A B92 surgiu como uma emissora de rádio estudantil no final dos anos 80,[1] na capital da Iugoslávia, Belgrado. No decorrer dos anos 90 fortaleceu-se como um dos principais veículos de oposição e resisitência ao governo de Slobodan Milosevic.[2] Foi financiada por apiadores estrangeiros como George Soros.

Referências

  1. Schmidt, William E. (20 de junho de 1993). «In Belgrade, Young Try To Dance the War Away». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331. Consultado em 12 de maio de 2023 
  2. Somerville, K. (31 de agosto de 2012). Radio Propaganda and the Broadcasting of Hatred: Historical Development and Definitions (em inglês). [S.l.]: Springer 

Bibliografia editar

Collin, M.: This Is Serbia Calling: Rock 'n' Roll Radio and Belgrade's Underground Resistance, Serpent's Tail, April 2001, ISBN 978-1-85242-682-8 (U.S. edition: Guerrilla Radio: Rock 'N' Roll Radio and Serbia's Underground Resistance, Nation Books, April 2002, ISBN 978-1-56025-404-1)

Ligações externas editar

  • B92 - sérvio, inglês
  Este artigo sobre telecomunicações é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.