Atacama Pathfinder Experiment

radiotelescópio, no observatório do Llano de Chajnantor, Chile
Atacama Pathfinder Experiment
Phot-24a-06.jpg
Informações gerais
Observatório
Administrador
Observatório Europeu do Sul, Max Planck Institute for Radio Astronomy (en), Observatório Astronómico de OnsalaVisualizar e editar dados no Wikidata
Tipo de telescópio
Radiotelescópio, Cassegrain (en), radiação cósmica de fundo em micro-ondas (en)Visualizar e editar dados no Wikidata
Websites
Dados técnicos
Diâmetro
12 mVisualizar e editar dados no Wikidata
Comprimento de onda
200 000 nm e 1 500 000 nmVisualizar e editar dados no Wikidata
Base da montagem
Geografia
Altitude
5 064 mVisualizar e editar dados no Wikidata
Localização atual
Endereço
Coordenadas

O Atacama Pathfinder Experiment (APEX) é um radiotelescópio a 5.104 metros acima do nível do mar, em um dos observatórios do Llano de Chajnantor, no deserto de Atacama, Chile, a 50 quilômetros a leste de San Pedro de Atacama a construido e operado por 3 institutos de investigação europeus.[1] O prato principal tem um diâmetro de 12 m, e é composto de 264 painéis de alumínio com uma precisão de superfície média de 17 micrómetros. O telescópio foi inaugurado oficialmente em 25 de setembro de 2005[2]. O telescópio APEX, em 2016, mapeou a área completa do plano galáctico visível do hemisfério sul, pela primeira vez em comprimentos de onda submilímetro, ou seja, entre ondas luz infravermelha e de rádio.[3]

Radiotelescópio APEX

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Topographical Map of CONICYT Science Preserve» (PDF) (em inglês). Consultado em 29 de dezembro de 2014 
  2. «ESO - APEX». ESO. Consultado em 14 de junho de 2011. Cópia arquivada em 22 de junho de 2011 
  3. "ATLASGAL survey of Milky Way completed." por ESO publicado na "ScienceDaily", (2016).

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre astronomia é um esboço relacionado ao Projeto Astronomia. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.