica um boletim trimestral em seu site.[16]

Várias seções científicas da WPA têm seus próprios jornais e boletins oficiais:

Revistas[17]
Activitas Nervosa Superior (Psychiatric Electrophysiology Section)[18]
Archives of Women's Mental Health (Women's Mental Health Section)[15][19]
History of Psychiatry (History of Psychiatry Section)
Idee in Psichiatria (Ecology, Psychiatry and Mental Health Section)
International Journal of Mental Health (Psychiatric Rehabilitation Section)
Journal of Affective Disorders (Affective Disorders Section)
Journal of Intellectual Disability Research (Psychiatry of Intellectual Disability Section)
Journal of Mental Health Policy and Economics (Mental Health Economics Section)
Personality and Mental Health (Personality Disorders Section)
Psychiatry in General Practice (Rural Mental Health Section)
Psychopathology (Classification, Diagnostic Assessment and Nomenclature Section; Clinical Psychopathology Section)
Revista de Psicotrauma (Disaster Psychiatry Section)
Revue Francophone du Stress et du Trauma (Disaster Psychiatry Section)
Transcultural Psychiatry (Transcultural Psychiatry Section)
Boletins
Art & Psychiatry Section (Section of the Psychopathology of Expression)[20]
Child and Adolescent Psychiatry[21]
Early Career Psychiatrists[22]
Psyche and Spirit (Section on Religion, Spirituality and Psychiatry) [23]
Psychological Consequences of Torture and Persecutions Section
Psychotherapy Section
World Healer (Transcultural Psychiatry Section)[24]

AtividadesEditar

A associação ajudou a estabelecer um código de ética profissional para psiquiatras.[11][25] A associação também investigou acusações sobre o tratamento da China ao Falun Gong.[26]

Referências

  1. «History of the World Psychiatric Association». World Psychiatric Association 
  2. a b «World Psychiatric Association Chronology». World Psychiatric Association 
  3. Vera Rich, Soviet psychiatry: pre-emptive resignation?, Nature (February 17, 1983).
  4. Allan Wynn, The Soviet Union and the World Psychiatric Association, The Lancet (February 19, 1983).
  5. Masha Hamilton, Soviets Win Praise From Amnesty International, Los Angeles Times (April 2, 1989).
  6. Paul Anastasi, Soviets Conditionally Readmitted To World Psychiatric Association, New York Times (October 18, 1989).
  7. a b c d «The Executive Committee». World Psychiatric Association 
  8. Ruiz. «Greetings from Pedro Ruiz, new WPA President». World Psychiatric Association  |nome3= sem |sobrenome3= em Authors list (ajuda)
  9. «General Assembly 2014». World Psychiatric Association 
  10. «17th WPA World Congress of Psychiatry "Psychiatry of the 21st Century: Context, Controversies and Commitment"». World Psychiatric Association 
  11. a b c «About the World Psychiatric Association». World Psychiatric Association 
  12. a b c «World Psychiatric Association (WPA) By-laws» (PDF). World Psychiatric Association 
  13. a b «World Psychiatric Association (WPA) Statutes» (PDF). World Psychiatric Association 
  14. «Archive of "World Psychiatry"». National Center for Biotechnology Information, U.S. National Library of Medicine  |obra= e |publicação= redundantes (ajuda)
  15. a b «Latest Publications». World Psychiatric Association 
  16. «WPA News: Past Issues». World Psychiatric Association 
  17. «Journals & Volumes Produced by WPA Sections». World Psychiatric Association 
  18. «ANS: The Journal for Neurocognitive Research». Activitas Nervosa Superior 
  19. «Archives of women's mental health». National Center for Biotechnology Information, U.S. National Library of Medicine  |obra= e |publicação= redundantes (ajuda)
  20. «Art & Psychiatry». World Psychiatric Association 
  21. «Child & Adolescent Psychiatry». World Psychiatric Association 
  22. «Early Career Psychiatrists». World Psychiatric Association 
  23. «Newsletter». World Psychiatric Association: Section on Religion, Spirituality and Psychiatry 
  24. «World Healer». World Psychiatric Association - Transcultural Psychiatry Section 
  25. «Madrid Declaration on Ethical Standards for Psychiatric Practice». World Psychiatric Association 
  26. «Secretary General's summary of the proceedings and conclusions of the 2002 extraordinary and ordinary general assemblies». World Psychiatric Association 

Ligações externasEditar