Baiana FM

Baiana FM é uma emissora de rádio brasileira sediada em Candeias, cidade do estado da Bahia. Foi fundada pelo engenheiro Carlos Alberto de Oliveira no dia 2 de julho de 2006.[1] Opera em 89,3 MHz e possui estúdio auxiliar na capital Salvador.

Baiana FM
Rádio Baiana FM Ltda.
País Brasil Flag of Brazil.svg
Cidade de concessão Candeias, BA
Frequência(s) FM 89,3 MHz
Sede Candeias, BA
Slogan Você não para de ouvir
Fundação 2 de julho de 2006 (16 anos)
Fundador Carlos Alberto de Oliveira
Proprietário(s) Carlos Alberto de Oliveira
Afiliações anteriores Mix FM (2020)
Idioma (em português brasileiro)
Prefixo ZYS 737
Nome(s) anterior(es) Mix FM Salvador (2020)
Cobertura Salvador, Região Metropolitana de Salvador, Recôncavo Baiano, Região Metropolitana de Feira de Santana e parcialmente baixo sul baiano
Dados técnicos Potência: 12 Kw
Classe: A3
RDS: Sim
Agência reguladora ANATEL
Informação de licença
CDB
PDF
Página oficial baianafm.com.br

HistóriaEditar

Outorgada em 28 de agosto de 2003, porém fundada em 2 de julho de 2006 como Baiana FM, inicialmente em 90,9 MHz, a rádio foi autorizada pela Agência Nacional de Telecomunicações, em 12 de setembro de 2005, a migrar para os atuais 89,3 FM, assim promovendo a sua Classe de Operação indo de C (0,30 Kw ERP) para B1 (3 Kw ERP), sendo que em janeiro de 2009 é efetivada a migração, melhorando sensivelmente a recepção em toda Grande Salvador.

A rádio foi fundada por Carlos Alberto de Oliveira. A ideia de inserir jornalismo e música foi o objetivo dele desde o início.[1]

Atualmente a 89.3 opera com 3.5 Kw de potência no Transmissor, sendo um da fabricante italiana Elenos e modelo ET10000i (10 Kw), e com o ganho da Antena e as perdas de cabo e acessórios, sua Potência é ampliada para 12,08 Kw ERP (Potência irradiada). A emissora abrange até 60 Km de distância a partir de sua localização.

A Baiana FM fez a cobertura dos últimos carnavais em Salvador, das festas de São João dos municípios São Sebastião do Passé e São Francisco do Conde, inovou com a realização de debates políticos na região metropolitana.

Em 1 de março de 2020, tanto a 89,3 MHz da Grande Salvador quanto a 96.5 MHz do Riachão do Jacuípe, ambas até então denominada como Baiana FM, passam a fazer expectativa para estreia da Mix FM na Bahia. Em 7 de março de 2020 às 19 h a 89,3 MHz entra em expectativa já em Rede, mas a estreia oficial da Mix FM em Salvador ocorreu em 9 de março de 2020. Em 19 de março de 2020, a 96,5 MHz entra em Rede com a Mix FM de forma oficial.[2] Menos de 4 meses depois, é anunciado o retorno da operação da Baiana FM no dia de seu aniversário, em 2 de julho. O motivo alegado foi incompatibilidade de projeto da rede (jovem/pop) com a audiência, preferindo retornar ao formato popular.[3] A deficiência de cobertura do sinal também foi um dos fatores para o fim da parceria.[4]

Referências

  1. a b «Baiana FM de Candeias». musikcity. Consultado em 6 de janeiro de 2014 
  2. Daniel Starck (5 de março de 2020). «Extra: Rádio Mix FM contará com afiliadas em Salvador e no nordeste baiano a partir da próxima semana». Tudo Rádio. Consultado em 7 de março de 2020 
  3. «CANDEIAS: DIRETOR ENCERRA PARCERIA COM REDE MIX E RETORNA COM A BAIANA FM». Baiana FM. 1 de julho de 2020. Consultado em 2 de julho de 2020 
  4. Daniel Starck (1 de julho de 2020). «Tome nota: Julho começa com retorno da Stereo Vale FM, expectativa em Belo Horizonte, estreias em grades e redes em Expansão». Tudo Rádio. Consultado em 3 de julho de 2020 

Ligações externasEditar