Atanásio V de Constantinopla

Atanásio V de Constantinopla (em grego: Αθανάσιος Ε΄) serviu como patriarca ecumênico de Constantinopla entre 1709 e 1711.

Atanásio V de Constantinopla
Nascimento século XVII
Creta
Morte 1711
Ocupação Patriarca Ecumênico de Constantinopla
Religião Igreja Ortodoxa

HistóriaEditar

Atanásio era natural de Creta. Depois de estudar em Halle, na Saxônia, ficou conhecido por sua grande erudição, fluência em outras línguas (como o latim e o árabe) e profundo conhecimento de música eclesiástica. Ele foi primeiro bispo metropolitano de Tarnovo e depois, em 1692, de Adrianópolis.

Depois que o patriarca Cipriano foi deposto e exilado em Monte Atos, Cirilo, bispo metropolitano de Cízico, foi eleito patriarca, mas, depois da intervenção do grão-vizir Çorlulu Ali Pasha, Atanásio acabou no trono. Durante seu reinado, ele foi acusado de ter tendências pró-católicas[1].

Em 4 de dezembro de 1711, Atanásio foi deposto e Cirilo pôde assumir com o título de Cirilo IV. Depois de sua deposição, dedicou-se aos estudos e fez grandes avanços no domínio da música.

Ver tambémEditar

Atanásio V de Constantinopla
(1709 - 1711)
Precedido por:  

Patriarcas ecumênicos de Constantinopla

Sucedido por:
Cipriano 215.º Cirilo IV

Referências

  1. Runciman, Steven (2010). Η Μεγάλη Εκκλησία εν αιχμαλωσία (em grego). [S.l.]: Εκδόσεις Γκοβόστη. p. 272. ISBN 9789604461301 

Ligações externasEditar