Abrir menu principal

Barão de Mossâmedes (ou barão de Moçâmedes) foi um título de juro e herdade criado por carta de 13 de Agosto de 1779 da rainha D. Maria I a favor de José de Almeida e Vasconcelos, um militar e governador-geral de Angola. O título deriva do Reguendo de Mossâmedes (na Beira), antiquíssima propriedade concedida pela Coroa aos seus antepassados em 1388. A cidade de Moçâmedes foi fundada pelo 1.º barão, então governador-geral de Angola, tendo-lhe dado o nome do seu título.

Foram titulares as seguintes pessoas:

  1. José de Almeida e Vasconcelos, 1.º barão de Mossâmedes, elevado em 1805 a Visconde da Lapa;
  2. José Maria Manuel de Almeida e Vasconcelos, 2.º barão de Mossâmedes; filho do antecessor, não tendo sobrevivido ao pai;
  3. D. Manuel de Almeida e Vasconcelos, 3.º barão de Mossâmedes e 2.º Visconde da Lapa, elevado em 1822 a Conde da Lapa; irmão do antecessor;
  4. D. Manuel Francisco de Almeida e Vasconcelos, 4.º barão de Mossâmedes, 2.º conde e 3.º Visconde da Lapa; filho do antecessor;
  5. D. Manuel de Melo e Castro de Almeida e Vasconcelos, 5.º barão de Mossâmedes, 3.º conde e 4.º Visconde da Lapa; bisneto do antecessor.