Ava de Ribagorça

(Redirecionado de Ava de Ribagorza)
Ava de Ribagorça
Nascimento Século X
Desconhecido
Morte Século XI
Progenitores Pai:Raimundo II de Ribagorza
Cônjuge Garcia Fernandez
Filho(s) Elvira Garcia, Sancho Garcia, Gonçalo Garcia de Castela
Irmão(s) Unifredo de Ribagorza

Ava de Ribagorça (morta depois de 988) foi senhora de Ribagorça e pelo casamento condessa de Castela entre o ano de 970 até a sua morte.[1]

BiografiaEditar

Ava recebeu dote em bens, tais como: cavalos, ouro e prata para se casar antes do ano 970 com Garcia Fernandes o "Mãos Brancas", conde de Castela entre 970 e 995. Todos esses objetos preciosos, faziam parte do tesouro do Mosteiro de Obarra, que os tinha obtido como retorno de três vilas de Ribagorça[1].

Ava encontra-se na documentação do seu tempo presente em muitas doações feitas a mosteiros no Castela ao lado do marido. Muitas doações são feitas ao Mosteiro de San Pedro de Cardeña, local onde o conde Garcia Fernandes e Ava de Ribagorça estabeleceram o seu panteão, mas também incluem doações para o mosteiro de Covarrubias em 7 setembro de 972, principalmente para a criação do Infantado destinado para à sua filha Urraca de Castela e Ribagorza, que foi religiosa beneditina[1].

A condessa Ava morreu depois de 988, a última vez que aparece na documentação medieval.

Relações familiaresEditar

Foi filha do conde Raimundo II de Ribagorza e de Gersenda de Fézensac, filha de Guilherme Garcês da Gasconha, conde de Fezensac e de Gracinda de Rouerge. Foi casada com Garcia Fernandes, conde de Castela e filho do conde Fernão Gonçalves e de Sancha Sanches de Pamplona, com quem teve:

  1. Sancho Garcia, «o dos Bons Foros» (m. 5 de Fevereiro de 1017), conde de Castela e casado com Urraca Gomes, filha de Gomez Diaz de Saldanha.
  2. Gonçalo Garcia de Castela (m. 1011).
  3. Elvira Garcia (morta em dezembro de 1017), foi rainha regente de Leão e casou em 991 com Bermudo II de Leão.
  4. Mor Garcia, casou com Ramon III Pallars, conde de Pallars Jussà entre 948 e 995.
  5. Urraca Garcia (? - 1039).
  6. Toda Garcia (? - 1031) casada com Sancho Gomes, filho de Gomez Diaz de Saldanha
  7. Onneca Garcia, casou-se em 995 com Almançor, tendo depois da morte deste, entrado em 1045 para o Mosteiro de San Salvador de Oña, como abadessa.

BibliografiaEditar

  • Actas do 17º Congresso Internacional de Ciências Genealógica e Heráldica, Instituto Português de Heráldica, Lisboa, 1986. pg. 317.

Referências


  Este artigo sobre História da Espanha é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.