Barco de Gokstad

O barco de Gokstad ou Gocstádio (em norueguês: Gokstadskipet) é um barco víquingue datado do ano 900, achado em 1880, em Gokstad, localidade de Sandefjord, no sudeste da Noruega. Tem comprimento de 24 metros, largura de 5 metros, profundidade de 1,70 metros e um deslocamento de 30 toneladas. Quando foi escavado, estava bem conservado e continha um rico espólio funerário. Está exposto ao público no Museu dos barcos viquingues de Oslo, juntamente com o barco de Oseberga.[1][2][3][4]

Barco de Gokstad
Barco exposto em Oslo
Construção ca. 900
Características gerais
Deslocamento 30 toneladas
Comprimento 24 metros
Profundidade 1,70 metros

Referências

  1. Miranda 2007, p. 329.
  2. Stylegar 2018.
  3. Pablo Gomes de Miranda. «Os Fiordes e as Serpentes: definindo espaços guerreiros na saga de Óláf Tryggvason». Consultado em 4 de janeiro de 2020. ... os achados do navio funerário de Oseberg e Gokstad achados no Vestfold, Noruega, 1904 e 1880, respectivamente... 
  4. William Carmo Cesar. «Galeras, galeaças e galeotas: uma tradição mediterrânea». Consultado em 4 de janeiro de 2020. Em Oslo, dois exemplares de drácar, originais do século IX, estão expostos no Museu Viking, o Gokstad e o Oseberg, sendo este o mais perfeito e completo existente na Noruega. 

BibliografiaEditar