Balas... de papel

Balas... de papel publicou-se em Lisboa entre novembro de 1891 e janeiro de 1892. Designada pelos seus autores como “folheto efémero” (4 números) foi dedicada a Fialho de Almeida, de quem Gualdino Gomes (um dos mentores do folheto em conjunto com Carlos Sertório) era particular amigo, apresentando-se com o propósito de endireitar o mundo, utilizando um estilo satírico e mordaz com o qual vai baleando com palavras os seus alvos, geralmente de ribalta.[1]

Balas... de papel
Formato (21 cm)
Sede Lisboa, Portugal Portugal
Fundação 1891
Director Gualdino Gomes / Carlos Sertório
Idioma Português europeu
Término de publicação 1892

Ver tambémEditar

Referências

  1. Helena Bruto da Costa (2 de maio de 2007). «Ficha histórica: Balas... de papel (1891-1892)» (pdf). Hemeroteca Municipal de Lisboa. Consultado em 25 de Janeiro de 2017 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre meios de comunicação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.