Athos Procópio de Oliveira Júnior

nadador brasileiro

Athos Procópio de Oliveira Júnior (Catanduva, 3 de janeiro de 1943) é um nadador brasileiro, que participou de duas edições dos Jogos Olímpicos pelo Brasil.[1]

Athos Procópio de Oliveira
Swimming pictogram.svg Natação Swimming pictogram.svg
Nome completo Athos Procópio de Oliveira Júnior
Estilo nado livre
nado costas
Nascimento 3 de janeiro de 1943 (79 anos)
Catanduva,  São Paulo
Nacionalidade brasileira
Compleição Altura: 1,86 m
Medalhas
Jogos Pan-Americanos
Bronze São Paulo 1963 100 metros costas
Bronze São Paulo 1963 4x200 metros livres

É formado em direito.[2]

Trajetória esportivaEditar

Athos Procópio aprendeu a nadar com a mãe, que era formada em educação física; depois mudou-se para Rio Claro, para treinar com o técnico Bruno Bucker.[2] Nadou pelas edquipes do Vasco da Gama e Club Athletico Paulistano.[2]

Nos Jogos Pan-Americanos de 1959 em Chicago,[2] Athos terminou em sétimo lugar nos 100 metros nado costas.[3] Ele também nadou os 4x100 metros medley.[4]

Nos Jogos Olímpicos de 1960 em Roma,[2] nadou os 100 metros costas e os 4x100 metros medley, não chegando à final das provas.[1]

Nos Jogos Pan-Americanos de 1963 em São Paulo,[2] ganhou duas medalhas de bronze:[2] nos 100 metros costas, e nos 4x200 metros nado livre, junto com Antônio Renzo Filho, Antônio Celso Guimarães e Peter Wolfgang Metzner.[5][6]

Athos de Oliveira fez parte da equipe brasileira campeã do revezamento 4x100 metros livre no Campeonato Sul-Americano de 1964 em Guayaquil, no Equador, sendo a equipe composta por ele, Álvaro Pires, Paulo Salles Cunha e Antônio Celso Guimarães.[7]

Nos Jogos Olímpicos de 1964 em Tóquio,[2] Athos nadou os 100 metros livre e os 4x100 metros medley, não chegando à final das provas.[1]

Logo após as Olimpíadas de Tóquio, Athos Procópio parou de competir na natação e passou a jogar tênis pelo Esporte Clube Pinheiros.[2]

Referências

  1. a b c Evans, Hilary; Gjerde, Arild; Heijmans, Jeroen; Mallon, Bill; et al. «Perfil no Sports Reference». Sports Reference (em inglês). Olympics em Sports-Reference.com. Consultado em 19 de outubro de 2015. Cópia arquivada em 4 de dezembro de 2016 
  2. a b c d e f g h i Katia Rubio. «Atletas olímpicos brasileiros». Editora SESI. Consultado em 9 de fevereiro de 2017 
  3. «Arquivo O GLOBO News - 4 de setembro de 1959, Manhã, Geral, página 14». O GLOBO. 2013. Consultado em 29 de agosto de 2013 
  4. «Arquivo O GLOBO News - 3 de setembro de 1959, Manhã, Geral, página 16». O GLOBO. 2013. Consultado em 29 de agosto de 2013 
  5. «Medalhas do Brasil no Pan de 1963». UOL. 2007. Consultado em 19 de outubro de 2015 
  6. Revista Veja - Memória - Piscina do Pacaembu volta à ativa Ali, o nadador Athos Procópio de Oliveira Júnior, nascido no interior do estado, conquistou a medalha de bronze na categoria 100 metros costas, dividindo o pódio com os americanos Ed Bartsch (ouro) e Charles Bittick (prata) Acessado em 9 de fevereiro de 2017
  7. «Velhos tempos». SporTV. 29 de junho de 2010. Consultado em 19 de outubro de 2015